Translate this Page

Rating: 2.7/5 (307 votos)




ONLINE
5




Partilhe esta Página



 <!-- Go to www.addthis.com/dashboard to customize your tools -->
<script type="text/javascript" src="//s7.addthis.com/js/300/addthis_widget.js#pubid=ra-57f3fb36829d1888"></script>

 

 

  contadores de visitas 

 

Flag Counter


Subsidio jovens n.5 os titulos de Cristo
Subsidio jovens n.5 os titulos de Cristo

SUBSIDIO N.5 JOVENS OS TITULOS DE CRISTO

MAURICIO BERWALD PROFESSOR ESCRITOR

 

Uma grande variedade de nomes e títulos tem sido usados no Novo Testamento para descrever Jesus.[1]

 

No cristianismo, nomes de Jesus e Emanuel que se referem a Jesus no Novo Testamento têm atributos salvíficos.[2][3][4] Após sua crucificação a Igreja primitiva não se limitou a repetir suas mensagens, mas começou a se concentrar nele, proclamá-lo, e tentar entender e explicar a sua mensagem: o proclamador tornou-se o proclamado.[5]

 

Um elemento no processo de compreensão e proclamação de Jesus foi a atribuição de títulos para ele.[5] Alguns dos títulos que foram gradualmente usados no início da Igreja e, em seguida, apareceram no Novo Testamento onde foram adotadas a partir do contexto judaico da época, enquanto outros foram selecionados a se referir e sublinhar a mensagem da missão e dos ensinamentos de Jesus.[5] Com o tempo, alguns desses títulos se reuniram com importante significado cristológico.[6]

 

Os cristãos têm anexado o significado teológico ao Santo Nome de Jesus.[7][8] O uso de seu nome em petições é sublinhado em João 16:23, quando Jesus diz: "...se pedirdes alguma coisa ao Pai, ele vo-la concederá em meu nome."[9] Há uma crença generalizada entre os cristãos de que seu nome não é apenas uma sequência de símbolos de identificação, mas inclui o poder divino intrínseco.[4][9][10]

 

Nome pessoal

Autores tem criado inúmeros argumentos para explicar a origem do nome 'Jesus' (cf. (Mateus 1:21), e tem oferecido um largo número de razões para o significado do nome. O nome é relacionado ao hebraico יְהוֹשֻׁעַ Joshua, que é um nome teóforo mencionado primeiramente na tradição bíblica em êxodo 17:9 como um dos companheiros de Moisés (e, de acordo com a tradição, seu sucessor).

 

No Novo Testamento, os títulos usados para Jesus, a saber:

- Advogado 1Jo2.1

- Amado Ef1.6

Amém 2Co1.20

- Alfa e o Ômega Ap1.8

- Anjo do Senhor Mt1.20

- Autor da Salvação Hb 5:9.

- Autor da Vida At 3:15.

- Bendito Mc 23:39; Mc 21:9; Lc 1:68; Lc 19:38; II Co 1:3.

- Cordeiro I Co 5:7; Ap 5:12; Ap 6:1; Ap 6:12.

- Cordeiro de Deus Jo 1:29; Jo 1:36.

- Cordeiro Pascoal Jo 1:29; Jo 1:36.

- Consumador Hb 12:2.

- Bispo de nossas almas I Pe 2:25.

- Cabeça do Corpo Col 1:18.

- Cabeça da Igreja Ef 5:23.

- Cristo de Deus I Co 3:23.

- Cristo Mt 2:4; Mt 16:16; Mt 24:23; Mc 8:29; Lc 4:41; Jo 20:31; Lc 9:20; Lc 23:2.

- Cristo Jesus Rm 6:3; II Co 4:5; Ef 2:20.

- Caminho Jo 14:6; Is 30:21.

- Consolador Jo 14:26; Jo 15:26; Jo 16:7.

- Digno Ap 4:11; Ap 5:12.

- Deus conosco Mt 1:23.

- Emanuel Mt 1:23; Is 7:14.

- Estrela da manhã Ap 22:16.

- Estrela da Alva II Pe 1:19.

- Filho Mt 1:23; Lc 1:13; Mt 13:55; Mt 21:7.

- Filho Amado Mc 12:6; Lc 20:13; Mc 1:11; Mt 3:17.

- Filho de Deus Mt 5:9; Jo 20:31; Lc 1:35; Mc 1:1; Hb 6:6.

