Translate this Page

Rating: 2.6/5 (268 votos)




ONLINE
5




Partilhe esta Página



 <!-- Go to www.addthis.com/dashboard to customize your tools -->
<script type="text/javascript" src="//s7.addthis.com/js/300/addthis_widget.js#pubid=ra-57f3fb36829d1888"></script>

 

 

  contadores de visitas 

 

Flag Counter


A MENTIRA DE ANA E SAFIRA SUBSIDIO
A MENTIRA DE ANA E SAFIRA SUBSIDIO

MAURICIO BERWALD PROFESSOR  SUBSIDIO PARA AS AULAS DOS PROFESSORES LIÇÃO ADULTOS

Comentário  Matthew Henry

A MENTIRA DE ANA E SAFIRA

Comentário Matthew Henry

Atos 5

 Introdução

Neste capítulo temos, I. O pecado e castigo de Ananias e Safira, que, por mentirem ao Espírito Santo, foram mortos pela palavra de Pedro, Atos 5: 1-11 . II. O estado florescente da igreja, no poder que acompanhava a pregação do evangelho, Atos 5: 12-16 . III A prisão dos apóstolos e sua libertação milagrosa da prisão, com novas ordens de pregar o evangelho, o que eles fizeram, para a grande irritação de seus perseguidores, Atos 5: 17-26 . IV. Sua acusação perante o grande sinédrio e sua justificação de si mesmos no que fizeram, Atos 5: 27-33. V. O conselho de Gamaliel a respeito deles, para que eles não os perseguissem, mas os deixassem sozinhos, e vejam o que viria disso, e sua concordância, no presente, com este conselho, na dissensão dos apóstolos com não mais do que um flagelo, Atos 5: 34-40 . VI. O alegre progresso dos apóstolos em seu trabalho, apesar da proibição que lhes foi imposta e da indignidade que os fizeram, Atos 5: 41,42 .

 

Versos 1-11

O caso de Ananias e Safira.

1Mas certo homem, chamado Ananias, com sua esposa Safira, vendeu uma possessão, 2E reteve parte do preço, sua esposa também estava a par disso, e trouxe uma certa parte, e depositou - a aos pés dos apóstolos. 3 Mas Pedro disse: Ananias, por que Satanás encheu o teu coração para mentir ao Espírito Santo e reter parte do preço da terra? 4Quando permaneceu, não foi teu? e depois que foi vendido, não foi em teu poder? Por que concebeste isso no teu coração? tu não mentiste aos homens, mas a Deus. 5 E Ananias, ouvindo estas palavras, caiu e entregou o espírito; e grande temor veio sobre todos os que ouviram estas coisas. 6 E os jovens se levantaram, feriram-no e levaramele fora e enterrou -o. 7 E chegou o espaço de três horas depois, quando sua esposa, não sabendo o que foi feito, entrou. 8 E Pedro lhe respondeu: Dize-me se vendestes a terra por tanto? E ela disse: Sim, para tanto. 9 Perguntou-lhe Pedro: Por que é que juntos concordastes em tentar o Espírito do Senhor? eis que os pés dos que sepultaram a teu marido estão à porta e te levam para fora. 10 ela caiu logo a seus pés, e expirou, e os moços, acharam-na morta e, levando -a para fora, sepultaram -la por seu marido. 11 E grande temor apoderou-se de toda a igreja e de todos quantos ouviram estas coisas.

 

O capítulo começa com uma melancolia , mas que põe um fim à perspectiva agradável e agradável das coisas que tínhamos nos capítulos precedentes como todo homem, de modo que toda igreja, em seu melhor estado, tem o seu mas. 1. Os discípulos eram muito santos, e celestiais, e pareciam ser todos extremamente bons, mas havia hipócritas entre eles, cujos corações não estavam certos aos olhos de Deus, que, quando foram batizados, e tomaram sobre si a forma de piedade, negou o poder da piedade,e parou com isso. Há uma mistura de mal com bom nas melhores sociedades deste lado, o joio crescerá entre o trigo até a colheita. 2. Foi o louvor dos discípulos que eles chegaram à perfeição que Cristo recomendou ao jovem rico - eles venderam o que tinham, e deram aos pobres, mas mesmo isso provou ser um manto e uma capa de hipocrisia que foi pensada a maior prova e evidência de sinceridade. 3. Os sinais e maravilhas que os apóstolos fizeram até agora foram milagres de misericórdia, mas agora vem em um milagre de julgamento, e aqui está um exemplo de severidade seguindo os exemplos de bondade, para que Deus seja amado e temido. Observe aqui

 

  1. O pecado de Ananias e Safira sua esposa. É bom ver marido e mulher unirem-se naquilo que é bom, mas ser confederado no mal é ser como Adão e Eva, quando concordaram em comer o fruto proibido e foram um em sua desobediência. Agora seu pecado era: 1. Que eles eram ambiciosos de serem considerados discípulos eminentes, e de primeira ordem, quando na verdade não eram verdadeiros discípulos, passariam por algumas das árvores mais frutíferas da vinha de Cristo, quando na verdade a raiz do assunto não foi encontrado neles. Eles venderam uma possessão, e trouxeram o dinheiro (como Barnabé) aos pés dos apóstolos,para que eles não parecessem estar por trás do próprio chefe dos crentes, mas poderiam ser aplaudidos e clamados, e ficarem tão mais justos quanto a preferência na igreja, o que talvez eles pensassem que em breve brilhasse em pompa e grandeza secular. Note-se que é possível que os hipócritas possam negar-se em uma coisa, mas, em seguida, é para servir a si mesmos em outra, eles podem renunciar à sua vantagem secular em uma instância, com a perspectiva de encontrar sua conta em outra coisa. Ananias e Safira levariam sobre eles uma profissão de cristianismo e farão um espetáculo justo em carne e osso.com isso, e assim zombaria de Deus, e enganar os outros, quando eles sabiam que não poderiam passar com a profissão cristã. Era louvável, e até agora estava certo, naquele jovem rico, que ele não fingiria seguir a Cristo, quando, se chegasse a um beliscão, ele sabia que não poderia chegar a seus termos, mas foi embora triste. Ananias e Safira fingiram que podiam chegar aos termos, para que pudessem ter o crédito de ser discípulos, quando na verdade não podiam, e assim eram um descrédito para o discipulado. Note-se que, muitas vezes, é uma consequência fatal para as pessoas irem mais longe na profissão do que seu princípio interior admitirá. 2. Que eles eram cobiçosos da riqueza do mundo, e desconfiados de Deus e sua providência: Eles venderam suas terras,e talvez, então, em uma pontada de zelo, não tenha planejado senão dedicar todo o dinheiro da compra a usos piedosos, e fez um voto, ou pelo menos concebeu um propósito completo, para fazê-lo, mas, quando o dinheiro foi recebido seu coração lhes falhou, e eles retiveram parte do preço, ( Atos 5: 2 Atos 5: 2), porque eles amavam o dinheiro, e achavam que era demais separar-se de uma só vez, e confiar nas mãos dos apóstolos, e porque não sabiam, mas talvez eles mesmos o quisessem, embora todas as coisas fossem comuns. não demorará tanto, e o que eles devem fazer em um momento de necessidade, se não deixarem nada para levar? Eles não podiam aceitar a palavra de Deus de que deviam ser providos, mas pensaram que iriam desempenhar um papel mais sábio do que o restante, e se preparariam para um dia chuvoso. Assim, eles pensaram em servir Deus e Mamom - Deus, trazendo parte do dinheiro aos pés dos apóstolos, e Mamom, mantendo a outra parte em seus próprios bolsos, como se não houvesse uma completa suficiência em Deus para fazer. o todo para eles, exceto que eles mantiveram alguns em suas próprias mãos por meio de dinheiro de cautela. Oséias 10: 2eles foram encontrados com defeito, Oséias 10: 2 . Eles pararam entre dois se tivessem sido mundanos em ritmo acelerado, não teriam vendido sua posse e, se tivessem sido cristãos minuciosos, não teriam detido parte do preço. 3. Que eles pensaram em enganar os apóstolos, e fazê-los acreditar que eles trouxeram todo o dinheiro da compra, quando na verdade era apenas uma parte. Eles vieram com uma garantia tão boa, e tão grande demonstração de piedade e devoção, como qualquer um deles, e depositaram o dinheiro aos pés dos apóstolos, como se fosse tudo. Eles dissimulavam com Deus e seu Espírito, com Cristo e sua igreja e ministros, e esse era o pecado deles.

