Translate this Page

Rating: 2.7/5 (307 votos)




ONLINE
3




Partilhe esta Página



 <!-- Go to www.addthis.com/dashboard to customize your tools -->
<script type="text/javascript" src="//s7.addthis.com/js/300/addthis_widget.js#pubid=ra-57f3fb36829d1888"></script>

 

 

  contadores de visitas 

 

Flag Counter


CONVERSÃO DO CENTURIÃO E SUA FAMILIA SUBSIDIO
CONVERSÃO DO CENTURIÃO E SUA FAMILIA SUBSIDIO

MAURICIO BERWALD PROFESSOR  SUBSIDIO PARA AS AULAS DOS PROFESSORES LIÇÃO JOVENS

Comentário Matthew Henry

CONVERSÃO DO CENTURIÃO E DE SUA FAMILIA

Atos 10

Introdução

É uma virada muito nova e notável que a história deste capítulo dá aos Atos dos Apóstolos até agora, tanto em Jerusalém quanto em qualquer outro lugar onde os ministros de Cristo vieram, eles pregaram o evangelho somente aos judeus, ou àqueles gregos que foram circuncidados e proselitizados para a religião dos judeus, mas agora, "Lo, nos voltamos para os gentios" e para eles a porta da fé é aberta aqui: boas notícias realmente para nós, pecadores dos gentios. O apóstolo Pedro é o homem que primeiro é empregado para admitir gentios incircuncisos na igreja cristã e Cornélio, um centurião romano ou coronel, é o primeiro que com sua família e amigos é tão admitido. Agora aqui nos é dito, I. Como Cornélio foi dirigido por uma visão para enviar por Pedro, e enviou para ele em conformidade, Atos 10: 1-8 Atos 10: 1-8Atos 10: 9-23 Atos 10: 24-33 Atos 10: 34-43 Atos 10: 44-48. II. Como Pedro foi dirigido por uma visão para ir a Cornélio, embora ele fosse um gentio, sem fazer qualquer escrúpulo, e foi em conformidade, Atos 10: 9-23 . III A feliz entrevista entre Pedro e Cornélio em Cesaréia, Atos 10: 24-33 . IV. O sermão de Pedro pregou na casa de Cornélio para ele e seus amigos, At 10: 34-43 . V. O batismo de Cornélio e seus amigos com o Espírito Santo primeiro, e depois com água, At 10: 44-48 .

 

Versos 1-8

O caso de Cornélio.

1 Havia um certo homem em Cæ sarea chamado Cornélio, um centurião da banda chamada banda italiana , 2 Um homem devoto e um que temia a Deus com toda a sua casa, que dava muita esmola ao povo, e orava a Deus sempre. 3Ele viu em uma visão evidentemente sobre a nona hora do dia um anjo de Deus chegando a ele, e dizendo-lhe: Cornélio. 4E quando ele olhou para ele, ele ficou com medo e disse: O que é isto, Senhor? E ele lhe disse: As tuas orações e as tuas esmolas são levantadas para um memorial diante de Deus. 5 E agora envie homens para Jope e chame por umSimão, cujo sobrenome é Pedro: 6 Ele albergou com um Simão, curtidor, cuja casa está do lado do mar; ele te dirá o que deves fazer. 7 E quando o anjo que falou a Cornélio foi embora, chamou dois dos seus criados, e um soldado devoto dos que o esperavam continuamente. 8 E quando ele lhes declarara todas estas coisas, enviou-os a Jope.

 

Levar o evangelho aos gentios, e trazer os que eram estrangeiros e estrangeiros para serem concidadãos com os santos e da família de Deus, era um mistério para os apóstolos, e tal surpresa ( Efésios 3: 3,6 ), que nos preocupa cuidadosamente observar todas as circunstâncias do começo desta grande obra, esta parte do mistério da piedade - Cristo pregou aos gentios, e creu neste mundo, 1 Timóteo 3:16 . Não é improvável que alguns gentios pudessem até agora entrar em uma sinagoga dos judeus, e ouvir o evangelho pregado, mas o evangelho nunca foi projetado para os gentios, nem nenhum deles foi batizado - Cornélio foi o primeiro e aqui nós ter,Efésios 3: 3 , 6 1 Timóteo 3:16

 

  1. Um relato dado a nós sobre este Cornélio, quem e o que ele era, quem foi o primogênito dos gentios a Cristo. Aqui nos é dito que ele era um grande homem e um homem bom - dois personagens que raramente se encontram, mas aqui eles fizeram e onde eles se encontram, eles colocam um brilho sobre o outro: a bondade torna a grandeza verdadeiramente valiosa, e a grandeza faz muito bem mais útil. 1. Cornelius era um oficial do exército, Atos 10: 1 Atos 10: 1 . Ele estava presentemente esquartejado em Cesaréia, uma cidade forte, recentemente reedificada e fortificada por Herodes, o Grande, e chamada Cesaréia em homenagem a Augusto Cæ sar. Ficava na beira do mar, muito conveniente para a manutenção de uma correspondência entre Roma e suas conquistas naquelas partes. O governador romano ou procônsul habitualmente residia aqui, Atos 23:23 , 24 , 25 : Mateus 8:10 Atos 10: 2Atos 23: 23,24,25: 6 . Ali havia uma banda, ou grupo, ou regimento, do exército romano, que provavelmente era o guarda-vidas do governador, e é aqui chamado de banda italiana, porque, para que eles pudessem ter mais certeza de sua fidelidade, todos eles eram romanos nativos ou italianos. Cornelius tinha um comando nessa parte do exército. Seu nome, Cornélio , foi muito usado entre os romanos, entre algumas das famílias mais antigas e nobres. Ele era um oficial de considerável posição e figura, um centurião. Nós lemos de um daquele posto no tempo do nosso Salvador, de quem ele deu uma grande recomendação, Mateus 8:10.. Quando um gentio deve ser enviado para receber o evangelho primeiro, não é um filósofo gentio, muito menos um sacerdote gentio (que é fanático por suas noções e adoração, e preconceituoso contra o evangelho de Cristo), mas um soldado gentio, que é um homem de pensamento mais livre e aquele que verdadeiramente é assim, quando a doutrina cristã está bem diante dele, não pode senão recebê-lo e dar-lhe as boas vindas. Os pescadores, homens indoutos e ignorantes, foram os primeiros convertidos judeus, mas nem tanto dos gentios, pois o mundo saberá que o evangelho tem nele aquilo que pode recomendá-lo a homens de educação educada e educação liberal, como temos feito. razão para pensar que este centurião foi. Não permita que soldados e oficiais do exército alegem que seu emprego os libera das restrições que alguns outros enfrentam e, dando-lhes uma oportunidade de viver mais em geral, pode desculpá-los se não forem religiosos, porque aqui estava um oficial do exército que abraçou o cristianismo, e ainda assim não saiu do seu lugar nem se entregou. E, Por último, foi uma mortificação para os judeus que não só os gentios foram levados para a igreja, mas que o primeiro que foi levado era um oficial do exército romano, que era para eles a abominação da desolação. 2. Ele era, de acordo com a medida da luz que ele tinha, um homem religioso. É um personagem muito bom que é dado a ele, Atos 10: 2 . Ele não era idólatra, nem adorador de falsos deuses ou imagens, nem se permitia em nenhuma dessas imoralidades às quais a maior parte do mundo gentio era abandonada, para puni-los por sua idolatria. (1) Ele estava possuído por um princípio de respeito ao Deus verdadeiro e vivo. Ele era um homem devoto e que temia a Deus.Ele acreditava em um Deus, o Criador do céu e da terra, e tinha uma reverência por sua glória e autoridade, e um pavor de ofendê-lo pelo pecado e, embora ele fosse um soldado, não foi uma diminuição ao crédito de seu valor tremer diante de Deus. (2) Ele manteve a religião em sua família. Ele temia a Deus com toda a sua casa. Ele não admitiria nenhum idólatra sob seu teto, mas cuidava que não apenas ele, mas todos os seus, servissem ao Senhor. Todo bom homem fará o que puder para que aqueles que o rodeiam sejam bons também. (3) Ele era um homem muito caridoso: Ele deu muitas esmolas ao povo,o povo dos judeus, apesar das singularidades de sua religião. Embora ele fosse um gentio, ele estava disposto a contribuir para o alívio de um que era um verdadeiro objeto de caridade, sem perguntar de que religião ele era. (4) Ele estava muito em oração: Ele orou a Deus sempre. Ele manteve os tempos declarados para a oração e foi constante para eles. Nota: Onde quer que o temor de Deus governe no coração, ele aparecerá tanto em obras de caridade como de piedade, e nenhum dos dois nos desculpará do outro.

 

  1. As ordens dadas a ele do céu, pelo ministério de um anjo, para mandar Pedro ir até ele, o que ele nunca teria feito se não tivesse sido assim instruído a fazê-lo. Observar,

 

  1. Como e de que maneira essas ordens lhe foram dadas. Ele teve uma visão, na qual um anjo os entregou para ele. Era cerca da hora nona do dia, às três horas da tarde, que está conosco uma hora de negócios e conversa, mas depois, porque estava no templo a hora de oferecer o sacrifício da noite, foi feito por pessoas devotas uma hora de oração, para intimar que todas as nossas orações devem ser oferecidas na virtude do grande sacrifício. Cornélio estava agora em oração: assim ele nos diz a si mesmo, Atos 10:30 At 10:30 . Agora aqui nos é dito, (1) Que um anjo de Deus veio a ele.Atos 10: 4Pelo brilho de seu semblante e pela maneira como ele entrava, ele sabia que ele era algo mais do que um homem e, portanto, nada menos do que um anjo, um sinal do céu. (2) Que ele o viu evidentemente com seus olhos corporais, não em um sonho apresentado à sua imaginação, mas em uma visão apresentada à sua visão por sua maior satisfação, ele carregava sua própria evidência junto com ele. (3) Que ele o chamou pelo seu nome, Cornélio, para intimar a particular observação que Deus tomou dele. (4) Isso colocou Cornélio para o presente em alguma confusão ( At 10: 4 ): Quando ele olhou para ele, ele estava com medo.Os homens mais sábios e melhores têm sido atingidos pelo medo diante da aparição de qualquer mensageiro extraordinário do céu e justamente, pois o homem pecador sabe que não tem razão para esperar qualquer boa notícia. E, portanto, Cornélio grita: " O que é isso, Senhor? Qual é o problema?" Isto ele fala como alguém que tem medo de algo errado, e anseia por ser aliviado desse medo, por conhecer a verdade ou como alguém desejoso de conhecer a mente de Deus, e pronto para obedecê-la, como Josué: O que diz meu Senhor ao seu servo? E Samuel: Fala, porque teu servo ouve.