- Filho do Homem Mt 16:27; Hb 2:6; Ap 1:13; Lc 12:32,40; Mt 10:23; At7:56; Mt 16:13; Jo 8:28; Mt 9:6; Mt 13:37; Mt 17:9,22; Mc 8:32; Mc 9:12; Lc 6:22; Lc 9:56; Jo 3:13.

- Filho de Davi Mt 21:9,15; Mt 20:30,31; Mt 12:23.

- Filho do Altíssimo Lc 1:32.

- Jesus Jo 20:31; Lc 1:31; Mt 1:21,25; At 18:5; At 18:18.

- Juiz Tg 5:9;

- Justo At 22:14; Sl 119:137; Sl 145:17; Is 45:21.

- Leão de Judá Ap 5:5.

- Luz Jo 12:46; Jo 8:12; Sl 27:1; Is 60:20; Mq 7:8.

- Legislador Tg 4:12; Is 33:22.

- Messias Jo 1:41; Jo 4:25; Dn 9:25.

- Mediador I Tm 2:5; Hb 9:15; Hb 12:24.

- Pão Vivo Jo 6:51.

- Príncipe At 5:31; At 3:15; Is 55:4; Dn 8:25.

- Noivo Mt 25:1; Mc 2:19; Is 62:5.

- Nazareno Mt 2:23; Lc 24:19.

- Ômega Ap 1:8; Ap 21:6.

- Primogênito Ap 1:5; Mq 6:7; Rm 8:29;

- Primícias dos que dormem I Co 15:20.

- Pastor Jo 10:11; Hb 13:20; I Pe 5:4; Sl 23:1; Sl 80:1.

- Porta Jo 10:9.

- Pedra Angular Ef 2:20; At 4:11; I Pe 2:6.

- Pedra de esquina I Pe 2:7.

- Rei Lc 19:38; Jo 12:15; Jo 19:14; Sl 5:2; Sl 44:4; Sl 47:7; Is 33:22; Is 43:15; Ap 17:14; Zc 14:9.

- Rei dos Judeus Lc 23:38; Jo 18:33.

- Rei dos Reis Lc 23:38; Jo19:19; Ap 19:16; I Tm 6:15.

- Rei das Nações Ap 15:3; Jr 10:7.

- Rei de Israel Jo 12:13.

- Raiz de Davi Ap 5:5.

- Sumo Sacerdote Hb 4:14.

- Senhor I Co 15:5-7; II Co 4:5; Fl 2:11; Cl 2:6.

- Senhor dos Senhores Ap 19:16; I Tm 6:15.

- Santo Ap 4:8.

- Soberano Ap 6:10.

- Salvador Lc 2:11; II Pe 3:18. Sol Sl 84:11;

- Todo Poderoso Ap 1:8; Ap 4:8; Ap 15:3; Ap 21:22.

- Ungido de Deus I Sm 24:10.

- Verdade Jo 8:32; Jo 14:6.

- Vida Jo 14:6.

- Verbo Jo 1:1; Jo 1:14; I Jo 1:1; Ap 19:3.

- Verdadeiro Ap 19:11; Jo 15:5; Jo 15:1.

- Descendente de Mulher Gn 3:15.

- O que batizava com o Espírito Santo Jo 1:33.

- O que dá testemunho de si mesmo Jo 8:18.

- O que haveria de vir Mt 11:3.

- Eleito por Deus Lc 9:35.

- Fiel Testemunha Ap 1:5.

- Fiel e Verdadeiro Ap 19:11.

- Filho de Deus Bendito Lc 1:32.

- Filho do Pai II Jo 3.

- Imagem do Deus invisível Cl 1:15.

- Mistério e Esperança do ser humano Cl 1:27.

- Pedra Espiritual I Co 10:4.

- Plenitude da Divindade Cl 2:9.

- Primícia I Co 15:20.

- Redentor Is 59:20.

- Libertador Rm 11:26,27.

 

          Quais são os diferentes nomes e títulos de Jesus Cristo?

 

Pergunta: “Quais são os diferentes nomes e títulos de Jesus Cristo?”

 

Resposta: Existem cerca de 200 nomes e títulos de Cristo encontrados na Bíblia. A lista a seguir inclui apenas alguns dos mais proeminentes, organizados em três seções de acordo com nomes que refletem a natureza de Cristo, a Sua posição na tri-unidade de Deus e a Sua obra na terra em nosso favor.