 

  1. A acusação de Ananias, que provou sua condenação e execução por este pecado. Quando ele trouxe o dinheiro, e esperava ser elogiado e encorajado, como os outros, Pedro levou-o para a tarefa sobre ele, Ele, sem qualquer inquérito ou análise de testemunhas sobre isso, cobra peremptoriamente com o crime, e agrava-lo, e coloca uma carga sobre ele para ele, mostrando a ele em sua própria cor, Atos 5: 3,4Atos 5: 3 , 4. O Espírito de Deus em Pedro não só descobriu o fato sem qualquer informação (quando talvez nenhum homem no mundo soubesse, mas o homem e sua esposa), mas também discerniu o princípio da infidelidade reinante no coração de Ananias, que estava em o fundo dele, e, portanto, procedeu contra ele tão de repente. Se tivesse sido um pecado de enfermidade, Pedro, por surpresa de uma tentação, teria levado Ananias para o lado e o teria pedido para ir para casa e buscar o restante do dinheiro, e arrepender-se de sua loucura na tentativa de colocar esse truque sobre eles. mas ele sabia que seu coração estava totalmente disposto a fazer esse mal e , portanto, não lhe permitia espaço para se arrepender. Ele aqui mostrou a ele

 

  1. A origem de seu pecado: Satanás encheu seu coração, ele não apenas sugeriu isso a ele, e colocou em sua cabeça, mas apressou-o com resolução para fazê-lo. Tudo o que é contrário ao bom Espírito procede do espírito maligno, e esses corações são preenchidos por Satanás em que o mundanismo reina e tem o ascendente. Alguns acham que Ananias foi um dos que receberam o Espírito Santo, e foi preenchido com seus dons, mas, tendo provocado o Espírito para se retirar dele, agora Satanás encheu seu coração quando, quando o Espírito do Senhor partiu de Saul, um espírito maligno de Deus o perturbou. Satanás é um espírito mentiroso que ele era assim na boca dos profetas de Acabe, e assim ele estava na boca de Ananias, e por isto fez parecer que ele enchia seu coração.

 

  1. O pecado em si: Ele mentiu ao Espírito Santo um pecado de natureza tão hedionda que ele não poderia ter sido culpado se Satanás não tivesse enchido seu coração.

 

(1.) A frase que tornamos mentir para o Espírito Santo, pseusasthai se ao pneuma para hagion , alguns lêem, para desmentir o Espírito Santo,que pode ser tomado de duas maneiras: [1.] Que ele desmentiu o Espírito Santo em si mesmo, assim como o Dr. Lightfoot, e supõe que Ananias não era um crente comum, mas um ministro, e que recebeu o dom do Santo. Fantasma com os cento e vinte (para menção é feita dele imediatamente após Barnabé) ainda assim ele se opõe assim, por dissimular, desmentir e envergonhar esse presente. Ou então Aqueles que venderam suas propriedades, e colocaram o dinheiro aos pés dos apóstolos, fizeram-no pelo impulso especial do Espírito Santo, capacitando-os a fazer um ato tão grande e generoso e Ananias fingiu que ele foi movido pelo Espírito Santo para fazer o que ele fez, como os outros foram, enquanto parecia por sua baixeza que ele não estava sob a influência do bom Espírito em tudo, se tivesse sido seu trabalho, teria sido perfeito. [2. ] Que ele desmentiu o Espírito Santo nos apóstolos, a quem ele trouxe o dinheiro, ele deturpou o Espírito que eles foram acionados por, ou por uma suspeita de que eles não iriam distribuir fielmente o que lhes foi confiado (que era uma sugestão básica, como se eles eram falsos à confiança depositada neles), ou por uma garantia de que não poderiam descobrir a fraude. Ele desmentia o Espírito Santo quando, pelo que ele fazia, ele pensava que aqueles que são dotados dos dons do Espírito Santo poderiam ser facilmente impostos como outros homens como Geazi, a quem seu mestre condenou por seu erro com aquela palavra, como se fossem falsas para a confiança depositada neles), ou por uma garantia de que não poderiam descobrir a fraude. Ele desmentia o Espírito Santo quando, pelo que ele fazia, ele pensava que aqueles que são dotados dos dons do Espírito Santo poderiam ser facilmente impostos como outros homens como Geazi, a quem seu mestre condenou por seu erro com aquela palavra, como se fossem falsas para a confiança depositada neles), ou por uma garantia de que não poderiam descobrir a fraude. Ele desmentia o Espírito Santo quando, pelo que ele fazia, ele pensava que aqueles que são dotados dos dons do Espírito Santo poderiam ser facilmente impostos como outros homens como Geazi, a quem seu mestre condenou por seu erro com aquela palavra,Não foi meu coração contigo? 2 Reis 5:26 2 Reis 5:26 . É incumbido da casa de Israel e Judá, quando, como Ananias aqui, eles trataram muito traiçoeiramente, que desmentiram o Senhor, dizendo: Não é ele, Jeremias 5: 11,12 . Assim Ananias pensava que os apóstolos eram totalmente como ele, e isso estava desnudando o Espírito Santo neles, como se ele não estivesse neles um discernidor de espíritos, enquanto eles tinham todos os dons do Espírito neles, que para os outros eram divididos separadamente. Veja 1 Coríntios 12: 8-11Jeremias 5:11 , 12 1 Coríntios 12: 8-11 . Aqueles que pretendem uma inspiração do Espírito, impondo à igreja suas próprias fantasias, seja em opinião ou prática - que dizem que são movidos de cima quando são carregados por seu orgulho, cobiça ou afetação de domínio, desmentem o Espírito Santo.

