Translate this Page

Rating: 2.6/5 (288 votos)




ONLINE
5




Partilhe esta Página



 <!-- Go to www.addthis.com/dashboard to customize your tools -->
<script type="text/javascript" src="//s7.addthis.com/js/300/addthis_widget.js#pubid=ra-57f3fb36829d1888"></script>

 

 

  contadores de visitas 

 

Flag Counter


Visão geral do livro - Hebreus
Visão geral do livro - Hebreus

 

Hebreus 

Visão geral do livro - Hebreus 

  1. Destinatários, Autor e Hora da Escrita

                                                        Geral

 ARTIGO MAURICIO BERWALD

A Epístola aos Hebreus é uma das mais belas do NT. O Senhor Jesus ocupa o lugar central nele. Ao mesmo tempo, esta epístola é também uma das mais difíceis. Para entender corretamente esta epístola, é necessário um conhecimento profundo do serviço divino judaico no Antigo Testamento.

 

Destinatário

 

A epístola começa como um sermão escrito e fecha sob a forma de uma epístola. Nem autor nem destinatário é mencionado nele.

 

O título "para os hebreus" só aparece no século 2 com Clemens de Alexandria (por volta de 150 - 215 AC). Como não há outro nome conhecido para a epístola, provavelmente remonta a uma tradição muito antiga. Mas quem eram esses hebreus e onde moravam?

 

"Hebreus" é um nome para os israelitas e para os descendentes de Abraão (compare Gênesis 14:13 ; Filipenses 3: 5 ). E ainda assim a epístola não pode ter recebido seu nome pelo fato de que há tantas referências ao AT nela. Os destinatários devem não apenas estar muito familiarizados com o AT, mas também são frequentemente abordados como originários do povo de Israel. A este fato, expressões como "os pais", "os profetas" ( Hebreus 1: 1 ), "os anciãos" ( Hebreus 11: 2 ) apontariam. Também a menção de Moisés, Josué e Aarão, que todos pertenciam ao povo escolhido de Deus, confirma o mesmo.

 

Os destinatários chegaram à conclusão de que o caminho da salvação de Deus não era o serviço divino do VT, mas a fé no Senhor Jesus Cristo ( Hebreus 2: 1-4 Hebreus 2: 1-4Hebreus 3: 1 Hebreus 3: 6 Hebreus 4: 1-2 Hebreus 4: 14-16 Hebreus 6: 1-3 Hebreus 10: 13-25 Romanos 11: 1-5 Hebreus 6: 4-8 Hebreus 10: 26-31 ; Hebreus 3: 1 ; Hebreus 3: 6 ; Hebreus 4: 1 -2 ; Hebreus 4: 14-16 ; Hebreus 6: 1-3 ; Hebreus 10: 13-25 ). O apóstolo Paulo chama esses cristãos de "um remanescente segundo a eleição da graça" em Romanos 11: 1-5 . Esses cristãos, contudo, estavam parcialmente em perigo de se retirar da cristandade e voltar ao judaísmo por causa da pesada pressão externa de perseguição ( Hebreus 6: 4-8 ; Hebreus 10: 26-31). Estas eram pessoas em particular que professavam ser cristãs, mas não tinham verdadeira fé no Salvador Jesus Cristo.

 

Em contraste com "os estrangeiros dispersos" que são os judeus convertidos da Diáspora (ver 1 Pedro 1: 1 1 Pedro 1: 1Hebreus 10:11 Hebreus 10:34 Atos 8: 1 ), os destinatários da epístola aos Hebreus viviam na Palestina. Isso é visto em Hebreus 10:11 ; Hebreus 10:34 (compare com Atos 8: 1 ). Eles foram ensinados, admoestados e encorajados por esta epístola.

 

Autor

 

O autor da epístola não menciona seu nome. Muitas suposições foram feitas a respeito de quem o autor poderia ter sido: Paulo, Lucas, Barnabé (assim diz Tertuliano), Apolo (assim diz Martinho Lutero), Silas ou mesmo Áquila e Priscila foram sugeridos.

 

A maioria dos cientistas modernos se recusa a aceitar Paulo como autor, porque o conteúdo, estrutura e linguagem da epístola não são típicos para ele. E, no entanto, a antiga tradição alexandrina atribui esta epístola ao apóstolo Paulo. O fato de que o autor conheceu bem a Timóteo ( Hebreus 13:23 Hebreus 13:23 ) e que Pedro, que também escreveu para os cristãos judeus, menciona uma epístola de Paulo a eles ( 2 Pedro 3:15 2 Pedro 3:15 ) fala pela tradição alexandrina. No entanto, os destinatários da epístola eram cristãos judeus na Palestina, enquanto Pedro escreveu para os estranhos espalhados ( 1 Pedro 1: 1 1 Pedro 1: 1 ) que viviam fora da Palestina. Se Paulo foi o autor, uma razão para não mencionar seu nome pode ser que ele era um apóstolo para as nações, enquanto Pedro era um apóstolo dos judeus ( Gálatas 2: 7-8Gálatas 2: 7-8).).