 

  1. Qual foi a mensagem que foi entregue a ele.

 

(1.) Ele está certo de que Deus o aceita andando de acordo com a luz que ele tinha ( Atos 10: 4 Atos 10: 4 ): Tuas orações e tuas esmolas são levantadas para um memorial diante de Deus. Observe, orações e esmolas devem andar juntas. Devemos seguir nossas orações com esmolas, pois o jejum que Deus escolheu é levar a alma aos famintos, Isaías 58: 6,7 . Não é suficiente orar para que o que temos seja santificado para nós, mas devemos dar esmolas a essas coisas como temos e então, eis que todas as coisas estão limpas para nós, Lucas 11:41.Isaías 58: 6 , 7 Lucas 11:41 Levítico 2: 9 , 16 , 5 : . E devemos seguir nossas esmolas com nossas orações para que Deus as aceite graciosamente e para que sejam abençoadas para aqueles a quem são dadas. Cornélio orou e deu esmolas, não como os fariseus, para serem vistos pelos homens, mas com sinceridade, como para Deus e ele é aqui dito que eles subiram para um memorial diante de Deus. Eles estavam registrados no céu, no livro de recordação que está escrito ali para todos os que temem a Deus, e serão lembrados a seu favor: "Tuas orações serão atendidas e tuas esmolas serão pagas". Dizem que os sacrifícios sob a lei são para um memorial. Veja Levítico 2: 9,16,5: 12,6: 15. E orações e esmolas são nossas ofertas espirituais, das quais Deus tem o prazer de tomar conhecimento e ter consideração. A revelação divina comunicada aos judeus, tanto quanto os gentios estavam em causa, não só como dirigiu e melhorou a luz e lei da natureza, mas como prometeu um Messias para vir, Cornélio acreditava e se submetia a. O que ele fez naquela fé, e foi aceito por Deus nisso pelos gentios, a quem a lei de Moisés veio, não foram obrigados a se tornarem judeus circuncidados, como aqueles a quem o evangelho de Cristo vem são para serem batizados cristãos. .

 

(2) Ele é designado para inquirir após uma nova descoberta da graça divina, agora ultimamente feita ao mundo, At 10: 5,6 . Ele deve enviar imediatamente a Jope, e perguntar por um Simão Pedro que ele hospedou na casa de um Simão, um curtidor, sua casa fica ao lado do mar, e, se ele for enviado, ele virá e quando ele vier, ele te dirá. o que você deve fazer, em resposta à sua pergunta, o que é isso, Senhor?Atos 10: 5 , 6 Efésios 3: 8 Hebreus 2: 5Ora, aqui estão duas coisas muito surpreendentes e dignas de nossa consideração ... [1.] Cornélio ora e dá esmolas no temor de Deus, é religioso e mantém a religião em sua família, e tudo isso para ser aceito por Deus. nele, e ainda há algo mais que ele deve fazer - ele deve abraçar a religião cristã, agora que Deus a estabeleceu entre os homens. Não, Ele pode fazê-lo se lhe agrada, será uma melhoria e entretenimento para ele. Mas, Ele deve fazê-lo é indispensavelmente necessário para sua aceitação com Deus para o futuro, embora ele tenha sido aceito em seus serviços até agora. Aquele que acreditava na promessa do Messias agora deve acreditar no desempenho dessa promessa. Este é o seu mandamento, que acreditamos.Orações e esmolas são aceitas daqueles que acreditam que o Senhor é Deus, e não têm oportunidade de conhecer mais, mas, daqueles a quem é pregado que Jesus é Cristo, é necessário a aceitação de suas pessoas, orações e esmolas. , que eles acreditam nisso e repousam sobre ele somente para aceitação. [2] Cornélio tem agora um anjo do céu falando com ele, e ainda assim ele não deve receber o evangelho de Cristo deste anjo, nem ser informado por ele o que ele deve fazer, mas tudo que o anjo tem a dizer é: "Envia a Pedro, e ele te dirá." Como a primeira observação coloca uma grande honra sobre o evangelho, o mesmo acontece com o ministério do evangelho: não foi para o mais elevado dos anjos, mas para aqueles que eram menos que o menor de todos os santos, que esta graça foi dada,pregar entre os gentios as insondáveis ​​riquezas de Cristo ( Efésios 3: 8 ), para que a excelência do poder seja de Deus, e a dignidade de uma instituição de Cristo, apoiada pelos anjos, não pôs em sujeição o mundo a vem ( Hebreus 2: 5 ), mas para o Filho do homem como o rei, e os filhos dos homens como seus agentes e ministros de Estado, cujo terror não deve nos assustar, nem a mão deles será pesada sobre nós,como este anjo agora era para Cornélio. E como era uma honra para o apóstolo que ele precisasse pregar aquilo que um anjo não poderia, então foi uma honra adicional que um anjo foi enviado de propósito do céu para ordenar que ele fosse enviado para. Trazer um ministro fiel e um povo disposto juntos é uma obra digna de um anjo, e com o que, portanto, o maior dos homens deve se alegrar em ser empregado.

 

III Sua obediência imediata a essas ordens, Atos 10: 7,8 . Ele enviou com toda a velocidade para Joppa, para buscar Peter para ele. Se ele mesmo estivesse apenas preocupado, ele teria ido para Jope para ele. Mas ele tinha uma família, e parentes e amigos ( Atos 10:24 ), uma pequena congregação deles, que não poderia ir com ele para Jope, e, portanto, ele envia para Pedro. Observe, 1. Quando ele enviou: Assim como sempre o anjo que falou com ele havia partido,Atos 10: 7 , 8 Atos 10:24 Mateus 8: 9 Salmo 101: 6 Atos 10: 8sem disputa ou demora, ele foi obediente à visão celestial. Percebeu, pelo que o anjo disse, ele deveria ter mais trabalho para prescrevê-lo, e ansiava por ter dito a ele. Ele se apressou e não tardou em fazer este mandamento. Em qualquer assunto em que nossas almas estão envolvidas, é bom que não percamos tempo. 2. A quem ele enviou: Dois de seus empregados domésticos, todos temendo a Deus, e um soldado devoto, um dos que o esperavam continuamente.Observe, um centurião devoto tinha soldados devotos. Um pouco de devoção comumente é um grande caminho para os soldados, mas haveria mais nos soldados se houvesse mais dos comandantes. Oficiais em um exército, que têm um poder tão grande sobre os soldados, como achamos que o centurião tinha ( Mateus 8: 9 ), têm uma grande oportunidade de promover a religião, pelo menos de restringir o vício e a profanidade, naqueles sob seu comando, se eles quiserem melhorar. Observe, Quando este centurião teve que escolher alguns de seus soldados para atender a sua pessoa, e estar sempre perto dele, lançou-se sobre eles como devotos, eles serão preferidos e respeitados, para encorajar outros a serem assim. Ele passou pelo domínio de Davi ( Salmo 101: 6 ), Os meus olhos estarão sobre os fiéis da terra, para que possam morar comigo. 3. Que instruções ele deu a eles ( Atos 10: 8 ): declarou-lhes todas essas coisas, contou-lhes a visão que tinha e as ordens que lhe foram dadas para mandar a Pedro, porque a vinda de Pedro era uma coisa na qual eles estavam. preocupados, pois eles tinham almas para salvar tão bem quanto ele. Portanto, ele não apenas lhes diz onde encontrar Pedro (o que ele poderia ter pensado o suficiente para fazer - o servo não sabe o que o seu Senhor faz ), mas ele lhes diz em que missão ele deveria vir, para que possam importuná-lo. .

 

Versículos 9-18

Visão de Pedro.

9 No dia seguinte, indo eles seu caminho, e chegando à cidade, subiu Pedro ao terraço para orar pela sexta hora; 10 e ficou com muita fome, e teria comido; ele caiu em transe, 11E viu o céu aberto, e um certo vaso descendo até ele, como havia sido um grande lençol tricotado nos quatro cantos, e descido à terra: 12Onde havia todos os tipos de animais quadrúpedes da terra, e bestas selvagens, e coisas rastejantes, e aves do ar. 13 E ouviu-se uma voz para ele: Levanta-te, Pedro mata e come. 14Mas Pedro disse: Não é assim, Senhor, porque nunca comi coisa alguma comum ou impura. 15 E a voz falou -lhe novamente a segunda vez: Que Deus purificou, quenão chame de comum. 16 Isto foi feito três vezes: e o vaso foi recebido de novo no céu. 17 Ora, estando Pedro em dúvida acerca de si mesmo, esta visão que tinha visto devia significar que os homens enviados de Cornélio tinham interrogado a casa de Simão, e aguardaram diante da porta. 18 E convocaram e perguntaram se era Simão, que era Pedro, de sobrenome, estava alojado ali.

 

Cornélio recebera ordens positivas do céu para mandar chamar Pedro, que, de outra forma, ele não tinha ouvido falar, ou pelo menos não ouvido, mas aqui está outra dificuldade que está em uni-los - a questão é se Pedro virá a Cornélio. quando ele é enviado para não como se achasse que estava abaixo dele para chegar a um ponto, ou como se ele estivesse com medo de pregar sua doutrina a um homem educado como Cornélio era: mas ele fica em um ponto de consciência. Cornélio é um homem muito digno, e tem muitas boas qualidades, mas ele é um gentio, ele não é circuncidado e, porque Deus em sua lei proibiu seu povo de associar-se com nações idólatras, eles não teriam companhia a ninguém além daqueles de sua própria religião, apesar de serem sempre tão merecedores, João 18:28 João 18:28 . Pedro não superou essa mesquinha noção preconceituosa de seus compatriotas e, portanto, será tímido em chegar a Cornélio. Agora, para remover essa dificuldade, ele tem uma visão aqui, para prepará-lo para receber a mensagem enviada a ele por Cornélio, pois Ananias teve que prepará-lo para ir a Paulo. As escrituras do Antigo Testamento falaram claramente da entrada dos gentios na igreja. Cristo havia dado claras indicações disso quando ordenou que eles ensinassem todas as nações e mesmo o próprio Pedro, que conhecia muito da mente de seu Mestre, não poderia entendê-lo, até que foi aqui revelado pela visão, que os gentios deveriam ser companheiros. herdeiros, Efésios 3: 6 . Agora aqui observeEfésios 3: 6

 

  1. As circunstâncias desta visão.

 

  1. Foi quando os mensageiros enviados de Cornélio estavam agora perto da cidade, Atos 10: 9Atos 10: 9 . Pedro não sabia nada da sua abordagem, e eles não sabiam nada sobre a sua oração, mas ele sabia que ele e eles estavam preparando as coisas para a entrevista, e facilitando o fim de sua negociação. Para todos os propósitos de Deus há um tempo, um tempo apropriado e ele fica satisfeito em trazer coisas às mentes de seus ministros, as quais eles não haviam pensado, quando têm oportunidade de usá-las.