 

(2.) Mas nós lê-lo, mentir ao Espírito Santo, que a leitura é tolerada por Atos 5: 4 Atos 5: 4 , Não mentiste aos homens, mas a Deus.Provérbios 25:14 Atos 5: 4 [1] Ananias disse uma mentira, uma mentira deliberada, e com o propósito de enganar ele disse a Pedro que ele tinha vendido uma posse (casa ou terras) e este era o dinheiro da compra. Talvez ele tenha se expressado em palavras que eram capazes de um duplo sentido, usou alguns equívocos sobre isso, o que ele pensou que poderia aliviar um pouco o assunto, e salvá-lo da culpa de uma mentira descarada: ou talvez ele não dissesse nada, mas era tudo um, ele fez como o resto fez que trouxe o preço inteiro, e seria pensado para fazê-lo, e esperava o elogio que aqueles que o fizeram, e o mesmo privilégio e acesso ao estoque comum que tinham e, portanto, era um Protesto implícito que ele trouxe todo o preço, como eles fizeram e isso era uma mentira, pois ele reteve parte. Note que muitos são levados a grandes mentiras por orgulho reinante, e afetação do aplauso dos homens, particularmente nas obras de caridade para com os pobres. Que, portanto, não podemos ser encontrados gabando-nos de um falso presente dado a nós, ou dado por nós (Provérbios 25:14 ), não devemos nos orgulhar nem mesmo de uma verdadeira dádiva, que é o significado da cautela do nosso Salvador nas obras de caridade, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua mão direita. Aqueles que se orgulham de boas obras que nunca fizeram, ou prometem boas obras que nunca fazem, ou fazem as boas obras que fazem mais ou melhor do que realmente são, estão sob a culpa da mentira de Ananias, o que preocupa a todos a temer o pensamento do. [2] Ele contou esta mentira ao Espírito Santo. Não foi tanto para os apóstolos quanto para o Espírito Santo neles que o dinheiro foi trazido, e foi dito o que foi dito: Atos 5: 4 , Tu não mentiste aos homens (não somente aos homens, não aos homens principalmente , embora os apóstolos sejam apenas homens),mas tu mentiste para Deus. Por isso, é justamente inferido que o Espírito Santo é Deus, pois aquele que pertence ao Espírito Santo está com Deus. "Aqueles que mentiram para os apóstolos, agindo e agindo pelo Espírito de Deus, mentem a Deus, porque os apóstolos agiram pelo poder e autoridade de Deus, de onde segue (como Dr. Whitby bem observa) que o poder e a autoridade do Espírito deve ser o poder e autoridade de Deus ". E, como ele ainda argumenta, "Ananias é dito mentir a Deus, porque ele mentiu para esse Espírito nos apóstolos, que lhes permitiu discernir os segredos dos corações e ações dos homens, que sendo propriedade exclusiva de Deus, aquele que mente ele deve, portanto, mentir para Deus, porque ele mente para aquele que tem a propriedade incomunicável de Deus e, conseqüentemente, a essência divina ".

 

  1. Os agravos do pecado ( Atos 5: 4 Atos 5: 4 ): Enquanto permaneceu, não foi o teu próprio? E, depois que foi vendido, não foi em teu poder? O que pode ser entendido de duas maneiras: - (1.) "Tu não estavas tentado a reter parte do preço2 Coríntios 9: 7 Filemom 1:14antes de ser vendido, era teu, e não hipotecado nem onerado, nem de qualquer forma comprometido com dívidas e, quando foi vendido, estava em seu próprio poder dispor do dinheiro em seu prazer, para que tu também pudesse ter trazido o todo. como uma parte. Tu não tens dívidas para pagar, talvez nenhum filho para prover para que tu não estais sob a influência de qualquer incentivo particular para manter parte do preço. Tu és um transgressor sem causa. "Ou, (2)" Não tendes necessidade de vender a tua terra, nem de trazer o dinheiro aos pés dos apóstolos. Tu poderias ter guardado o dinheiro, se tu agradasses, e a terra também, e nunca ter fingido este pedaço de perfeição. "Esta regra da caridade que o apóstolo dá, que as pessoas não sejam pressionadas, e que não seja impelido a partir de necessidade,2 Coríntios 9: 7 ), e Filemom deve fazer um bom trabalho, não como se fosse necessário, mas de bom grado, Filemom 1:14 . Como é melhor não prometer do que prometer e não pagar, então é melhor que ele não tenha vendido a terra de modo algum a manter parte do preço para não ter fingido fazer o bom trabalho fazer pelas metades. " Quando foi vendido, estava em teu poder, mas não foi assim quando foi prometido: tu tinha aberto a tua boca ao Senhor e não podias voltar atrás." Assim, ao entregar nossos corações a Deus, não somos admitidos para dividi-los. Satanás, como a mãe cujo filho não era, tomaria com a metade, mas Deus teria tudo ou nenhum.

 

  1. Toda essa culpa, assim agravada, é cobrada sobre ele: Por que concebeste isso no teu coração? Observe, Embora Satanás tenha preenchido seu coração para fazê-lo, ainda assim é dito que ele concebeu isso em seu próprio coração, o que mostra que não podemos extenuar nossos pecados colocando a culpa deles no diabo que ele tenta, mas ele não pode forçá-lo de nossas próprias luxúrias que somos atraídos e atraídos. A coisa má, seja o que for dito ou feito, o pecador concebeu isto em seu próprio coração e, portanto, se você desprezar, só você o suportará. O fechamento da acusação é muito alto, mas muito justo: Tu não mentiste aos homens, mas a Deus. Que ênfase o profeta coloca sobre o de Acaz,não somente cansando os homens, mas também cansando o meu Deus! Isaías 7:13 Isaías 07:13 . E Moisés sobre a Israel, as tuas murmurações não são contra nós, mas contra o Senhor! Êxodo 16: 8 . Então, aqui, Tu poderás ter imposto sobre nós, que são homens como você mesmo, mas não seja enganado, Deus não é zombado. Se pensarmos em colocar uma fraude em Deus, provaremos no final ter colocado uma fraude fatal em nossas próprias almas.Êxodo 16: 8

 

III A morte e o enterro de Ananias, Atos 5: 5,6 .Atos 5: 5 e 6

 