 

A Natureza de Cristo

 

Pedra Angular: (Efésios 2:20) – Jesus é a pedra angular do edifício da Sua Igreja. Ele cementa juntos os judeus e gentios, homens e mulheres – todos os santos de todas as épocas e lugares em uma estrutura construída sobre a fé nEle, a qual é compartilhada por todos.

 

Primogênito de toda a criação: (Colossenses 1:15) – Não a primeira coisa que Deus criou, como alguns afirmam de forma incorreta, porque o versículo 16 diz que todas as coisas foram criadas por e para Cristo. Em vez disso, o significado é que Cristo ocupa o posto e preeminência do primogênito sobre todas as coisas, que Ele sustenta a posição mais exaltada no universo, que Ele é preeminente sobre todos os outros e é o cabeça de todas as coisas.

 

Cabeça da Igreja: (Efésios 1:22, 4:15; 5:23) – Jesus Cristo, não um rei ou um papa, é o único governante supremo e soberano da Igreja, ou seja, daqueles por quem Ele morreu e que têm colocado sua fé nEle para obter a salvação.

 

Santo: (Atos 3:14, Salmo 16:10) – Cristo é santo, tanto em sua natureza divina quanto humana, e a fonte de santidade ao Seu povo. Pela Sua morte, somos feitos santos e puros diante de Deus.

 

Juiz: (Atos 10:42; 2 Timóteo 4:8) – O Senhor Jesus foi designado por Deus para julgar o mundo e dispensar as recompensas da eternidade.

 

Rei dos reis e Senhor dos senhores: (1 Timóteo 6:15, Apocalipse 19:16) – Jesus tem domínio sobre todas as autoridades da terra, sobre todos os reis e governantes, e ninguém pode impedi-lo de realizar os seus propósitos. Ele os dirige como lhe agrada.

 

Luz do Mundo: (João 8:12) – Jesus entrou em um mundo escurecido pelo pecado e derramou a luz da vida e a verdade por meio de Sua obra e Suas palavras. Jesus abre os olhos daqueles que confiam nEle e andam na luz.

 

Príncipe da paz: (Isaías 9:6) – Jesus não veio trazer paz ao mundo como na ausência de guerra, mas a paz entre Deus e o homem que estavam separados pelo pecado. Ele morreu para reconciliar os pecadores a um Deus santo.

 

Filho de Deus: (Lucas 1:35; João 1:49) – Jesus é o “unigênito do Pai” (João 1:14). Usado 42 vezes no Novo Testamento, o termo “Filho de Deus” afirma a divindade de Cristo.

 

Filho do homem: (João 5:27) – Usado como um contraste com “Filho de Deus”, esta frase afirma a humanidade de Cristo que existe ao lado de Sua divindade.

 

Palavra: (João 1:1, 1 João 5:7-8) – A Palavra é a segunda pessoa da trindade, o que falou e assim foi feito, o que falou todas as coisas à existência do nada na primeira criação, o que estava no princípio com Deus Pai, e era Deus, e por quem todas as coisas foram criadas.

 

Palavra de Deus: (Apocalipse 19:12-13) – Este é o nome dado ao Cristo que é desconhecido por todos, menos por Si mesmo. Esse termo denota o mistério da Sua pessoa divina.

 

Palavra de Vida: (1 João 1:1) – Jesus não só falou palavras que conduzem à vida eterna, mas de acordo com este versículo, Ele é as próprias palavras de vida, referindo-se à vida eterna de alegria e satisfação que Ele proporciona.

 

Sua posição na trindade

 

Alfa e Ômega: (Apocalipse 1:8; 22:13) – Jesus declarou ser o início e o fim de todas as coisas, uma referência ao verdadeiro Deus e ninguém mais. Esta declaração de eternidade só pode ser aplicada a Deus.

 

Emanuel: (Isaías 9:6, Mateus 1:23) – Literalmente “Deus conosco”. Tanto Isaías quanto Mateus afirmam que o Cristo que nasceria em Belém seria o próprio Deus que veio à Terra na forma de um homem para viver entre o Seu povo.

 

Eu Sou: (João 8:58, com Êxodo 3:14) – Quando Jesus atribuiu a Si mesmo este título, os judeus tentaram apedrejá-lo por blasfêmia. Eles compreenderam que Jesus estava declarando ser o Deus eterno,o imutável Jeová do Antigo Testamento.