 

  1. Foi quando Pedro subiu ao topo da casa para orar, ao meio-dia. (1) Pedro estava muito em oração, muito em oração secreta, embora ele tivesse uma grande quantidade de trabalho público em suas mãos. (2) Ele orou pela sexta hora, de acordo com o exemplo de Davi, que, não apenas de manhã e à tarde, mas ao meio-dia, se dirigiu a Deus pela oração, Salmo 55:17Salmos 55:17 . De manhã à noite, deveríamos pensar que é tempo demais para ficar sem carne, mas que acha que é muito tempo para ficar sem oração? (3.) Ele orou no topo da casaLá, ele se retirou para a privacidade, onde não podia ouvir nem ser ouvido, e assim poderia evitar tanto a distração quanto a ostentação. Lá, no telhado da casa, ele tinha uma visão completa dos céus, o que poderia ajudar a sua adoração piedosa do Deus que ele rezava e lá ele também tinha uma visão completa da cidade e do país, o que poderia ajudar sua piedosa compaixão. das pessoas por quem ele orou. (4) Ele teve essa visão imediatamente depois de ter orado, como uma resposta à sua oração para a propagação do evangelho, e porque a ascensão do coração a Deus em oração é um excelente preparativo para receber as descobertas da graça divina. e favor.

 

  1. Foi quando ele ficou com muita fome, e estava esperando por seu jantar ( Atos 10:10Atos 10:10 ), provavelmente ele não tinha comido aquele dia antes, embora sem dúvida tivesse orado antes e agora ele teria comido, ethele geusasthai - ele provei, o que sugere sua grande moderação e temperança na alimentação. Quando ele estava com muita fome, ainda assim ele ficaria contente com um pouco, com um gosto, e não voaria sobre o espólio. Agora essa fome era uma entrada adequada para a visão sobre as carnes, como a fome de Cristo no deserto era a tentação de Satanás de transformar pedras em pão.

 

  1. A visão em si, que não era tão clara como a de Cornélio, mas mais figurativa e enigmática, para causar uma impressão mais profunda. 1. Ele caiu em transe ou êxtase, não de terror, mas de contemplação, com o qual ele foi tão completamente engolido como não apenas para não ser atencioso, mas não para ser sensato, das coisas externas. Ele se perdeu completamente neste mundo, e assim teve sua mente inteiramente livre para conversar com as coisas divinas como Adão na inocência, quando o sono profundo caiu sobre ele. Quanto mais claro ficamos do mundo, mais perto chegamos do céu: se Pedro estava agora no corpo ou fora do corpo, ele não poderia dizer, e muito menos nós, 2 Coríntios 12: 2,3 . Veja Gênesis 15:12 ; Atos 22:172 Coríntios 12: 2 , 3 Gênesis 15:12 Atos 22:17 Romanos 16:25 Apocalipse 21: 2 Colossenses 3:11 Salmos 8: 4-8 Atos 10:13 Atos 10:14 Atos 10:15 Atos 10:16 Revelação 7: 9. 2. Ele viu o céu aberto, para ter certeza de que sua autoridade para ir a Cornélio era de fato do céu - que era uma luz divina que alterava seus sentimentos e um poder divino que lhe dava sua comissão. A abertura dos céus significava a abertura de um mistério que havia sido escondido, Romanos 16:25 . 3. Ele viu um grande lençol cheio de todos os tipos de criaturas vivas, que desceu do céu, e foi entregue a ele para a terra, isto é, para o telhado da casa onde ele estava agora. Ali estavam não apenas as bestas da terra, mas também as aves do céu, que poderiam ter voado para longe, colocadas a seus pés e não apenas animais domésticos, mas selvagens. Aqui não havia peixes do mar, porque não havia nenhum deles em particular impuro, mas o que quer que tivesse barbatanas e escamas podia ser comido. Alguns fazem esta folha, assim cheia, para representar a igreja de Cristo. Ele desce do céu, do céu aberto, não apenas para abatê-lo ( Apocalipse 21: 2), mas para receber almas enviadas por ele. Ela é unida nos quatro cantos, para receber aqueles de todas as partes do mundo que estão dispostos a ser adicionados a ela e para reter e manter aqueles seguros que são levados para ela, para que eles não caiam e nela encontramos alguns de todos os países, nações e línguas, sem qualquer distinção de grego ou judeu, ou qualquer desvantagem colocada sobre bárbaro ou cita, Colossenses 3:11. A rede do evangelho encerra todos, maus e bons, aqueles que antes eram limpos e impuros. Ou pode ser aplicada à generosidade da divina Providência, que, antes das proibições da lei cerimonial, dera ao homem a liberdade de usar todas as criaturas, às quais, pelo cancelamento dessa lei, somos agora restaurados. Por essa visão somos ensinados a ver todo o benefício e serviço que temos das criaturas inferiores que descem até nós do céu, é o dom de Deus que as criou, as tornou adequadas para nós e então deu ao homem o direito a elas. e domínio sobre eles. Senhor, o que é homem para que ele seja assim magnificado! Salmos 8: 4-8. Como deve dobrar nosso conforto nas criaturas, e nossas obrigações de servir a Deus no uso delas, para vê-las assim descidas para nós do céu! 4. Ele foi ordenado por uma voz do céu a fazer uso desta abundância e variedade que Deus lhe havia enviado ( Atos 10:13 ): " Levante-se, Pedro, mate e coma:sem colocar qualquer diferença entre limpo e impuro, o que mais te interessa. "A distinção de carnes que a lei fez foi destinada a colocar uma diferença entre judeu e gentio, para que pudesse ser difícil para eles jantar e comer com um Gentile, porque eles teriam aquele conjunto diante deles que eles não tinham permissão para comer e agora a retirada dessa proibição era uma permissão clara para conversar com os gentios, e para ser livre e familiarizado com eles. e, portanto, poderia comer com eles e ser companheiro de plebeus com eles. 5. Ele se ateve aos seus princípios, e de modo algum deu ouvidos à moção, embora estivesse com fome ( Atos 10:14 ): Não é assim, Senhor .Embora a fome rompa as paredes de pedra, as leis de Deus devem ser para nós uma cerca mais forte do que as paredes de pedra, e não tão facilmente quebradas. E ele vai aderir às leis de Deus, embora tenha uma contra-ordem por uma voz do céu, não sabendo a princípio, mas que matar e comer era um mandamento de julgamento se ele iria aderir à palavra mais segura, a lei escrita e se então sua resposta foi muito boa, não é assim, Senhor. As tentações de comer o fruto proibido não devem ser comparadas, mas peremptoriamente rejeitadas devemos nos surpreender com o pensamento: não é assim, Senhor. A razão que ele dá é: " Porque eu nunca comi nada que é comum ou imundoaté aqui eu mantive minha integridade nesta questão, e ainda a cumprirei. "Se Deus, por sua graça, nos preservou do pecado grosseiro até hoje, devemos usar isso como um argumento para nos abstermos de toda a aparência do mal. . Então estrita foram os judeus piedosos nesta matéria, que os sete irmãos, aqueles gloriosos mártires sob Antíoco, escolha, em vez de ser torturado até a morte da maneira mais cruel que já era do que comer carne de porco, porque era proibido pela lei Não é de admirar, então, que Pedro o diga com tanto prazer, que sua consciência pudesse testemunhar para ele que ele nunca havia satisfeito seu apetite com qualquer alimento proibido. ”Deus, por uma segunda voz do céu, proclamou a revogação da lei em este caso ( Atos 10:15 ): O que Deus purificou, isso não te chama de comum. Aquele que fez a lei poderia alterá-la quando quisesse e reduzir o assunto ao seu primeiro estado. Deus, por razões adequadas à dispensação do Antigo Testamento, impediu os judeus de comer tais e tais carnes, aos quais, enquanto essa dispensação durou, eles foram obrigados, em consciência, a submeter-se, mas agora, por razões adequadas ao Novo Testamento. A dispensação do testamento, tirada essa restrição, e resolvendo o assunto em geral - purificou aquilo que antes estava poluído para nós, e devemos usar e permanecer firmes na liberdade com a qual Cristo nos libertou,e não chame isso de comum ou imundo que Deus agora declarou limpo. Note, Devemos acolher como uma grande misericórdia que pelo evangelho de Cristo somos libertos da distinção de carnes, que foi feita pela lei de Moisés, e que agora toda criatura de Deus é boa, e nada deve ser recusado. não tanto porque assim obtemos o uso de carne de porco, lebres, coelhos e outros alimentos agradáveis ​​e saudáveis ​​para nossos corpos, mas principalmente porque a consciência é libertada de um jugo em coisas dessa natureza, para que possamos servir a Deus sem medo .Embora o evangelho tenha feito deveres que não eram pela lei da natureza, ainda assim ele não fez, como a lei de Moisés, pecados que não eram assim. Aqueles que ordenam abster-se de alguns tipos de carne em algumas épocas do ano, e colocar nela a religião, chamam aquele comum que Deus purificou e, nesse erro, mais do que em qualquer verdade, são os sucessores de Pedro. 7. Isto foi feito três vezes, Atos 10:16. O lençol foi desenhado um pouco, e desce novamente pela segunda vez, e assim pela terceira vez, com o mesmo chamado para ele, para matar e comer, e pela mesma razão, que aquilo que Deus purificou nós não devemos chamar comum, mas se a recusa de Pedro foi repetida, a segunda e terceira vez não é certa, certamente não foi, quando sua objeção recebeu pela primeira vez uma resposta tão satisfatória. O triplo da visão de Pedro, como a duplicação do sonho do Faraó, era mostrar que a coisa era certa, e envolvê-lo a ter mais atenção do que isso. As instruções que nos são dadas nas coisas de Deus, seja pelo ouvido na pregação da palavra, ou pelo olho nos sacramentos, precisam ser repetidas muitas vezes preceito deve ser sobre preceito e linha sobre linha. Mas finalmenteo vaso foi recebido no céu. Aqueles que fazem este vaso para representar a igreja, incluindo judeus e gentios, como isto fez criaturas limpas e impuras, fazem isto muito apropriadamente para significar a admissão dos gentios crentes na igreja, e no céu também, na Jerusalém acima . Cristo abriu o reino dos céus a todos os crentes, e lá encontraremos, além daqueles que são selados de todas as tribos de Israel, uma companhia inumerável de todas as nações ( Apocalipse 7: 9 ), mas eles são como Deus tem limpo.

 

III A providência que muito oportunamente explicou esta visão, e deu a Pedro para entender a intenção dela, Atos 10: 17,18 . 1. O que Cristo fez, Pedro não sabia exatamente então ( João 13: 7 ): Ele duvidou dentro de si o que essa visão que ele havia visto deveria significar. Ele não tinha razão para duvidar da verdade disso, que era uma visão celestial que toda a sua dúvida estava relacionada ao significado disso. Note, Cristo se revela ao seu povo gradualmente, e não de uma só vez, e os deixa para duvidar um pouco, para refletir sobre uma coisa, e debater isto de um lado para outro em suas próprias mentes, antes de esclarecer para eles. 2. No entanto, ele foi feito para saber atualmente, pois os homens que foram enviados de Cornélio acabavam de chegar à casa,Atos 10:17 , 18 João 13: 7e estavam no portão perguntando se Pedro estava alojado ali e, por sua incumbência, apareceria qual era o significado dessa visão. Note, Deus sabe quais são os serviços que estão diante de nós e, portanto, como nos preparar e, então, conhecer melhor o significado do que ele nos ensinou quando descobrimos que ocasião temos que fazer uso dele.