  1. Ele morreu no local: Ananias, ouvindo estas palavras, ficou sem fala, no mesmo sentido em que ele foi acusado de invadir a festa de casamento sem uma roupa de casamento: ele não tinha nada a dizer por si mesmo, mas isso não era tudo Ele ficou impressionado com uma testemunha, porque foi morto: Ele caiu e desistiu do fantasma. Não parece que Pedro planejou e esperou que isso se seguisse ao que ele disse a ele que é provável que o tenha feito, pois para Safira sua esposa, Pedro, falou em particular a morte, Atos 5: 9 Atos 5: 9 . Alguns pensam que um anjo o feriu, que ele morreu, como Herodes, Atos 12:23At 12:23. Ou, sua própria consciência o feriu com tal horror e assombro com a sensação de sua culpa, que ele afundou e morreu sob a carga dele. E talvez, quando ele foi condenado por mentir para o Espírito Santo, ele se lembrou da imperdoabilidade da blasfêmia contra o Espírito Santo, que o atingiu como um punhal no coração. Veja o poder da palavra de Deus na boca dos apóstolos. Como era para alguns um sabor de vida para a vida, assim era para os outros um sabor de morte até a morte.Como existem aqueles a quem o evangelho justifica, há também aqueles a quem condena. Essa punição de Ananias pode parecer grave, mas temos certeza de que foi justo. (1) Ele foi projetado para manter a honra do Espírito Santo como agora ultimamente derramado sobre os apóstolos, a fim de estabelecer o reino do evangelho. Foi uma grande afronta que Ananias colocou sobre o Espírito Santo, como se ele pudesse ser imposto: e tinha uma tendência direta a invalidar o testemunho dos apóstolos, se eles não pudessem pelo Espírito descobrir essa fraude, como eles poderiam este Espírito descobre as coisas profundas de Deus, que elas deveriam revelar aos filhos dos homens? Portanto, era necessário que o crédito dos dons e poderes dos apóstolos fosse apoiado, embora fosse por essa despesa. (2) Ele foi projetado para dissuadir os outros das presunções semelhantes, agora no começo desta dispensação. Simão Magus depois não foi assim punido, nem Elymas, mas Ananias foi um exemplo agora a princípio, que, com as provas sensatas dadas que coisa confortável é receber o Espírito, pode haver também provas sensíveis, dado que coisa perigosa é. é resistir ao Espírito e fazer apesar dele. Quão severamente foi a adoração do bezerro de ouro punida, e a coleta de gravetos no dia de sábado, quando as leis do segundo e quarto mandamentos foram agora novamente dadas! Assim foi a oferta de fogo estranho por Nadabe e Abiú, e o motim de Coré e sua companhia, quando o fogo do céu foi agora dado de novo, e a autoridade de Moisés e Arão agora recém-estabelecida. O fazer disto pelo ministério de Pedro,

 

  1. Ele foi sepultado imediatamente, pois esta era a maneira dos judeus ( Atos 5: 6Atos 5: 6 ): Os jovens, que é provável que foram nomeados para esse ofício na igreja de enterrar os mortos, como entre os romanos os libitinarii e Polinctores ou os jovens que atenderam os apóstolos, e esperaram neles, eles acabaram com o corpo morto em roupas de sepultura, o levaram para fora da cidade, e o enterraram decentemente, embora ele morresse em pecado, e por um golpe imediato de vingança divina.

 

  1. O acordo com Safira, a esposa de Ananias, que talvez tenha sido a primeira na transgressão, e tentou seu marido a comer este fruto proibido. Ela entrou no lugar onde estavam os apóstolos, que, como deveria parecer, era o alpendre de Salomão, pois lá os encontramos ( Atos 5:12 Atos 5:12 ), uma parte do templo onde Cristo costumava andar, João 10:23João 10:23 . Ela chegou cerca de três horas depois, esperando compartilhar os agradecimentos da casa por ela ter vindo, e consentindo com a venda da terra, da qual talvez ela tivesse direito a seu dote ou terços porque ela não sabia o que havia sido feito. .Era estranho que ninguém corresse para contar a ela sobre a morte repentina de seu marido, que ela poderia ficar longe de alguém, e ela não estava em casa e, assim, quando ela veio se apresentar diante dos apóstolos, como um benfeitor do fundo ela encontrou uma brecha em vez de uma bênção.

 

  1. Ela foi considerada culpada por compartilhar com o marido em seu pecado, por uma pergunta que Pedro lhe fez ( Atos 5: 8Atos 5: 8 ): Diga-me se você vendeu a terra por tanto? nomeando a soma que Ananias trouxera e punha aos pés dos apóstolos. "Isso foi tudo o que você recebeu pela venda da terra, e você não tinha mais para isso?" "Não", diz ela, "não tínhamos mais, mas foi tudo o que recebemos". Ananias e sua esposa concordaram em contar a mesma história, e a barganha era privada e, por consentimento mantido para si mesmos, ninguém poderia contestá-los e, portanto, achavam que poderiam estar em segurança na mentira e mereceriam crédito por isso. É triste ver aquelas relações que deveriam estimular umas às outras àquilo que é bom endurecer-se mutuamente naquilo que é mau.

 

  1. Sentença foi passada sobre ela, que ela deveria participar na desgraça do seu marido, Atos 5: 9Atos 5: 9 .

 

(1) Seu pecado está aberto: Como vocês concordaram em tentar o Espírito do Senhor? Antes que ele passe a sentença, ele a faz conhecer suas abominações e mostra-lhe o mal de seu pecado. Observe, [1] Que eles tentaram o Espírito do Senhor quando Israel tentou Deus no deserto, quando eles disseram: É o Senhor entre nós, ou ele não é? depois de terem visto tantas provas miraculosas do seu poder e não apenas a sua presença, mas a sua presidência, quando eles disseram: Deus pode providenciar uma mesa? Então aqui, "O Espírito nos apóstolos pode descobrir essa fraude? Eles podem discernir que isso é apenas uma parte do preço, quando dizemos a eles que é o todo?" Ele pode julgar através desta nuvem escura? Jó 22:13Jó 22:13. Eles viram que os apóstolos tinham o dom de línguas, mas tinham o dom de discernir espíritos? Aqueles que presumem que a segurança e a impunidade no pecado tentam o Espírito de Deus, tentam a Deus como se ele fosse totalmente semelhante a eles. [2] Que eles concordaram em fazer isso, fazendo com que o vínculo de sua relação um com o outro (que pela instituição divina é um laço sagrado) se tornasse um laço de iniqüidade. É difícil dizer qual é o pior entre companheiros de jugo e outras relações - uma discórdia em boa ou concórdia no mal. Parece dizer que o fato de concordarem em fazer isso era mais uma tentação do Espírito, como se, quando eles se empenhassem em manter o conselho uns dos outros nessa questão, até mesmo o próprio Espírito do Senhor não pudesse descobri-los. Assim cavaram fundo para esconder seu conselho do Senhor,mas foram feitos para saber que é em vão. "Como é que você está assim apaixonado? Que estranha estupidez tomou você, que você se arriscaria a julgar aquilo que é uma disputa passada? Como é que você, que é batizado como cristão, não se entende melhor?" você corre tanto risco? "

 

(2). Seu destino é lido: " Eis que os pés daqueles que enterraram seu marido estão à porta (talvez ele os tenha ouvido chegar, ou soubessem que não poderiam demorar); e eles o levarão para fora." Quando Adão e Eva, que concordaram em comer o fruto proibido, foram retirados do paraíso, Ananias e Safira, que concordaram em tentar o Espírito do Senhor, foram expulsos do mundo.