 

Senhor de todos: (Atos 10:36) – Jesus é o Senhor soberano sobre o mundo inteiro e todas as coisas nele contidas, de todas as nações do mundo, e particularmente do povo escolhido de Deus, tanto gentios quanto judeus.

 

Verdadeiro Deus: (1 João 5:20) – Esta é uma afirmação direta de que Jesus, sendo o verdadeiro Deus, não é apenas divino, mas é o Divino. Já que a Bíblia ensina que há somente um Deus, isso só pode estar descrevendo a Sua natureza como parte do Deus triúno.

 

Sua obra na Terra

 

Autor e Consumador da nossa fé: (Hebreus 12:2) – A salvação é alcançada através da fé que é dom de Deus (Efésios 2:8-9) e Jesus é o fundador da nossa fé e o seu consumador também. Do primeiro ao último, Ele é a fonte e o sustentador da fé que nos salva.

 

Pão da Vida: (João 6:35; 6:48) – Assim como o pão sustenta a vida no sentido físico, Jesus é o Pão que dá e sustenta a vida eterna. Deus providenciou o maná no deserto para alimentar o seu povo, e Ele providenciou Jesus para nos dar a vida eterna através do Seu corpo partido por nós.

 

Noivo: (Mateus 9:15) – O retrato de Cristo como o Noivo e a Igreja como a Sua Noiva revela a relação especial que temos com Ele. Estamos ligados uns aos outros em uma aliança de graça que não pode ser quebrada.

 

Redentor: (Romanos 11:26) – Assim como os israelitas precisavam que Deus os libertasse da escravidão do Egito, assim Cristo é o nosso Redentor da escravidão do pecado.

 

Bom Pastor: (João 10:11,14) – Nos tempos bíblicos, um bom pastor estava disposto a arriscar a sua própria vida para proteger as suas ovelhas dos predadores. Jesus deu a Sua vida por Suas ovelhas e Ele cuida, nutre e nos alimenta.

 

Sumo Sacerdote: (Hebreus 2:17) – O sumo sacerdote judeu entrava no templo uma vez por ano para fazer expiação pelos pecados do povo. O Senhor Jesus executou essa função por Seu povo de uma vez por todas na cruz.

 

Cordeiro de Deus: (João 1:29) – A Lei de Deus exigia o sacrifício de um cordeiro perfeito e imaculado como expiação pelo pecado. Jesus se tornou o Cordeiro levado mansamente para o abate, mostrando a Sua paciência em Seus sofrimentos e a Sua prontidão para morrer pelos que lhe pertence.

 

Mediador: (1 Timóteo 2:5) – Um mediador é um que fica entre duas partes para reconciliá-las. Cristo é o único Mediador que reconcilia os homens a Deus. Orar a Maria ou aos santos é idolatria porque ignora esse papel mais importante de Cristo (o de Mediador), atribuindo-lhe a outro.

 

Rocha: (1 Coríntios 10:4) – Assim como a água que dá vida fluiu da rocha que Moisés bateu no deserto, Jesus é a Rocha da qual fluem as águas vivas da vida eterna. Ele é a Rocha sobre a qual construímos nossas casas espirituais, de modo que nenhuma tempestade possa sacudi-las.

 

Ressurreição e a Vida: (João 11:25) – Em Jesus encontramos o meio para ressuscitar os pecadores à vida eterna, assim como Ele ressuscitou dentre os mortos. Nosso pecado é sepultado com Ele, e somos ressuscitados para andar em uma nova vida.

 

Salvador: (Mateus 1:21, Lucas 2:11) – Ele salva o Seu povo ao morrer para redimi-los, ao dar-lhe o Espírito Santo para renová-los pelo Seu poder, ao capacitá-los a enfrentar os seus inimigos espirituais, ao sustentá-los durante as provações e morte e ao ressuscitá-los no último dia.

 

Videira Verdadeira: (João 15:1) – A Videira Verdadeira fornece tudo de que os ramos (crentes) necessitam para produzirem o fruto do Espírito — a água vida da salvação e o alimento da Palavra.

 

Caminho, Verdade, Vida: (João 14:6) – Jesus é o único caminho para Deus, a única verdade em um mundo de mentiras e a única fonte verdadeira da vida eterna. Ele incorpora todos os três tanto em um sentido temporal quanto eterno.Fonte: GotQuestions?Org

FONTE WWW.MAURICIOBERWALD.COMUNIDADES.NET