 

Versos 19-33

Peter Dirigido para Ir a Cornelius Peter Vai a Cornelius Entrevista entre Peter e Cornelius.

19 Enquanto Pedro pensava na visão, o Espírito lhe disse: Eis que três homens te procuram. 20 Levanta-te, pois, desce e vai com eles, não duvidando; porque eu os enviei. 21Então Pedro desceu aos homens que lhe foram enviados de Cornélio, e disse: Eis que eu sou aquele a quem buscais; qual é a causa por que vieram? 22 E eles disseram: Cornélio, o centurião, homem justo e temente a Deus e de boa fama de toda a nação dos judeus, foi avisado por Deus, por um santo anjo, para te enviar à sua casa e ouvir as palavras. de ti. 23Então os chamou e os alojou .No dia seguinte Pedro foi com eles e alguns irmãos de Jope o acompanharam. 24 E no dia seguinte entraram em Cæ sarea. E Cornélio esperou por eles e convocou seus parentes e amigos próximos. 25 E quando Pedro estava chegando, Cornélio o encontrou e prostrou-se a seus pés, e adorou -o. 26 Mas Pedro, tomando-o, disse: Levanta-te, eu também sou homem. 27 Ao falar com ele, entrou e encontrou muitos que se haviam reunido. 28 E ele lhes disse: Vós sabeis que é uma coisa ilegal para um homem que é judeu fazer companhia, ou vir a uma de outra nação, mas Deus mostrou-me que não devo chamar homem algum comum ou imundo. 29 Portanto, eu vim a vóssem contestação, assim que fui enviado: peço, pois, que intenção enviaste para mim? 30 E Cornélio disse: Quatro dias atrás eu estava jejuando até esta hora e na hora nona eu orei em minha casa, e eis que um homem apareceu diante de mim em roupas brilhantes, 31E disse: Cornélio, tua oração é ouvida, e teu Esmolas são lembradas aos olhos de Deus. 32 Dai, pois, a Jope e manda chamar a Simão, e cujo nome é Pedro, está hospedado na casa de um certo Simão, curtidor, à beira-mar; e quando ele vier, falar-te-ei. 33 Imediatamente, pois, enviei a ti, e bem fizeste, para que viesse. Agora, pois, estamos todos aqui presentes diante de Deus, para ouvir todas as coisas que te são mandadas por Deus.

 

Temos aqui o encontro entre Pedro, o apóstolo, e Cornélio, o centurião. Embora Paulo fosse designado para ser o apóstolo dos gentios, e para reunir-se na colheita entre eles, e Pedro para ser o apóstolo da circuncisão, ainda assim é ordenado que Pedro quebre o gelo, e segure as primícias do Gentios, que os judeus crentes, que retiveram muito do velho fermento de má vontade para os gentios, poderiam estar mais bem reconciliados com sua admissão na igreja, quando foram trazidos pela primeira vez por seu próprio apóstolo, que Pedro insiste contra aqueles que teriam imposto a circuncisão sobre os gentios convertidos ( Atos 15: 7Atos 15: 7 ), Você sabe que Deus fez escolha entre nós que os gentios pela minha boca devem ouvir a palavra do evangelho. Lugar algum,

 

  1. Pedro é dirigido pelo Espírito para ir junto com os mensageiros de Cornélio ( Atos 10: 19,20 ), e esta é a exposição da visão agora o enigma é desatualizado: Enquanto Pedro pensava na visãoAtos 10:19 , 20 1 Samuel 9:15 João 16:13 Atos 10:19 Atos 10:20ele estava meditando sobre isso, e então foi aberto para ele. Note, Aqueles que seriam ensinados as coisas de Deus devem pensar naquelas coisas que aqueles que entenderiam as escrituras devem meditar neles dia e noite. Ele estava perplexo sobre isso, e então explicou, o que nos encoraja, quando não sabemos o que fazer, ter nossos olhos para Deus em direção. Observe, 1. De onde ele teve a direção. O Espírito disse a ele o que ele deveria fazer. Não foi falado a ele por um anjo, mas falado nele pelo Espírito, secretamente sussurrando-o em seu ouvido, por assim dizer, como Deus falou a Samuel ( 1 Samuel 9:15 ), ou impressionando-o poderosamente em sua mente, então que ele sabia que era um afflatus ou inspiração divina, de acordo com a promessa, João 16:13.. 2. Qual foi a direção. (1) É dito a ele, antes que qualquer um dos servos possa dizer a ele, que três homens abaixo querem falar com ele ( Atos 10:19 ), e ele deve se levantar de suas reflexões, deixar de pensar na visão e desça a eles, Atos 10:20 . Aqueles que estão buscando o significado das palavras de Deus, e as visões do Todo-Poderoso, não devem estar sempre debruçados, não, nem sempre orando, mas às vezes devem olhar para o exterior, olhar em volta deles, e eles podem encontrar aquilo que seja de utilidade para eles em suas investigações para que a escritura esteja cumprindo todos os dias. (2) Ele é ordenado a ir junto com os mensageiros para Cornélio, embora ele fosse um gentio, não duvidando de nada.Ele não deve apenas ir, mas ir alegremente, sem relutância ou hesitação, ou qualquer escrúpulo a respeito da legalidade dele, não duvidando se ele poderia ir, não, nem se deveria ir, era seu dever " Vá com eles, porque eu os enviarei: e eu te sustarei para ir junto com eles, no entanto tu serás censurado por isso. " Note, quando vemos nosso chamado claro para qualquer serviço, não devemos nos deixar ficar perplexos com dúvidas e escrúpulos a respeito dele decorrentes de antigos preconceitos ou pré-posses, ou um medo da censura dos homens. Que todo homem seja totalmente persuadido em sua própria mente e prove seu próprio trabalho.

 

  1. Ele recebe ambos e sua mensagem: Ele desceu até eles, Atos 10:21 Atos 10:21 . Tão longe era ele de sair do caminho, ou recusar-se a ser falado, como alguém que era tímido com eles, ou fazê-los demorar, como um que tomou o estado sobre ele, que ele foi para eles, disse-lhes que ele era a pessoa que eles estavam perguntando. E 1. Ele recebe favoravelmente a mensagem deles com abundância de franqueza e condescendência, ele pergunta qual é o seu negócio, o que eles têm a dizer-lhe: Qual é a causa por que você veio? e eles dizem a ele sua missão ( Atos 10:22 ): " Cornélio, um oficial do exército romano, um cavalheiro muito honesto e alguém que tem mais religião do que a maioria de seus vizinhos, Atos 10:22 Neemias 7: 2 Atos 11:14 Atos 10:23 Atos 10:10que teme a Deus acima de muitos ( Neemias 7: 2 ), que, embora ele não seja um judeu, levou-o tão bem que ele é de boa reputação entre todo o povo dos judeus - todos darão a ele uma boa palavra , para um homem consciencioso, sóbrio e caridoso, de modo que não seja nenhum descrédito para você ser visto em sua companhia - ele foi advertido por Deus, " echrematisthe -" ele teve um oráculo de Deus, enviado a ele por um anjo "(e os oráculos vivos da lei de Moisés foram dados pela disposição de anjos)," pelo qual ele foi ordenado a mandar para você a sua casa (onde ele está esperando por você, e pronto para lhe oferecer bem-vindo), e ouvir palavras de ti: eles não sabem quais palavras, mas são como ele pode ouvir de ti, e não de qualquer outra pessoa tão bem. "A fé vem pelo ouvir. Quando Pedro repete isso, ele nos diz mais plenamente, são palavras pelas quais tu e todos tua casa será salva, Atos 11:14 . "Vinde a ele, pois um anjo mandou que mandasse chamar-te: venha a ele, pois ele está pronto para ouvir e receber as palavras salvadoras que tens para lhe trazer". Ele gentilmente entreteve os mensageiros ( Atos 10:23 ): Ele os convocou e os hospedou. Ele não os convenceu a irem se refrescar e se alojarem em uma hospedaria a seu próprio encargo, mas foi ele mesmo responsável por entretê-los em seus próprios aposentos O que estava se preparando para ele ( Atos 10:10Eles deveriam ser bem-vindos para compartilhar o que pensava que empresa deveria ter quando ele anunciou seu jantar, mas Deus previu isso. Note, torna-se cristãos e ministros para ser hospitaleiro, e pronto, de acordo com a sua capacidade, e há ocasião para isso, para entreter estranhos.Pedro os apresentou, embora fossem gentios, para mostrar quão prontamente ele cumpriu o desígnio da visão ao comer com os gentios, pois imediatamente os levou para comer com ele. Embora fossem dois deles servos e o outro um soldado comum, ainda assim Peter pensou que não estava abaixo dele para levá-los para sua casa. Provavelmente ele fez isso para que ele pudesse ter alguma conversa com eles sobre Cornélio e sua família pelos apóstolos, embora eles tivessem instruções do Espírito, ainda que fizessem uso de outras informações, como eles tiveram ocasião para isso.

 

III Ele foi com eles a Cornélio, a quem achou pronto para recebê-lo e entretê-lo. 1. Pedro, quando foi com eles, foi acompanhado por alguns irmãos de Jope, onde ele estava agora, Atos 10:23 Atos 10:23 . Seis deles foram junto com ele, como encontramos, Atos 11:12 Atos 11:12 . Ou Pedro desejou sua companhia, para que eles pudessem ser testemunhas de seu procedimento com cautela com referência aos gentios, e da boa terra em que ele foi, e, portanto, ele os convidou ( Atos 11:12 Atos 11:12ou ofereceram seu serviço para atendê-lo e desejaram que tivessem a honra e a felicidade de ser seus companheiros de viagem. Essa foi uma das maneiras pelas quais os cristãos primitivos mostraram muito respeito aos seus ministros: eles os acompanharam em suas jornadas, para mantê-los inocentes, para serem seus guardas e, como havia ocasião, para ministrar a eles com mais perspectiva não só de fazê-los serviço, mas de ser edificado pelo seu inverso. É uma pena que aqueles que têm habilidade e vontade de fazer o bem aos outros pelo seu discurso, queiram uma oportunidade para isso, viajando sozinhos. 2. Cornélio, quando estava pronto para recebê-lo, reuniu alguns amigos de Cesaréia. Parece que estava acima de uma jornada de um dia, quase duas, desde Jope até Cesareia, pois eraAtos 10:24 Atos 10:30 Job 31:17no dia seguinte , partiram para Cesaréia ( Atos 10:24 ) e a tarde daquele dia, Atos 10:30 . É provável que eles viajassem a pé e os apóstolos geralmente o fizessem. Agora, quando eles entraram na casa de Cornélio, Pedro encontrou: (1) Que ele era esperado, e isto foi um encorajamento para ele. Cornelius esperou por eles, e tal convidado valeu a pena esperar, nem posso culpá-lo se ele esperasse com alguma impaciência, ansioso para saber o que era essa coisa poderosa que um anjo ordenou que ele esperasse ouvir de Peter. (2) Que ele era esperado por muitos, e isto foi um encorajamento adicional para ele. Como Pedro trouxe alguns com ele para participar do dom espiritual que ele tinha agora para dispensar, entãoCornélio convocara, não apenas sua própria família, mas parentes e amigos próximos, a partilhar com ele as instruções celestiais que ele esperava de Pedro, o que daria a Pedro uma oportunidade maior de fazer o bem. Nota: Não devemos desejar comer somente nossos pedaços espirituais, Jó 31:17 . Deve ser tanto dado e tomado como uma gentileza e respeito aos nossos parentes e amigos para convidá-los a se juntar a nós em exercícios religiosos, para ir conosco para ouvir um sermão. O que Cornélio deveria fazer achava que seus parentes e amigos também deviam fazê-lo e, portanto, deixá-los vir e ouvi-lo em primeira mão, para que não lhes surpreenda vê-lo mudar em cima dele.