 

  1. A sentença se executou. Não precisava de carrasco, um poder assassinato foi junto com a palavra de Pedro, como às vezes um poder de cura fez para o Deus em cujo nome ele falou mortes e torna viva e fora de sua boca (e Peter era agora sua boca) tanto mal e bom proceder ( Atos 5:10Atos 5:10 ): Então ela caiu diretamente a seus pés.Alguns pecadores com quem Deus trabalha rapidamente, enquanto outros suportam muito com a diferença, sem dúvida, existem boas razões, mas ele não é responsável por nós por elas. Ela não ouviu até agora que seu marido estava morto, a notícia de que, com a descoberta de seu pecado, e a sentença de morte passou sobre ela, a atingiu como um raio e a levou embora como num redemoinho. E muitos casos existem de mortes súbitas que não devem ser encaradas como a punição de algum pecado grosseiro, como este. Não devemos pensar que todos os que morrem repentinamente são pecadores acima dos outros, talvez seja a favor deles, que tenham uma passagem rápida: no entanto, é de advertir a todos que estejam sempre prontos. Mas aqui está claro que estava em julgamento. Alguns colocam a questão relativa ao estado eterno de Ananias e Safira,o espírito pode ser salvo no dia do Senhor Jesus. E eu deveria ir com aquela opinião caridosa se houvesse algum espaço para eles se arrependerem, como havia para o incestuoso coríntio. Mas coisas secretas não pertencem a nós. Diz-se: Ela caiu aos pés de Pedro ali, onde ela deveria ter colocado todo o preço e não o fez, ela mesma foi colocada, como para compensar a deficiência. Os jovens que cuidaram dos funerais que a encontraram a encontraram morta e não é dita. Eles a feriram, como fizeram com Ananias, mas, Eles a carregaram como estava, e a enterraram junto ao marido.e provavelmente uma inscrição foi colocada sobre seus túmulos, insinuando que eles eram monumentos conjuntos da ira divina contra aqueles que mentem ao Espírito Santo. Alguns perguntam se os apóstolos mantiveram o dinheiro que trouxeram e sobre o que eles mentiram? Eu sou capaz de pensar que eles não tinham a superstição daqueles que disseram: Não é lícito para nós colocá-lo no tesouro: para o puro todas as coisas são puras. O que eles trouxeram não foi poluído para aqueles a quem eles trouxeram, mas o que eles guardavam estava poluído para aqueles que o guardavam de volta. Uso foi feito dos incensários dos amotinados de Coré.

 

  1. A impressão que isso causou nas pessoas. Observe-se isso no meio da história ( Atos 5: 5 Atos 5: 5 ): Grande temor veio sobre todos que ouviram essas coisas, que ouviram o que Pedro disse e viram o que se seguiu ou sobre todos os que ouviram a história disso, dúvida, foi toda a conversa da cidade. E novamente ( Atos 5:11 ), Grande temor veio sobre toda a igreja, e sobre tantos quantos ouviram estas coisas.Atos 5:11 1 Samuel 6:20 1. Aqueles que se juntaram à igreja ficaram assim impressionados com Deus e seus julgamentos, e com uma maior veneração por esta dispensação do Espírito que eles estavam agora sob. Não era úmido nem checava a santa alegria deles, mas os ensinava a ser sérios e a se alegrar de tremor. Todos os que colocaram seu dinheiro aos pés dos apóstolos depois disso tiveram medo de reter qualquer parte do preço. 2. Todos os que ouviram foram colocados em uma consternação por isso, e estavam prontos para dizer: Quem é capaz de estar diante deste santo Senhor Deus e seu Espírito nos apóstolos? Como 1 Samuel 6:20 .

 

Versículos 12-16

O progresso do evangelho.

12 E pelas mãos dos apóstolos havia muitos sinais e prodígios forjados entre o povo (e todos eles estavam de comum acordo no pórtico de Salomão. 13 E dos outros, nenhum homem se juntou a eles; mas o povo os engrandeceu. 14 E os crentes eram mais adicionado ao Senhor em grande número tanto de homens e mulheres.) 15 tal modo que levaram os enfermos para as ruas, e os -los em leitos e macas, para que ao menos a sombra de Pedro passasse, cobrisse alguns deles. 16 Há também veio uma multidão fora das cidades em redor de Jerusalém, levando doentes e os que eram atormentados por espíritos imundos, e eles foram todos curados.

 

Temos aqui um relato do progresso do evangelho, apesar desse terrível julgamento infligido a dois hipócritas.

 

  1. Aqui está um relato geral dos milagres que os apóstolos fizeram ( Atos 5:12Atos 5:12 ): Pelas mãos dos apóstolos foram feitos muitos sinais e prodígios entre o povo,muitos milagres de misericórdia para um de julgamento. Agora o poder do evangelho retornou ao seu canal apropriado, que é o da misericórdia e graça. Deus tinha saído do seu lugar para punir, mas agora retorna ao seu lugar, ao seu propiciatório novamente. Os milagres que eles realizaram provaram sua missão divina. Não eram poucos, mas muitos, de vários tipos e muitas vezes repetidos, eram sinais e prodígios, maravilhas que eram confessadamente sinais de uma presença e poder divinos. Eles não foram feitos em um canto, mas entre o povo, que tinham a liberdade de investigá-los, e, se houvesse alguma fraude ou conluio neles, teriam descoberto isso.

 

  1. Aqui nos dizem quais foram os efeitos desses milagres que os apóstolos fizeram.

 

  1. A igreja foi mantida unida e confirmada em sua adesão tanto aos apóstolos quanto uns aos outros: Eles da igreja estavam todos de comum acordo no pórtico de Salomão. (1) Eles se encontraram no templo, no lugar aberto que se chamava varanda de Salomão. Era estranho que os governantes do templo lhes permitissem manter sua reunião lá. Mas Deus inclinou seus corações para tolerá-los por algum tempo, pois a disseminação mais conveniente do evangelho e aqueles que permitiam compradores e vendedores não podiam, por vergonha, proibir tais pregadores e curandeiros lá. Todos eles se encontraram na adoração pública tão cedo foi a instituição de assembléias religiosas observadas na igreja, que não devem de forma alguma ser abandonadas ou deixadas cair, pois nelas é mantida uma profissão de religião. (2) Eles estavam lá unânimes em sua doutrina, adoração e disciplina e não havia descontentamento nem murmuração sobre a morte de Ananias e Safira,Você matou o povo do Senhor, Números 16:41Números 16:41 . A separação dos hipócritas, distinguindo os juízos, deve fazer com que os sinceros se unam tanto mais uns aos outros e ao ministério evangélico.

 

  1. Ganhou os apóstolos, que eram os primeiros ministros no reino de Cristo, muito grande respeito. (1) Os outros ministros mantiveram distância: Do resto de sua companhia, nenhum homem se uniu a eles, como iguais ou associados a eles, embora outros deles fossem dotados do Espírito Santo, e falassem em línguas, ainda assim. nenhum deles nessa época fez tais sinais e maravilhas como os apóstolos fizeram; e, portanto, eles reconheceram sua superioridade e em tudo lhes rendeu. (2) Todas as pessoas as ampliaram,e os tinha em grande veneração, falava deles com respeito e os representava como os favoritos do Céu e bênçãos indescritíveis a esta terra. Embora os principais sacerdotes os difamassem e fizessem tudo o que podiam para torná-los desprezíveis, isso não impediu que o povo os magnificasse, que viam a coisa sob uma luz verdadeira. Observe, Os apóstolos estavam longe de se engrandecerem e transmitiram a glória de tudo o que fizeram com muito cuidado e fidelidade a Cristo, e ainda assim o povo ampliou-os, pois aqueles que se humilharem serão exaltados e aqueles honrados que somente honrarem a Deus.