 

De fato, o autor da epístola permanece desconhecido. O Espírito Santo que inspirou esta epístola deliberadamente quis apresentar o Senhor Jesus somente como apóstolo e sumo sacerdote da nossa profissão ( Hebreus 3: 1Hebreus 3: 1 ). O pai da igreja Origines (cerca de 185 a 254 AC) escreveu apropriadamente: Só Deus sabe, na verdade, quem é o autor.

 

Tempo de escrever

 

Desconsiderando o tempo de escrever as opiniões dos cientistas diferem tanto quanto o fazem em relação à autoria da epístola. É certo, porém, que uma escrita de Clemente de Roma (por volta de 95 AC) mostra muitas referências da epístola aos Hebreus.

 

Do próprio Hebreus, vemos que o serviço de oferendas no Antigo Testamento ainda existia (cap. 9: 6-7; 10:11). O templo e a cidade de Jerusalém foram destruídos pelo general romano e depois pelo imperador Tito no ano 70 AC. Hebreus não menciona essa destruição. É por isso que muitos cientistas acreditam que a epístola foi escrita durante os anos 60 a 70 AC. Muitos que recusam a autoria de Paulo concluem por motivo de Hebreus 2: 3 Hebreus 2: 3 ; Hebreus 13: 7 Hebreus 13: 7 que a epístola deve ter sido escrita por algum tempo após a morte dos apóstolos. Dizendo isso, os cientistas obviamente ignoram o fato de que o próprio apóstolo Paulo não pertencia aos apóstolos que haviam visto e ouvido o Senhor Jesus na Terra. Atos 7:59 Atos 7:59 ; Atos 12: 1-2Atos 12: 1-2conte-nos de Estêvão, o diácono e Tiago, o apóstolo. Suas mortes foram uma testemunha do Senhor.

 

  1. Objeto e propósito da redação

 

Os hebreus eram judeus na Palestina que se converteram na pregação dos apóstolos. Os primeiros capítulos de Atos descrevem que milhares de judeus passaram a acreditar. Mas logo após perseguições começaram através de seus compatriotas incrédulos e endurecidos ( Atos 8: 1-3 Atos 8: 1-3 ; Atos 11:19 Atos 11:19 ; Atos 12: 1-3 Atos 12: 1-3 ; compare 1 Tessalonicenses 2:141 Tessalonicenses 2:14 ). O autor da Epístola aos Hebreus também escreve sobre essas perseguições.

 

Além disso, os hebreus tornaram-se insípidos de ouvir e preguiçosos ( Hebreus 5:11 Hebreus 5:11 ; Hebreus 6:12 Hebreus 6:12 ). Isto foi seguido por um certo declínio espiritual ( Hebreus 5: 12-14 Hebreus 5: 12-14 ). É por isso que o autor os lembra várias vezes de sua fé e devoção a Deus que eles haviam mostrado no começo ( Hebreus 6:10 Hebreus 6:10 ; Hebreus 10:32 Hebreus 10:32 ; Hebreus 13: 7Hebreus 13: 7 ).

 

Os hebreus não apenas ficaram desencorajados e fracos pelas experiências de sua fé cristã, mas alguns pensaram em voltar ao judaísmo. É por isso que eles são admoestados várias vezes nesta epístola para manter sua fé e perseverar ( Hebreus 2: 1 Hebreus 2: 1 ; Hebreus 3: 6 Hebreus 3: 6 ; Hebreus 3:14 Hebreus 3:14 ; Hebreus 4:11 Hebreus 4:11 ; Hebreus 4:14 Hebreus 4:14 ; Hebreus 6:11 Hebreus 6:11 ; Hebreus 10:23 Hebreus 10:23 ; Hebreus 10: 35-36 Hebreus 10: 35-36 ; Hebreus 13: 7 Hebreus 13: 7 ). Mas o autor também lhes diz muito severamente o que significa se alguém que professou sua fé no evangelho apostatar de sua antiga vida no judaísmo. Não haverá graça para tal alma ( Hebreus 6: 4-8 Hebreus 6: 4-8 ;Hebreus 10: 26-31Hebreus 10: 26-31 ).

 

O grande assunto da epístola é CristoContudo! A sublimidade da plena revelação de Deus em Cristo, o Filho de Deus, o sumo sacerdote e mediador da nova aliança, todas as revelações do Antigo Testamento, preceitos e pessoas são os principais pensamentos que atravessam toda a epístola. Cristo é maior que os profetas e os anjos e mais alto que Moisés, Josué e Arão. O serviço divino judaico com suas muitas oferendas era apenas uma sombra da realidade da oferta do corpo de Jesus Cristo uma vez por todas. As muitas referências do AT são principalmente mencionadas, para provar o contraste entre a antiga e a nova aliança e o cumprimento em Cristo. É por isso que podemos ver a Epístola aos Hebreus como um "quinto evangelho" e como continuação do Evangelho por Mateus. O Evangelho segundo Mateus apresenta Cristo como cumpridor de toda profecia do AT ao povo judeu.