 

  1. Aqui está a primeira entrevista entre Pedro e Cornélio, na qual temos: 1. O profundo e indevido respeito e honra que Cornélio pagou a Pedro ( Atos 10:25 Atos 10:25 ): Ele o encontrou quando estava chegando e , em vez de tomar ele em seus braços, e abraçando-o como um amigo, o que teria sido muito aceitável para Pedro, ele caiu a seus pés, e adorou-oApocalipse 13: 4 Atos 10:26 Apocalipse 19:10 , 22 : 2 Coríntios 12: 6alguns pensam, como um príncipe e um grande homem, de acordo com o uso dos países orientais que os outros pensam, como uma divindade encarnada, ou como se ele o considerasse o próprio Messias. Sua adoração a um homem era de fato culpável, mas, considerando sua atual ignorância, era desculpável, ou melhor, e era uma evidência de algo nele que era muito louvável - e isso era uma grande veneração pelas coisas divinas e celestiais: não é de admirar até que ele foi melhor informado, ele o levou a ser o Messias, e, portanto, adorou a ele, a quem ele foi ordenado a enviar por um anjo do céu. Mas a adoração de seu pretenso sucessor, que não é apenas um homem, mas um homem pecaminoso, o próprio homem do pecado, é totalmente indesculpável, e um absurdo que seria incrível se não tivéssemos dito antes disso tudoo mundo adoraria a besta, Apocalipse 13: 4 . 2. A modesta e justa e piedosa recusa de Pedro a esta honra que foi feita a ele ( Atos 10:26 ): Ele o tomou em seus braços, com suas próprias mãos (embora o tempo fosse quando ele pensava que jamais deveria receber muito respeito ou mostrar tanta afeição a um gentio incircunciso), dizendo: "Levante-se, eu também sou um homem e , portanto, não serei adorado assim". Os bons anjos das igrejas, como os bons anjos do céu, não podem suportar ter a menor honra que lhes é mostrada, que é devida somente a Deus. Veja, não o faça, diz o anjo a João ( Apocalipse 19: 10,22: 9) e, da mesma forma, o apóstolo de Cornélio. Quão cuidadoso foi Paulo que ninguém deveria pensar nele acima do que ele viu nele! 2 Coríntios 12: 6 . Os fiéis servos de Cristo poderiam suportar mais ser difamados do que ser deificados. Pedro não achava que seu grande respeito por ele, embora excessivo, pudesse contribuir para o sucesso de sua pregação e, portanto, se ele fosse enganado, que não fosse enganado, que ele soubesse que Pedro é um homem, que o tesouro está em vasos de barro, para que ele possa valorizar o tesouro por si mesmo.

 

  1. O relato que Pedro e Cornélio dão um para o outro, e para a companhia, da mão do Céu para reuni-los: Como ele falou com ele - sinomilon auto, ele entrou, Atos 10:27Atos 10:27 . Peter entrou, conversando familiarmente com Cornélio, esforçando-se, pela liberdade de conversar com ele, para tirar um pouco daquele pavor que ele parecia ter dele e, quando entrou, encontrou muitos que estavam juntos, mais do que ele esperava, o que acrescentou solenidade, bem como oportunidade de fazer o bem, para este serviço. Agora,

 

  1. Pedro declara a direção que Deus lhe deu para vir àqueles gentios, Atos 10: 28,29 . Eles sabiam que nunca havia sido permitido pelos judeus, mas sempre encarado como algo ilegal, atemita - uma abominação, para um homem que é judeu, um judeu nativo como eu, para fazer companhia ou vir para um dos outros. nação, um estranho, um gentio incircunciso. Isso não foi feito pela lei de Deus, mas pelo decreto de seus sábios, que eles consideravam não ser menos obrigatório. Eles não os proibiram de conversar ou transitar com gentios na rua ou na loja, ou na troca, mas para comer com eles. Mesmo no tempo de José, os egípcios e os hebreus não podiam comer juntos, Gênesis 43:32.Atos 10:28 , 29 Gênesis 43:32 Daniel 1: 8 Atos 2:40 . As três crianças não se contaminariam com a carne do rei, Daniel 1: 8 . Eles podem não entrar na casa de um gentio, pois consideravam que ele estava cerimonialmente poluído. Assim, desdenhosamente, os judeus olhavam para os gentios, que não estavam atrás deles com desprezo, como aparece em muitas passagens dos poetas latinos. " Mas agora " , diz Pedro, " Deus me mostrou, por uma visão, que eu não chamaria homem comum ou imundo, nem recusaria conversar com qualquer homem por causa de sua pátria". Pedro, que ensinou seus novos convertidos a se salvarem da indesejável geração de homens iníquos ( Atos 2:40).), agora ele mesmo é ensinado a se unir à geração de gentios devotos. Personagens cerimoniais foram abolidos, que mais consideração poderia ser dada aos morais. Pedro achou necessário que eles soubessem como ele mudara de idéia nessa questão, e que foi por meio de uma revelação divina, a fim de não ser reprovado por ter usado leveza. Deus tendo assim derrubado a parede divisória, (1.) Ele assegura a sua prontidão para fazer todos os bons ofícios que ele pudesse, quando ele se mantivesse à distância, não fora de qualquer desgosto pessoal para eles, mas só porque queria sair do céu e, tendo agora recebido permissão, estava a serviço deles: " Portanto, eu vim a vós sem contestação, assim que fui enviado para mim,pronto para pregar o mesmo evangelho a você que eu tenho pregado aos judeus. "Os discípulos de Cristo não podiam deixar de ter alguma noção da pregação do evangelho para os gentios, mas eles imaginavam que deveria ser apenas para aqueles Gentios que eram os primeiros proselitismo com a religião judaica, erro que Pedro reconhece não ser corrigido. (2) Ele pergunta onde ele poderia ser útil para eles: " Eu peço, portanto, para que intenção você enviou para mim? O que você espera de mim, ou que tipo de negócio você tem comigo? ”Note que aqueles que desejam a ajuda dos ministros de Deus devem considerar bem que proponham objetivos justos a si mesmos e façam isso com uma boa intenção.

 

  1. Cornélio declara as instruções que Deus lhe deu para enviar por Pedro, e que era puramente em obediência àquelas instruções que ele havia enviado para ele. Então, estamos certos em nossos objetivos, em enviar e participar de um ministério do evangelho, quando o fizemos com respeito à designação divina que instituiu essa ordenança e exigindo que usássemos essa ordenança. Agora,

 

(1.) Cornélio faz um relato da aparição do anjo a ele, e ordenou que ele enviasse Pedro não como alguém que se gloriasse nele, mas como aquilo que justificava sua expectativa de uma mensagem do céu dada por Pedro. [1] Ele conta como essa visão o encontrou empregado ( Atos 10:30 Atos 10:30 ): Quatro dias atrás eu estava jejuando até esta hora, nesta hora do dia em que é agora que Pedro veio, no meio da tarde. Por isto parece que o jejum religioso, para a maior seriedade e solenidade da oração, era usado por pessoas devotas que não eram judeus, o rei de Nínive proclamava jejum, Jonas 3: 5 . Alguns dão a essas palavras um outro sentido: De quatro dias atrás eu tenho jejuado até esta horaJonas 3: 5 Lucas 24: 4 Atos 1:10 Atos 10:31 , 32 Atos 10: 4-6 como se ele não tivesse comido carne, ou pelo menos sem comida, daquele tempo até aquilo. Mas vem como uma introdução à história da visão e, portanto, o primeiro deve ser o significado. Ele estava na hora nona orando em sua casa, não na sinagoga, mas em casa. Eu quero que os homens rezem onde quer que morem. Sua oração em sua casa sugere que não era uma oração secreta em seu armário, mas em uma sala mais pública de sua casa, com sua família a seu respeito e, talvez depois da oração, ele se retirou e teve essa visão. Observe, na nona hora do dia,três horas da tarde, a maioria das pessoas estava viajando ou negociando, trabalhando nos campos, visitando seus amigos, tendo seu prazer, ou tirando uma soneca depois do jantar, mas Cornelius estava em suas devoções, o que mostra o quanto ele fez da religião sua negócios e, em seguida, foi que ele tinha essa mensagem do céu. Aqueles que ouviriam confortavelmente de Deus devem falar muito com ele. [2] Ele descreve o mensageiro que trouxe esta mensagem do céu: apareceu um homem diante de mim em roupas brilhantes, como o de Cristo quando ele foi transfigurado, e o dos dois anjos que apareceram na ressurreição de Cristo ( Lucas 24.4 ) e em sua ascensão ( Atos 1:10), mostrando sua relação com o mundo da luz. [3] Ele repete a mensagem que lhe foi enviada ( Atos 10.31,32 ), assim como nós tivemos, At 10: 4-6 . Só aqui é dito, a tua oração é ouvida. Não nos é dito qual foi a sua oração, mas se esta mensagem foi uma resposta para ela, e deve parecer que foi, podemos supor que encontrar a deficiência da luz natural, e que ele deixou em falta como obter o perdão de seu pecado e o favor de Deus, ele orou para que Deus fizesse algumas descobertas adicionais de si mesmo e do caminho da salvação para ele. "Bem", diz o anjo, " manda chamar Pedro, e ele te dará tal descoberta".