 

  1. A igreja aumentou em número ( Atos 5:14Atos 5:14 ): Os crentes eram os mais acrescentados ao Senhor, e sem dúvida se juntaram à igreja, quando viram que Deus estava em uma verdade, mesmo multidões de homens e mulheres.Eles estavam tão longe de serem dissuadidos pelo exemplo que foi feito de Ananias e Safira que foram convidados por uma sociedade que mantinha uma disciplina tão rígida. Observe, (1). Os crentes são acrescentados ao Senhor Jesus, unidos a ele, e assim unidos ao seu corpo místico, do qual nada pode nos separar e nos separar, mas aquilo que nos separa e nos separa de Cristo. Muitos foram trazidos ao Senhor, e ainda há espaço para outros serem adicionados a ele, somados ao número daqueles que estão unidos a ele e acréscimos ainda estarão sendo feitos até que o mistério de Deus seja concluído, e o número dos eleitos realizados. (2) Observe-se a conversão de mulheres e homensmais aviso do que geralmente era na igreja judaica, na qual eles não recebiam o sinal da circuncisão nem eram obrigados a comparecer às festas solenes e a corte das mulheres era uma das cortes exteriores do templo. Mas, como entre aqueles que seguiram a Cristo enquanto ele estava na terra, também entre aqueles que acreditaram nele depois que ele foi para o céu, grande foi notado das boas mulheres.

 

  1. Os apóstolos tiveram abundância de pacientes e ganharam fama de reputação para si e para sua doutrina pela cura de todos eles, At 5: 15,16 . Tantos sinais e maravilhas foram feitos pelos apóstolos que todo tipo de pessoas colocou em benefício deles, tanto na cidade como no campo, e o tiveram. (1) Na cidade: Eles trouxeram seus doentes para as ruas, pois é provável que os sacerdotes não os permitissem levá-los ao templo ao pórtico de Salomão, e os apóstolos não tinham tempo para ir às casas deles. todos. E eles os colocaram em camas e sofás (porque eles eram tão fracos que não podiam nem ficar de pé),Atos 5:15 e 16 Atos 19:12que pelo menos a sombra de Pedro, passando, poderia ofuscar alguns deles, embora não pudesse alcançá-los todos e, deveria parecer, tinha o efeito desejado, como o toque da mulher da bainha das vestes de Cristo e em isto, entre outras coisas, aquela palavra de Cristo foi cumprida, As obras maiores que estas farão você. Deus expressa seu cuidado com o seu povo, por ele ser a sombra deles à sua direita e as influências benignas de Cristo como um rei são comparadas à sombra de uma grande rocha.Pedro se interpõe entre eles e o sol, e assim os cura, corta-os de uma dependência da suficiência da criatura como insuficiente, para que eles possam esperar ajuda somente daquele Espírito de graça com quem foi preenchido. E, se tais milagres foram feitos pela sombra de Pedro, nós temos razão para pensar que eles eram assim pelos outros apóstolos, como pelos lenços do corpo de Paulo ( Atos 19:12 ), sem dúvida ambos estando com uma intenção real nas mentes de Paulo. Assim, os apóstolos curam-se, de modo que é absurdo inferir daí uma virtude de cura nas relíquias dos santos mortos e desaparecidos que não lemos de nenhum curado pelas relíquias do próprio Cristo, depois que ele se foi, como certamente deveríamos se houvesse tinha sido qualquer coisa assim. (2.) Nas cidades do campo: Multidões vieram a Jerusalém deas cidades circunvizinhas, trazendo enfermos que estavam aflitos de corpo, e os que estavam atormentados com espíritos imundos, que eram perturbados em mente, e eles foram curados, cada um deles corpos destemperados e mentes destemperadas foram postas em ordem. Assim, foi dada oportunidade aos apóstolos, tanto para convencer os julgamentos das pessoas por esses milagres da origem celestial da doutrina que pregavam, como também para engajar as afeições das pessoas tanto a eles como a ela, dando-lhes um espécime de sua tendência benéfica ao bem-estar. deste mundo inferior.

 

Versículos 17 a 25

Os Apóstolos Aprisionados Os Apóstolos Libertados por um Anjo O Desapontamento do Conselho.

17 Então levantou-se o sumo sacerdote e todos os que estavam com ele (isto é, a seita dos saduceus), e encheram-se de indignação, 18 e impuseram as mãos sobre os apóstolos, e os puseram na prisão comum. 19 Mas o anjo do Senhor abriu de noite as portas da prisão, e as tirou, e disse: 20 Vai, fica e fala no templo ao povo todas as palavras desta vida. 21E quando eles ouviram isso,eles entraram no templo de manhã cedo e ensinaram. Chegando, porém, o sumo sacerdote e os que estavam com ele, convocaram o conselho e todo o Senado dos filhos de Israel, e enviaram ao cárcere para os trazerem. 22Mas quando os oficiais chegaram, e não os encontraram na prisão, voltaram e disseram: 23Então, a prisão verdadeiramente achou que nós calávamos com toda a segurança, e os guardas parados diante das portas: mas quando abrimos, não achamos homem dentro. 24 Ora, quando o sumo sacerdote, o capitão do templo e os principais sacerdotes ouviram estas coisas, duvidaram deles sobre o que iria acontecer. 25 Então chegou um deles e disse-lhes, dizendo: Eis que os homens que puseste em prisão estão no templo e ensinam o povo.

 

Nunca houve um bom trabalho com qualquer esperança de sucesso, mas encontrou oposição que aqueles que são inclinados a fazer o mal não podem ser reconciliados com aqueles que fazem o seu negócio para fazer o bem. Satanás, o destruidor da humanidade, sempre foi, e será, um adversário para aqueles que são os benfeitores da humanidade e teria sido estranho se os apóstolos tivessem continuado assim ensinando e curando e não tivessem feito nenhum controle. Nestes versos temos a malícia do inferno e a graça do céu lutando por eles, aquele que os afasta desta boa obra, o outro para animá-los,

 