 

Hebreus difere em alguns aspectos com as outras epístolas do NT. Deus não é chamado pai dos crentes ( Hebreus 12: 7 Hebreus 12: 7 ; Hebreus 12: 9 Hebreus 12: 9 são apenas figurativos) e a posição do crente em CristoHebreus 9: 2 Hebreus 9:21 Hebreus 9: 8 Hebreus 13:10 Hebreus 8: 2 Hebreus 9:11não é considerado. Os crentes são vistos como homens na terra tendo entrada livre em Deus e um chamado celestial pela obra de Cristo. Assim, a epístola é uma "epístola do deserto", encontrando seu equivalente em Levítico, onde vemos o povo redimido de Israel no deserto sendo capaz de se aproximar de Deus. O capítulo central de Levítico 16 (Dia da Expiação) é explicado em Hebreus 9; Hebreus 10 como cumprido pela obra de Cristo no Calvário. O templo em Jerusalém não é mencionado, ao passo que o tabernáculo é bem mencionado. O tabernáculo em Hebreus significa tanto a tenda de reunião no deserto ( Hebreus 9: 2 ; Hebreus 9:21 ) ou de maneira pictórica a ordem de serviço judaica ( Hebreus 9: 8 ; Hebreus 13:10 ). Em Hebreus 8: 2; Hebreus 9:11 a palavra tabernáculo, porém, significa o santuário celestial.

 

  1. Peculiaridades

 

  1. a) Ver Cristo

 

Nenhuma outra epístola do Novo Testamento nos aponta para o Senhor Jesus com tanta frequência.

 

Capítulo 2: 9 - Mas nós vemos Jesus ...

 

Capítulo 3: 1 - Considere ... Jesus

 

Capítulo 12: 2 - olhando para Jesus

 

Capítulo 12: 3 - Considere Aquele que suportou tal contração.

 

  1. b) Termos importantes na epístola aos Hebreus

 

A seguir, mencionamos algumas das expressões importantes e freqüentemente aparentes para uma melhor compreensão da epístola.

 

Perfeito

 

Capítulo 2:10; 5: 9.14 (idade completa ou homens adultos na Nova Tradução, ver nota de rodapé 6: 1); 6: 1; 7: 11.19.28 (Nova Tradução); 9: 9,11; 10: 1,14; 11,40; 12:23

 

Eterno; Para sempre e sempre; Para Evermore; Eterno

 

Capítulo 1: 8; 5: 6,9; 6: 2,20; 7: 17.21.24.28; 9: 12.14.15; 13: 8.20.21

 

Melhor

 

Capítulo 1: 4; 6: 9; 7: 7.19.22; 8: 6; 9:23; 10:34; 11: 16.35.40; 12:24

 

Santificado, Santo, Santos, Santidade

 

Capítulo 2:11; 3: 1; 6:10; 9:13; 10: 10.14.29; 12: 10,14; 13: 12,24

 

Santuário, santos de tudo, santo lugar, santos

 

Capítulo 8: 2; 9: 1.2.3.8.12.24.25; 10:19; 13:11

 

  1. Visão Geral do Conteúdo

 

  1. Hebreus 1 - 7 Exaltado Pessoa de Cristo

 

Capítulo

 

1: 1-14

 

Cristo o Filho de Deus

 

2: 1-4

 

Primeiro Parêntese: Admoestação para Observar a Palavra de Deus

 

Capítulo

 

2: 5-18

 

Cristo, o filho do homem

 

3: 1-4: 13

 

Segundo Parêntese: Admoestação à Fé

 

Capítulo

 

4: 14-5: 10

 

Cristo o Sumo Sacerdote

 

5: 11-6: 20

 

Terceiro Parêntese: Admoestação ao Crescimento

 

Capítulo

 

7: 1-28

 

Cristo, o Sumo Sacerdote (continuação)

 

  1. Hb 8 - 9 ; Hebreus 10: 1-18Hebreus 10: 1-18 Exaltado Ministério de Cristo

 

Capítulo

 

8: 1-13

 

Cristo, o mediador da nova aliança

 

Capítulo

 

9: 1-12

 

Cristo no santuário celestial

 

Capítulo

 

9: 13-10: 18

 

Cristo o Sacrifício Perfeito

 

III Hebreus 10: 19-39 ; Hebreus 11 - 13 Parte Prática - Vida de Fé

 

Capítulo

 

Capítulo

 

Capítulo

 

Capítulo

 

Capítulo

 

Capítulo

 

Capítulo

 

Capítulo

 

10: 19-36

 

10: 37-11: 40

 

12: 1-17

 

12: 18-29

 

13: 1-7

 

13: 8-12

 

13: 13-16

 

13: 17-25

 

Advertência para manter

 

Heróis da Fé do Antigo Testamento

 

Advertência para perseverar

 

Santidade de Deus

 

Várias admoestações

 

Cristo é imutável

 

Admoestação à imitação de Cristo

 FONTE MAURICIOBERWALD.COMUNIDADES.NET /Joseph Parker