 

(2) Ele declara a prontidão de seus próprios e de seus amigos para receber a mensagem que Pedro teve que entregar ( Atos 10:33 Atos 10:33 ): Imediatamente, portanto, eu enviei a ti, como fui instruído, e tu fizeste bem que tu vieste a nós, apesar de sermos gentios. Note, os ministros fiéis fazem bem em vir às pessoas que estão dispostas e desejosas de receber instrução deles para vir quando elas forem enviadas, pois é uma ação tão boa quanto elas podem fazer. Bem, Peter veio fazer sua parte, mas eles farão a deles? Sim. "Tu estás aqui preparado para falar, e estamos aqui preparados para ouvir" 1 Samuel 3: 9,10 . Observe, [1.] Sua presença religiosa na palavra: " Estamos todos aqui presentes diante de Deus1 Samuel 3: 9 , 10nós estamos aqui de uma maneira religiosa, estamos aqui como adoradores "(eles então se compõem numa séria e solene estrutura de espírito):" portanto, porque tu nos chegas por tal garantia, em tal missão, porque nós temos tais um preço em nossas mãos como nunca tivemos antes e talvez nunca mais tenhamos, estamos prontos agora neste tempo de culto, aqui neste lugar de adoração "(embora fosse em uma casa particular):" estamos presentes, paresmen - estamos no negócio e prontos para atender a um chamado: "Se quisermos ter a presença especial de Deus em uma ordenança, devemos estar lá com uma presença especial, uma presença ordenada: aqui estou". presente,todos os que foram convidados nós, e tudo o que nos pertence, e tudo o que está dentro de nós. "Todo o homem deve estar presente não o corpo aqui, e o coração, com os olhos do tolo, nos confins da terra Mas o que torna de fato uma presença religiosa é: estamos presentes diante de Deus, em santas ordenanças nos apresentamos ao Senhor, e devemos ser como antes dele, como aqueles que vêem seus olhos sobre nós [2]. intenção desta assistência: " Estamos presentes para ouvir todas as coisas que te são mandadas por Deus, e te damos no comando para nos ser entregues." Observe, Primeiro, Pedro estava lá para pregar todas as coisas que lhe foram ordenadas por Deus Como ele tinha uma ampla comissão para pregar o evangelho, ele tinha instruções completas sobre o que pregar.Em segundo lugar, eles estavam prontos para ouvir, não o que quisesse dizer, mas o que ele foi ordenado por Deus para dizer. As verdades de Cristo não foram comunicadas aos apóstolos para serem publicadas ou sufocadas como julgavam conveniente, mas confiadas a elas para serem publicadas ao mundo. "Estamos prontos para ouvir tudo, para vir no início do culto e permanecer até o fim, e estar atentos o tempo todo, senão como podemos ouvir tudo? Estamos desejosos de ouvir tudo o que você é comissionado para pregar, seja sempre tão desagradável a carne e sangue, e sempre tão contrário a nossas noções anteriores ou a interesses seculares presentes. Estamos prontos para ouvir tudo e, portanto, não deixar que nada seja mantido de volta que seja proveitoso para nós. "

 

Versículos 34-43

Pedro Prega na Casa de Cornélio.

34Então Pedro abriu a boca e disse: De fato percebo que Deus não faz acepção de pessoas. 35 Mas em toda nação o que o teme e pratica a justiça, é aceito por ele. 36 A palavra que Deus enviou aos filhos de Israel, pregando a paz por Jesus Cristo: (ele é o Senhor de todos) 37 Essa palavra, eu digo:vós sabeis, que foi publicado em toda a Judéia ae começou na Galiléia, depois do batismo que João pregou 38. Como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder: que andou fazendo o bem e curando todos os que eram oprimidos o diabo para Deus estava com ele. 39 E nós somos testemunhas de todas as coisas que ele fez tanto na terra dos judeus, como em Jerusalém, que eles mataram e penduraram numa árvore: 40 Deus levantou o terceiro dia e mostrou-lhe abertamente 41 Não a todo o povo, mas às testemunhas predeterminadas por Deus, mesmo para nós, que comemos e bebemos com ele, depois que ressuscitou dentre os mortos. 42 E ele nos mandou pregar ao povo e testificar que é ele que foi ordenado por Deus para sero Juiz de rápido e morto. 43A ele damos testemunho a todos os profetas, para que, pelo seu nome, todo aquele que nele crê receba a remissão de pecados.

 

Temos aqui o sermão de Pedro pregado a Cornélio e seus amigos: isto é, um resumo ou resumo dele, pois temos razão para pensar que ele fez com muitas outras palavras testemunhar e exortar a este propósito. É insinuado que ele se expressou com muita solenidade e gravidade, mas com liberdade e abundância, naquela frase, ele abriu a boca e falou, Atos 10:34 Atos 10:34 . Ó Coríntios, nossa boca está aberta para você, diz Paulo, 2 Coríntios 6:11 . "Você deve nos encontrar comunicativos, se nós, mas encontrarmos você inquisitivo." Até então, a boca dos apóstolos havia sido fechada aos gentios incircuncisos, eles não tinham nada a dizer a eles, mas agora Deus lhes deu, como fez com Ezequiel, a abertura da boca.2 Coríntios 6:11 Este excelente sermão de Pedro é admiravelmente adequado às circunstâncias daqueles a quem ele pregou, pois era um novo sermão.

 

  1. Porque eles eram gentios a quem ele pregou. Ele mostra que, apesar disso, eles estavam interessados ​​no evangelho de Cristo, que ele tinha que pregar, e intitulado para o benefício dele, em pé de igualdade com os judeus. Era necessário que isso fosse esclarecido, ou então com que consolo ele poderia pregar ou ouvir? Ele, portanto, estabelece isso como um princípio indubitável, que Deus não faz acepção de pessoas que não conhecem favor em juízo, como a frase hebraica é que os magistrados são proibidos de fazer Prov. xxiv. 23), e são culpados por fazer, Salmo 82: 2 Salmo 82: 2. E muitas vezes é dito de Deus que ele não respeita as pessoas, 2Chron. xix. 7 Jó xxxiv. 19 Rom. ii. 11 Col. iii. 25 1Pet. Eu. 17. Ele não julga em favor de um homem por causa de qualquer vantagem externa alheia aos méritos da causa. Deus nunca perverte o juízo sobre considerações e considerações pessoais, nem demonstra ser um homem perverso em uma coisa perversa por causa de sua beleza, ou estatura, seu país, parentesco, relações, riqueza ou honra no mundo. Deus, como benfeitor, dá favores arbitrariamente e por soberania. xx. 10) mas ele não, como juiz, assim dá sentença, mas em toda nação, e em sempre denominação, aquele que teme a Deus e trabalha a justiça é aceito por ele, Atos 10:35 . O caso é claramente assim--Atos 10:35

 

  1. Deus nunca fez, nem jamais irá, justificar e salvar um judeu perverso que viveu e morreu impenitente, embora ele fosse da descendência de Abraão e um hebreu dos hebreus, e tivesse todas as honras e vantagens que acompanhavam a circuncisão. Ele faz e fará indignação e ira, tribulação e angústia, sobre toda alma do homem que pratica o mal e primeiro do judeu, cujos privilégios e profissões, em vez de trancá-lo do julgamento de Deus, apenas agravarão sua culpa e condenação. Veja Romanos 2: 3,8,9,17Romanos 2: 3 , 8 , 9 , 17. Embora Deus tenha favorecido os judeus, acima de outras nações, com as dignidades de membros visíveis da igreja, ainda assim ele não aceitará nenhuma pessoa em particular daquela dignidade, se eles se permitirem em imoralidades contraditórias à sua profissão e particularmente em perseguição, que era agora, mais do que qualquer outro, o pecado nacional dos judeus.

 

  1. Ele nunca, nem nunca irá, rejeitar ou recusar um gentio honesto, que, embora ele não tenha os privilégios e vantagens que os judeus têm, contudo, como Cornélio, teme a Deus, e adora-o, e trabalha a justiça, isto é , é justo e caridoso para com todos os homens, que vive à luz que tem, tanto em devoção sincera como em conversas regulares. Seja qual for a nação de que ele seja, embora esteja tão distante de parentesco com a semente de Abraão, embora seja tão desprezível, ou melhor, embora em um nome tão doente, isso não seja um preconceito para ele. Deus julga os homens pelo seu coração, não pelo seu país ou parentesco e, onde quer que encontre um homem íntegro, será encontrado um Deus justo, Salmo 18:25 Salmos 18:25 . Observe, temendo a Deus e trabalhando a justiça,Gênesis 4: 7 Romanos 14: 1-23 Romanos 3: 1 , 2 , 9 : Gálatas 5: 6 Colossenses 3:11Devemos ir juntos, porque a justiça para com os homens é um ramo da verdadeira religião, por isso a religião para com Deus é um ramo da justiça universal. A piedade e a honestidade devem andar juntas, e nenhuma desculpa para a falta do outro. Mas, quando estes são predominantes, não há dúvida de que devemos aceitar Deus. Não que qualquer homem, desde a queda, possa obter o favor de Deus senão através da mediação de Jesus Cristo, e pela graça de Deus nele, mas daqueles que não têm o conhecimento dele e, portanto, não podem ter uma consideração explícita ele, ainda pode receber a graça de Deus por amor a ele, temer a Deus e agir com justiçae onde quer que Deus dê graça para fazê-lo, como fez com Cornélio, ele aceitará, por meio de Cristo, a obra de suas próprias mãos. Agora, (1) Esta sempre foi uma verdade, antes que Pedro percebesse, que Deus não respeita a pessoa de ninguém , era a regra fixa do julgamento desde o princípio: Se fazes bem, não serás aceito? E, se não estiver bem, o pecado e o castigo estão à porta, Gênesis 4: 7. Deus não perguntará no grande dia de que país os homens eram, mas o que eles eram, o que faziam e como eles eram afetados em relação a ele e aos vizinhos e, se os personagens pessoais dos homens não recebiam vantagem nem desvantagem da grande diferença que existia entre judeus e gentios, muito menos de qualquer diferença menor de sentimentos e práticas que possam acontecer entre os próprios cristãos, como aqueles sobre carnes e dias, Romanos 14: 1-23 . É certo que o reino de Deus não é comida e bebida, mas justiça, paz e alegria no Espírito Santo.e aquele que nestas coisas serve a Cristo é aceito por Deus, e deve ser aprovado pelos homens por ousarmos rejeitar aqueles a quem Deus não oferece? (2) No entanto, agora ficou mais claro do que se esta grande verdade tivesse sido obscurecida pelo pacto de peculiaridade feito com Israel, e os distintivos de distinção colocados sobre eles a lei cerimonial era um muro de divisão entre eles e outros nações é verdade que Deus favoreceu essa nação ( Romanos 3: 1,2,9: 4), e por isso pessoas específicas entre eles estavam prontas para inferir que tinham certeza da aceitação de Deus, embora eles vivessem como listados, e que nenhum gentio pudesse ser aceito por Deus. Deus havia dito muito pelos profetas para prevenir e retificar esse erro, mas agora ele finalmente o fez, abolindo o pacto de peculiaridade, revogando a lei cerimonial e, assim, definindo a questão como um todo, e colocando tanto o judeu quanto o judeu. Gentile no mesmo nível antes de Deus e Peter é feito aqui para percebê-lo, comparando a visão que ele tinha com o que Cornélio tinha. Agora em Cristo Jesus, está claro, nem a circuncisão faz uso de coisa alguma, nem incircuncisão, Gálatas 5: 6 ; Colossenses 3:11 .