  1. Os sacerdotes ficaram enfurecidos com eles e os encerram na prisão, Atos 5: 17,18 . Observe, 1. Quem eram seus inimigos e perseguidores. O sumo sacerdote era o líder, Anás ou Caifás, que viam sua riqueza e dignidade, seu poder e tirania, isto é, tudo em jogo, e inevitavelmente perdido, se a doutrina espiritual e celestial de Cristo se mantivesse e prevalecesse entre os cristãos. as pessoas. Aqueles que eram mais avançados para se juntar ao sumo sacerdote aqui eram a seita dos saduceus,Atos 5:17 , 18 Atos 5:18 Atos 4:21que tinha uma inimizade especial com o evangelho de Cristo, porque confirmou e estabeleceu a doutrina do mundo invisível, a ressurreição dos mortos e o estado futuro, que eles negaram. Não é estranho que homens de nenhuma religião sejam intolerantes em sua oposição à religião verdadeira e pura. 2. Como eles foram afetados por eles, afetados e exasperados até o último grau. Quando eles ouviram e viram o que os apóstolos tinham em abundância, e quão consideráveis ​​eles eram, eles se levantaram em uma paixão, como homens que não podiam mais suportá-lo, e estavam decididos a fazer a cabeça contra ele, enchendo-se de indignação. nos apóstolos por pregar a doutrina de Cristo, e curar os enfermos, - pelo povo por ouvi-los, e trazer os enfermos para eles serem curados, - e em si mesmos e em seu próprio grupo por sofrerem este assunto, longe, e não bater na cabeça em primeiro lugar. Assim são os inimigos de Cristo e seu evangelho um tormento para si mesmos. Inveja mata o bobo. 3. Como eles procederam contra eles ( Atos 5:18 ): Eles colocaram as mãos sobre eles, talvez suas próprias mãos (tão baixas fizeram sua malícia inclinar), ou melhor, as mãos de seus oficiais, e colocá-los em a prisão comum,entre os piores dos malfeitores. Por este meio eles projetaram, (1.) Para colocar uma restrição sobre eles, embora eles não poderiam colocar qualquer coisa criminosa ao seu cargo digno de morte ou de obrigações, mas enquanto eles tinham na prisão eles os impediam de continuar em seu trabalho, e isso eles consideraram um bom ponto ganho. Assim cedo eram os embaixadores de Cristo em obrigações. (2) Para colocar um terror sobre eles, e assim expulsá-los de seu trabalho. A última vez que os tiveram diante deles, eles apenas os ameaçaram ( Atos 4:21).mas agora, achando que isso não aconteceu, eles os aprisionaram, para fazê-los temer deles. (3) Para colocar uma desgraça sobre eles, e por isso eles escolheram os aplaudir na prisão comum, que, sendo assim difamados, o povo não poderia, como eles haviam feito, magnificá-los. Satanás tem continuado seu desígnio contra o evangelho muito fazendo com que os pregadores e professores dele pareçam desprezíveis.

 

  1. Deus enviou seu anjo para libertá-los da prisão e renovar sua comissão para pregar o evangelho. Os poderes das trevas lutam contra eles, mas o Pai das luzes luta por eles e envia um anjo de luz para defender sua causa. O Senhor nunca abandonará suas testemunhas, seus defensores, mas certamente se manterá ao lado deles e os sustentará.

 

  1. Os apóstolos são liberados, legalmente dispensados, da sua prisão ( Atos 5:19 Atos 5:19 ): O anjo do Senhor durante a noite, apesar de todas as fechaduras e barras que estavam sobre eles, abriu as portas da prisão, e, apesar de de toda a vigilância e resolução dos guardas que ficaram diante das portas, trouxeram os prisioneiros (veja Atos 5:23 ), deram-lhes autoridade para sair sem crime e os conduziram por toda a oposição. Esta libertação não é tão particularmente relacionada como a de Pedro ( Atos 12: 7Atos 5:23 Atos 12: 7, & c.) mas o milagre aqui foi o mesmo. Note, Não há uma prisão tão escura, tão forte, mas Deus pode tanto visitar seu povo nela, e, se ele quiser, trazê-la para fora dela. Esta descarga dos apóstolos fora da prisão por um anjo era uma semelhança da ressurreição de Cristo, e sua descarga da prisão da sepultura, e ajudaria a confirmar a pregação dos apóstolos.

 

  1. Eles são acusados, e legalmente acusados, de continuar com o seu trabalho, de modo a ser dispensado da proibição que o sumo sacerdote os colocou sob o anjo lhes ordenou: Vá, fique em pé e fale no templo para o povo. todas as palavras desta vida, Atos 5:20 Atos 5:20 . Quando eles foram miraculosamente colocados em liberdade, eles não devem pensar que eles poderiam salvar suas vidas fazendo sua fuga das mãos de seus inimigos. Não era para que eles pudessem continuar seu trabalho com tanto mais ousadia. As recuperações de doenças, libertações de problemas, nos são concedidas e devem ser consideradas por nós como concedidas, não para que possamos desfrutar do conforto de nossa vida, mas para que Deus seja honrado com os serviços de nossa vida. Viva a minha alma, e te louvaráSalmo 119: 175 Salmo 143: 7 Isaías 38:22 Atos 11:14 Salmo 119: 175 . Tira a minha alma da prisão (como os apóstolos aqui), para que eu possa louvar o teu nome, Salmos 143: 7 . Veja Isaías 38:22 . Agora, nesta acusação dada a eles, observe: (1) Onde eles devem pregar: Fale no templo.Alguém poderia pensar, embora eles não pudessem deixar o seu trabalho, mas tinha sido prudente continuar com ele em um lugar mais privado, onde daria menos ofensa aos sacerdotes do que no templo, e assim menos os expunham. Não "Fale no templo, pois este é o lugar do ajuntamento, esta é a casa do seu Pai, e não é para ser ainda completamente desolado". Não é para os pregadores do evangelho de Cristo se retirarem em esquinas, contanto que eles tenham qualquer oportunidade de pregar na grande congregação. (2.) Para quem eles devem pregar: " Fale com o povonão aos príncipes e governantes, pois eles não darão ouvidos, mas ao povo que está disposto e desejoso de ser ensinado, e cujas almas são tão preciosas para Cristo, e devem ser assim para você, como as almas dos maiores. Fale com o povo, para todos em geral, para todos estão preocupados ". (3) Como eles devem pregar: Vá, fique em pé e fale, o que intima, não somente eles devem falar publicamente, levantar e falar, que todos possam ouça, mas que eles devem falar ousada e resolutamente: Levante-se e fale que é: "Fale como aqueles que decidem suportar isso, viver e morrer por ele." (4) O que eles devem falar: Todas as palavras deste vida, esta vidaque você tem falado entre vocês, referindo-se talvez às conferências sobre o céu que eles tinham entre si para o seu próprio e um do outro encorajamento na prisão: "Vá e pregue o mesmo para o mundo, para que outros possam ser consolados com o mesmo confortos com os quais vocês mesmos são consolados por Deus ". Ou, "desta vida que os saduceus negam e, portanto, perseguem você pregar isso, embora saibam que é nisso que eles têm indignação". Ou "desta vida enfaticamente esta vida celestial e divina, em comparação com a qual a presente vida terrena não merece o nome". Ou " estas palavras da vida,o mesmo que você tem pregado, estas palavras que o Espírito Santo coloca em sua boca. ”Note, As palavras do evangelho são as palavras da vida, palavras vivificantes, são espírito, e são palavras de vida pelas quais podemos ser salvos - é o mesmo com isso aqui, Atos 11:14 O evangelho é a palavra desta vida, pois nos assegura os privilégios de nosso caminho, bem como os de nosso lar, e as promessas da vida que agora é tão bem como daquilo que está por vir, e mesmo a vida espiritual e eterna é trazida tanto para a luz no evangelho que eles podem ser chamados desta vida, pois a palavra está perto de ti.Nota, O evangelho é relativo a assuntos de vida e morte, e ministros devem pregá-lo e as pessoas o ouvirão de acordo.todas as palavras desta vida, e não esconder qualquer por medo de ofender, ou na esperança de se insinuar com seus governantes. As testemunhas de Cristo juraram falar toda a verdade.