 

  1. Porque eles eram gentios habitando um lugar dentro dos limites da terra de Israel, ele os encaminha para o que eles mesmos não podiam deixar de saber sobre a vida e doutrina, a pregação e milagres, a morte e sofrimentos de nosso Senhor Jesus: pois estes eram coisas que o relatório de que se espalhou em todos os cantos da nação, Atos 10:37Atos 10:37 , & c. Facilita o trabalho dos ministros, quando eles lidam com os que têm algum conhecimento das coisas de Deus, para o qual eles podem apelar, e sobre os quais eles podem construir.

 

  1. Eles sabiam, em geral, a palavra, isto é, o evangelho, que Deus enviou aos filhos de Israel: Essa palavra, eu sei, você sabe, Atos 10:37 Atos 10:37 . Embora os gentios não fossem admitidos para ouvi-lo (Cristo e seus discípulos não foram enviados, mas às ovelhas perdidas da casa de Israel ), mas eles não podiam deixar de ouvi-lo: era toda a conversa tanto da cidade quanto do campo. Freqüentemente nos é dito nos evangelhos como a fama de Cristo entrou em todas as partes de Canaã, quando ele estava na terra, como depois a fama de seu evangelho foi para todas as partes do mundo, Romanos 10:18 . Essa palavra, essa palavra divina, essa palavra de poder e graça, você sabe. (1.) Qual o significado desta palavra era. Deus por issoRomanos 10:18 Salmo 126: 2publicou as boas novas de paz por Jesus Cristo, por isso deve ser lido - euangelizomenos eirenev. É o próprio Deus que proclama a paz, que justamente poderia ter proclamado a guerra. Ele deixa o mundo da humanidade saber que ele está disposto a estar em paz com eles através de Jesus Cristo nele ele estava reconciliando o mundo para si mesmo. (2) Para quem foi enviado - para os filhos de Israel, em primeiro lugar. A oferta primordial é feita a eles, de que todos os seus vizinhos ouviram falar, e estavam prontos para invejá-los daquelas vantagens do evangelho, mais do que jamais lhes invejavam os da lei deles. Então eles disseram entre os gentios: O SENHOR fez grandes coisas por eles, Salmos 126: 2 .

 

  1. Eles conheciam os diversos fatos relacionados a essa palavra do evangelho enviada a Israel. (1) Eles conheciam o batismo de arrependimento que João pregou por meio de introdução a ele, e no qual o evangelho começou, Marcos 1: 1 Marcos 1: 1 . Eles sabiam que homem extraordinário João era e que tendência direta sua pregação tinha para preparar o caminho do Senhor. Eles sabiam que grande aglomeração havia no seu batismo, que interesse ele tinha e o que ele fazia. (2) Eles sabiam que, imediatamente após o batismo de João, o evangelho de Cristo, essa palavra de paz, foi publicado em toda a Judéia,Atos 14:17 Atos 10:39 e que ela surgiu da Galiléia. Os doze apóstolos e setenta discípulos e nosso próprio Mestre publicaram essas boas novas em todas as partes da terra para que pudéssemos supor que não havia uma cidade ou vila em toda a terra de Canaã, mas que o evangelho havia pregado nela. (3) Eles sabiam que Jesus de Nazaré, quando estava aqui na terra, fazia o bem. Eles sabiam que benfeitor ele era para aquela nação, tanto para as almas quanto para os corpos dos homens, como ele fazia questão de fazer o bem a todos e nunca doera a ninguém. Ele não estava ocioso, mas ainda não era egoísta, mas fazer o bem não se limitava a um só lugar, nem esperar que as pessoas o buscassem para buscar sua ajuda, mas ia até eles, ia de lugar em lugar e onde quer que viesse ele estava bem. Por este meio ele mostrouque ele foi enviado por Deus, que é bom e faz o bem e faz o bem, porque ele é bom; e que, por este meio, não deixou a si mesmo sem testemunhar o mundo, fazendo bem, Atos 14:17 . E nisso ele nos deu um exemplo de indústria infatigável no serviço a Deus e à nossa geração, pois nós viemos ao mundo para que pudéssemos fazer todo o bem que podemos nele e, assim como Cristo, devemos sempre permanecer e abundar. (4) Eles sabiam mais particularmente que ele curou todos os oprimidos do diabo, e os ajudou sob seu poder opressor. Por isso, não só apareceu que ele foi enviado de Deus, como foi uma bondade para os homens, mas que ele foi enviado para destruir as obras do diabopois assim ele obteve muitas vitórias sobre ele. (5) Eles sabiam que os judeus o mataram e o mataram pendurando-o em uma árvore. Quando Pedro pregou aos judeus, ele disse quem você matou, mas agora que ele pregou para os gentios é quem eles mataram eles, a quem ele havia feito e planejado tanto bem. Tudo isso eles sabiam, mas para que não se deve pensar que era apenas um relatório, e foi ampliada, como relatórios normalmente são, mais do que a verdade, Peter, para si e para o resto dos apóstolos, atestado ele ( Atos 10:39 ): Nós são testemunhas, testemunhas oculares de todas as coisas que ele fez e ouvintes da doutrina que ele pregou,tanto na terra dos judeus como em Jerusalém, na cidade e no campo.

 

  1. Eles sabiam, ou poderiam saber, por tudo isso, que ele tinha uma comissão do céu para pregar e agir como ele fez. Isso ele ainda cita em seu discurso e toma todas as ocasiões para sugerir isso a eles. Deixe-os saber, (1) Que este Jesus é o Senhor de tudo que entra em um parêntese, mas é a principal proposição a ser provada, que Jesus Cristo, por quem a paz é feita entre Deus e o homem, é Senhor de todos não somente como Deus sobre todos abençoados para sempre, mas como Mediador, todo poder tanto no céu quanto na terraé colocado em sua mão, e todo o julgamento está comprometido com ele. Ele é o Senhor dos anjos, eles são todos os seus humildes servos. Ele é o Senhor dos poderes das trevas, porque ele triunfou sobre eles. Ele é o rei das nações, tem poder sobre toda a carne. Ele é o rei dos santos, todos os filhos de Deus são seus eruditos, seus súditos, seus soldados. (2) Que Deus o ungiu com o Espírito Santo e com poder ele foi autorizado e capacitado a fazer o que ele fez por uma unção divina, de onde ele foi chamado Cristo - o Messias, o Ungido. O Espírito Santo desceu sobre ele em seu batismo, e ele estava cheio de poder tanto em pregar e operar milagres, que era o selo de uma missão divina. (3) Que Deus estava com ele, Atos 10:38Atos 10:38. Suas obras foram feitas em Deus. Deus não apenas o enviou, mas esteve presente com ele o tempo todo, possuiu-o, ficou ao lado dele e o levou em todos os seus serviços e sofrimentos. Note que aqueles a quem Deus unge, ele acompanhará, ele mesmo estará com aqueles a quem ele deu o seu Espírito.

 

III Porque eles não tinham mais informações certas sobre este Jesus, Pedro declara a eles sua ressurreição dentre os mortos, e as provas disso, para que eles não pudessem pensar que quando ele foi morto havia um fim para ele. Provavelmente, eles ouviram em Cesaréia algumas conversas sobre ele ter ressuscitado dos mortos, mas a conversa foi logo silenciada por aquela vil sugestão dos judeus, que seus discípulos vieram à noite e o levaram embora. E, portanto, Pedro insiste nisso como o principal apoio da palavra que prega a paz por Jesus Cristo. 1. O poder pelo qual ele surgiu é incontestavelmente divino ( Atos 10:40 Atos 10:40 ): Ele, Deus, levantou o terceiro dia,Êxodo 24:11que não apenas refutou todas as calúnias e acusações que foi submetido aos homens, mas efetivamente provou a aceitação de Deus da satisfação que ele fez pelo pecado do homem pelo sangue de sua cruz. Ele não quebrou a prisão, mas teve uma alta legal. Deus o levantou. 2. As provas de sua ressurreição eram incontestavelmente claras para que Deus o mostrasse abertamente. Deu-lhe para se manifeste - edoken auton emphane genesthai, para ser visível, evidentemente, de modo que ele aparece, como que aparece além contradição de ser ele, e não outra. Foi uma demonstração dele como sendo uma demonstração da verdade de sua ressurreição. Ele não mostrou publicamente (não estava aberto neste sentido), mas evidentemente não para todas as pessoas,que foram as testemunhas de sua morte. Ao resistir a todas as evidências que ele lhes dera de sua missão divina em seus milagres, eles perderam o favor de serem testemunhas oculares dessa grande prova disso. Aqueles que imediatamente forjaram e promoveram a mentira do fato de ele ter sido roubado foram justamente entregues a fortes ilusões para acreditar, e não foram deixados de lado por serem mostrados a todo o povo e tanto maior será a bem-aventurança daqueles que não viram, e ainda creram - Nec ille se em vulgus edixit, ne impii errore, liberarentur ut et fides non præmio mediocri destinato dificate constaret - Ele não se mostrou ao povo em geral, para que o ímpio entre eles deveria ter sido imediatamente solto de seu erro, e essa fé, cuja recompensa é tão ampla, poderia ser exercida com um grau de dificuldade. --Tertul Apol. boné. 11. Mas, embora todas as pessoas não o vissem, um número suficiente o viu para atestar a verdade de sua ressurreição. O testador está declarando que sua última vontade e testamento não precisam ser antes de todo o povo, basta que seja feito diante de um número competente de testemunhas confiáveis, de modo que a ressurreição de Cristo foi provada perante suficientes testemunhas. (1) Eles não eram tão por acaso, mas eles eramescolhidos antes de Deus para serem testemunhas disto, e, para isto, tiveram a educação deles / delas debaixo do Deus Jesus, e íntimo converse com ele, que, tendo o conhecido tão intimamente antes, eles poderiam ser melhor assegurado que era ele. (2) Eles não tiveram uma visão súbita e transitória dele, mas uma grande quantidade de conversa livre com ele: Eles comeram e beberam com ele depois que ele ressuscitou dos mortos.Isto implica que eles o viram comer e beber, testemunhar o jantar com ele no mar de Tiberíades, e os dois discípulos jantando com ele em Emaús e isto provou que ele tinha um corpo verdadeiro e real. Mas isso não foi tudo o que o viram sem qualquer terror ou consternação, o que poderia torná-los testemunhas incompetentes, pois o via com tanta frequência, e ele conversava com eles com tanta familiaridade que comiam e bebiam com ele. É trazido como uma prova da visão clara que os nobres de Israel tinham da glória de Deus ( Êxodo 24:11 ), que eles viram a Deus, e comeram e beberam.

 

  1. Ele conclui com uma inferência de tudo isso, que, portanto, o que todos eles deveriam fazer era crer nesse Jesus: ele foi enviado para dizer a Cornélio o que ele deve fazer, e é isso que sua oração e sua esmola estavam muito bem, mas uma coisa ele não tinha, ele deve acreditar em Cristo. Observar,

 

  1. Por que ele deve acreditar nele. A fé tem referência a um testemunho, e a fé cristã é edificada sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, e é construída sobre o testemunho dado por eles. (1) pelos apóstolos. Pedro, como capataz, fala pelo descanso, que Deus os ordenou e deu a eles autoridade para pregar ao povo e testemunhara respeito de Cristo, para que seu testemunho não fosse somente crível, mas autêntico, e naquilo em que nos podemos arriscar. Seu testemunho é o testemunho de Deus e são suas testemunhas do mundo. Eles não só dizem isso como notícia, mas testemunham como uma questão de registro, pela qual os homens devem ser julgados. (2.) pelos profetas do Antigo Testamento, cujo testemunho de antemão, não só a respeito dos seus sofrimentos, mas sobre o projeto ea intenção deles, muito corrobora o testemunho dos apóstolos que lhes dizem respeito ( Atos 10:43Atos 10:43 ): Para ele dar todos os profetas testemunham. Temos razões para pensar que Cornélio e seus amigos não eram estranhos aos escritos dos profetas. Fora da boca dessas duas nuvens de testemunhas, exatamente concordando,esta palavra é estabelecida.

 

  1. O que eles devem acreditar sobre ele. (1) Que todos nós somos responsáveis ​​perante Cristo como nosso juiz, os apóstolos foram ordenados a testificar ao mundo, que este Jesus é ordenado por Deus para ser o Juiz dos vivos e mortos, Atos 10:42 Atos 10:42 . Ele tem poderes para prescrever os termos da salvação, que regra pela qual devemos ser julgados, para dar leis tanto para vivos e os mortos, tanto para judeus e gentios e ele é nomeado para determinar a condição eterna de todos os filhos dos homens no grande dia daqueles que forem achados vivos e dos que ressuscitarem dos mortos. Ele nos assegurou isso, em que ele o ressuscitou dentre os mortos ( Atos 17:31Atos 17:31 Atos 10:43), de modo que é a grande preocupação de cada um de nós, na crença disso, buscar seu favor e torná-lo nosso amigo. (2) Que, se crermos nele, todos seremos justificados por ele como nossa justiça, Atos 10:43 . Os profetas, quando falaram da morte de Cristo, testemunharam isto, que pelo seu nome, por ele, e por causa do seu mérito, todo aquele que nele crê, judeu ou gentio, receberá a remissão de pecados.Essa é a grande coisa de que precisamos, sem a qual estamos desfeitos, e que a consciência convicta é mais inquisitiva depois, que os judeus carnais prometeram a si mesmos de seus sacrifícios e purificações cerimoniais, sim, e os pagãos também de suas expiações, mas todos em vã é para ser tido somente pelo nome de Cristo, e somente por aqueles que acreditam em seu nome e aqueles que fazem isto podem estar seguros de que seus pecados serão perdoados, e não haverá nenhuma condenação para eles. E a remissão dos pecados estabelece um fundamento para todos os outros favores e bênçãos, tirando isso do caminho que os impede. Se o pecado for perdoado, tudo ficará bem e terminará eternamente bem.

 

Versos 44-48

O efeito do sermão de Pedro.

44Enquanto Pedro ainda falou estas palavras, o Espírito Santo desceu sobre todos os que ouviam a palavra. 45 E os da circuncisão, que criam, maravilharam-se de todos os que vieram com Pedro, porquanto sobre os gentios também se derramou o dom do Espírito Santo. 46 porque os ouviram falar em línguas e magnificar a Deus. Então, respondeu Pedro: 47 Pode alguém proibir a água de que estes não sejam batizados, que receberam o Espírito Santo tão bem como nós? 48 E mandou que fossem batizados em nome do Senhor. Então orou para que ele demorasse certos dias.

 

Temos aqui a questão e o efeito do sermão de Pedro a Cornélio e seus amigos. Ele não trabalhou em vão entre eles, mas todos foram trazidos para casa para Cristo. Aqui temos,

 

  1. Deus é dono da palavra de Pedro, conferindo o Espírito Santo aos seus ouvintes, e imediatamente após a sua audiência ( Atos 10:44 Atos 10:44 ): Enquanto Pedro ainda estava falando estas palavras, e talvez projetado para dizer mais, ele estava feliz substituído por indicações visíveis de que o Espírito Santo, mesmo em seus dons e poderes milagrosos, caiu sobre todos aqueles que ouviram a palavra, assim como ele fez nos apóstolos no início, assim diz Pedro, Atos 11:15 . Portanto, alguns pensam que foi com um vento impetuoso, e em línguas divididas, como foi. Observe, 1. Quando o Espírito Santo desceu sobre eles - enquanto Pedro estava pregando. Assim, Deus deu testemunho do que ele disse e acompanhou-o com um poder divino. Assim foram osAtos 11:15 2 Coríntios 12:12 Atos 10:46 Atos 2:11 Atos 10:45sinais de um apóstolo operado entre eles, 2 Coríntios 12:12 . Embora Pedro não pudesse dar o Espírito Santo, ainda que o Espírito Santo fosse dado junto com a palavra de Pedro, por isto parecia que ele foi enviado por Deus. O Espírito Santo caiu sobre os outros depois que eles foram batizados, para confirmação deles, mas sobre esses gentios antes de serem batizados: como Abraão foi justificado pela fé, estando ainda em incircuncisão, para mostrar que Deus não está preso a um método, nem se limita a sinais externos. O Espírito Santo desceu sobre aqueles que não foram circuncidados nem batizados, porque é o Espírito que vivifica, a carne não aproveita nada. 2. Como parecia que o Espírito Santo havia caído sobre eles ( Atos 10:46 ): Eles falaram em línguasque eles nunca aprenderam, talvez o hebraico, a língua sagrada como os pregadores foram capacitados a falar as línguas vulgares, para que eles pudessem comunicar a doutrina de Cristo aos ouvintes, então, provavelmente, os ouvintes foram imediatamente ensinados a língua sagrada, que eles pode examinar as provas que os pregadores produziram do Antigo Testamento no original. Ou a sua capacidade de falar em línguas insinuou que todos eles foram designados para ministros, e por essa primeira descida do Espírito sobre eles, estavam qualificados para pregar o evangelho a outros, o que eles fizeram, mas agora receberam a si mesmos. Mas, observe, quando eles falaram em línguas, eles magnificaram a Deus,eles falavam de Cristo e os benefícios da redenção, que Pedro havia pregado para a glória de Deus. Assim, aqueles sobre quem o Espírito Santo primeiro desceu, Atos 2:11 . Note, qualquer que seja o dom que estamos dotados, devemos honrar a Deus com isso, e particularmente o dom de falar, e todas as melhorias do mesmo. 3. Que impressão isso causou nos judeus crentes que estavam presentes ( Atos 10:45 ): Os da circuncisão que creram ficaram espantados - aqueles seis que vieram junto com Pedro os surpreenderam excessivamente, e talvez lhes causaram algum desconforto, porque sobre os gentios também foi derramado o dom do Espírito Santo,que eles achavam que tinha sido apropriado para sua própria nação. Se eles tivessem entendido as escrituras do Antigo Testamento, que apontavam para isto, não teria sido um espanto para eles, mas por nossas noções errôneas de coisas criamos dificuldades para nós mesmos nos métodos da providência e graça divinas.

 

  1. Pedro é dono da obra de Deus em batizar aqueles em quem o Espírito Santo caiu. Observe, 1. Embora tivessem recebido o Espírito Santo, ainda assim era necessário que eles fossem batizados, embora Deus não esteja preso às ordenanças instituídas, nós somos, e nenhum dom extraordinário nos coloca acima deles, mas, ao contrário, nos obrigam a tanto a nos conformarmos. para eles. Alguns em nossos dias teriam argumentado: "Estes são batizados com o Espírito Santo e, portanto, o que é necessário que eles sejam batizados com água? É abaixo deles." Não, não está abaixo deles, enquanto o batismo na água é uma ordenança de Cristo e a porta da admissão na igreja visível e um selo da nova aliança. 2. Embora fossem gentios, ainda assim, tendo recebido o Espírito Santo, eles poderiam ser admitidos no batismo ( Atos 10:47 Atos 10:47): Pode algum homem, embora um judeu tão rígido, proibir a água, que estes não devem ser batizados, que receberam o Espírito Santo tão bem quanto nós? O argumento é conclusivo podemos negar o sinal àqueles que receberam a coisa significada? Não são aqueles a quem Deus concedeu a graça da aliança claramente intitulada aos selos da aliança? Certamente, aqueles que receberam o Espírito, assim como nós devemos receber o batismo, assim como nós, por isso, nos fazem seguir as indicações de Deus e levá-los em comunhão conosco, a quem ele levou em comunhão consigo mesmo. Deus prometeu derramar o seu Espírito sobre a semente dos fiéis, sobre a sua descendência e quem então pode proibir a água, para que não sejam batizados, que tenham Atos 10:48 1 Coríntios 1:15recebeu a promessa do Espírito Santo assim como nós? Agora parece porque o Espírito foi dado a eles antes de serem batizados - porque de outra forma Pedro não poderia ter se convencido a batizá-los, mais do que ter pregado a eles, se ele não tivesse sido ordenado a fazê-lo por uma visão pelo menos ele não poderia ter evitado a censura daqueles da circuncisão que acreditava. Assim, há um passo incomum da graça divina, tomada após a outra, para trazer os gentios para a igreja. Quão bem é para nós que a graça de um bom Deus é muito mais extensa do que a caridade de alguns bons homens! 3. Pedro não os batizou ele mesmo, mas ordenou que fossem batizados, Atos 10:48. É provável que alguns dos irmãos que vieram com ele o fizessem por sua ordem, e que ele o recusou pela mesma razão que Paulo fez - para que os que foram batizados por ele não pensassem o melhor de si para isso, ou ele deveria ter batizado em seu próprio nome, 1 Coríntios 1:15 . Os apóstolos receberam a comissão para ir e discipular todas as nações pelo batismo. Mas foi para a oração e o ministério da palavra que eles deveriam dar a si mesmos. E Paulo diz que ele foi enviado, não para batizar, mas para pregar,que foi o trabalho mais nobre e excelente. O negócio de batizar era, portanto, ordinariamente devolvido aos ministros inferiores, estes agiam pelas ordens dos apóstolos, os quais poderiam, portanto, ser ditos fazê-lo. O que um homem faz por outro, ele pode ser dito por si mesmo.

 

III Eles possuíam tanto a palavra de Pedro como a obra de Deus em seu desejo de mais vantagem pelo ministério de Pedro: eles oraram para que ele permanecesse certos dias. Eles não podiam pressioná-lo a residir constantemente entre eles - eles sabiam que ele tinha trabalho para fazer em outros lugares, e que no momento ele era esperado em Jerusalém, mas não estavam dispostos a ir embora imediatamente, mas sinceramente implorou que ele fosse embora. fica por algum tempo entre eles, para que possam ser mais instruídos por ele nas coisas concernentes ao reino de Deus. Note, 1. Aqueles que têm alguma familiaridade com Cristo não podem deixar de cobiçar mais. 2. Mesmo aqueles que receberam o Espírito Santo devem ver sua necessidade do ministério da palavra.

  WWW.MAURICIOBERWALD.COMUNIDADES.NET