 

III Eles continuaram com seu trabalho ( Atos 5:21 Atos 5:21 ): Quando ouviram isso, quando ouviram que era a vontade de Deus que continuassem a pregar no templo, voltaram para o pórtico de Salomão, Atos 5:12 . 1. Foi uma grande satisfação para eles terem estes novos pedidos. Talvez tenham começado a questionar se, se tivessem liberdade, deveriam pregar publicamente no templo como haviam feito, porque lhes foi dito, quando foram perseguidos em uma cidade, fugir para outra.Atos 5:12 Mas, agora que o anjo ordenou que eles fossem pregar no templo, o caminho deles era plano, e eles se aventuraram sem dificuldade, entraram no templo e não temeram a face do homem. Note, se pudermos ficar satisfeitos com nosso dever, nosso negócio é nos mantermos próximos disso, e então podemos alegremente confiar em Deus com nossa segurança. (2) Eles se colocam imediatamente para executá-los, sem contestação ou demora. Eles entraram nos templos no início da manhã(assim que os portões foram abertos e as pessoas começaram a se reunir lá), e lhes ensinou o evangelho do reino: e não temeram o que o homem poderia fazer a eles. O caso aqui foi extraordinário: todo o tesouro do evangelho está alojado em suas mãos, se eles estão em silêncio, agora as fontes estão fechadas, e todo o trabalho cai por terra e é feito cessar, o que não é o caso dos ministros ordinários. , que, portanto, não são, por este exemplo, obrigados a atirar-se à boca do perigo e, no entanto, quando Deus dá a oportunidade de fazer o bem, embora estejamos sob a restrição e o terror dos poderes humanos, devemos aventurar-nos longe, .

 

  1. O sumo sacerdote e seu partido prosseguiram com a acusação, Atos 5:21Atos 5:21 . Eles, supondo que tivessem os apóstolos com certeza, convocaram o conselho em conjunto, um grande e extraordinário conselho, pois convocaram todo o Senado dos filhos de Israel. Veja aqui,

 

  1. Como eles foram preparados, e quão grande com expectativa, para esmagar o evangelho de Cristo e os pregadores dele, pois eles levantaram todo o bando. A última vez que eles tiveram os apóstolos sob custódia, eles os convocaram somente perante um comitê daqueles que eram da linhagem do sumo sacerdote, que eram obrigados a agir com cautela, mas agora, para que eles pudessem prosseguir e com mais segurança, eles convocaram juntos. , pasan ten gerousian - todos os presbíteros ,isto é (diz o Dr. Lightfoot), todos os três tribunais ou bancos de juízes em Jerusalém, não apenas o grande sinédrio, consistindo de setenta anciãos, mas os outros dois juízes que foram erguidos um no portão da corte externa do templo, o outro no portão interno ou belo, composto de vinte e três juízes cada, de modo que, se houvesse uma aparência completa, havia cento e dezesseis juízes. Assim Deus ordenou que a confusão dos inimigos e o testemunho dos apóstolos contra eles fossem mais públicos, e que aqueles que ouvissem o evangelho não o ouvissem do bar. No entanto, o sumo sacerdote não quis dizer isso, tampouco seu coração pensava assim, mas estava em seu coração mobilizar todas as suas forças contra os apóstolos e, por um consentimento universal, cortá-las de uma só vez.

 

  1. Como eles ficaram desapontados, e tiveram seus rostos cheios de vergonha: Aquele que está no céu ri deles,e também nós podemos ver como a corte é gravemente definida e podemos supor que o sumo sacerdote faça um discurso solene a eles, expondo a ocasião de sua união - que uma facção muito perigosa foi recentemente levantada em Jerusalém, pela pregação da doutrina de Jesus, que era necessária, para a preservação de sua igreja (que nunca estava em tal perigo como agora), rápida e eficazmente reprimir - que agora estava no poder de suas mãos fazer porque ele tinha os líderes da facção agora na prisão comum, para serem processados, se eles concordassem, com a máxima severidade. Um oficial é enviado imediatamente para buscar os prisioneiros no bar. Mas veja como eles estão confusos. (1) Os oficiais vêm e dizem que eles não devem ser encontrados na prisão, Atos 5:22 , 23 Atos 5: 22,23 . Eles foram da última vez quando foram solicitados, Atos 4: 7 Atos 4: 7 . Mas agora eles se foram, e o relatório que os oficiais fazem é: " As portas da prisão verdadeiramente nos encontraram fechadas com toda a segurança " (nada foi feito para enfraquecê-las) " os guardiões não estavam querendo cumprir o seu dever nós os encontramos em pé sem antes das portas, e não sabendo nada ao contrário, mas que os prisioneiros estavam todos seguros: mas quando entramos, não encontramos nenhum homemAtos 5:25 Atos 5:25aí, isto é, nenhum dos homens que foram enviados para buscar. "É provável que eles encontraram os prisioneiros comuns lá. Para que o anjo os buscou, seja por algum caminho atrasado, ou abrindo e fechando a porta de novo ( os guardas dormem o tempo todo), não nos é dito, porém, que eles foram embora, o Senhor sabe, embora não saibamos como livrar os piedosos da tentação, e como soltar os que estão em laços com o nome dele. e ele fará isso, como aqui, quando tiver ocasião para isso. Agora pense o quão confusa a corte pareceu, quando os oficiais retornaram à sua ordem ( Atos 5:25 ): Quando o sumo sacerdote e o capitão do templo e dos principais sacerdotes ouviram estas coisasestavam todos mergulhando e olhavam uns para os outros, duvidando do que deveria ser aquilo. Eles estavam extremamente perplexos, estavam no seu estado de espírito, nunca tendo ficado tão desapontados em todas as suas vidas de qualquer coisa que eles tinham tanta certeza. Isso ocasionou várias especulações, algumas sugerindo que elas foram expulsas da prisão, e fugiram por artes mágicas, outras que os guardiões fizeram truques com elas, sabendo quantos amigos esses prisioneiros tinham, que eram tanto os queridinhos do povo. . Alguns temiam que, tendo feito uma fuga tão maravilhosa, eles seriam os mais seguidos outros que, embora talvez os tivessem assustado de Jerusalém, eles deveriam ouvi-los novamente em alguma parte ou outra do país, onde fariam ainda mais travessura, e seria ainda mais fora do seu poder impedir a propagação da infecção e agora eles começam a temer que, em vez de curar os doentes, eles tenham piorado. Note, aqueles freqüentemente se angustiam e se envergonham que pensam em afligir e constranger a causa de Cristo. (2) Sua dúvida é, em parte, determinada e, no entanto, sua irritação é aumentada por outro mensageiro, que lhes traz a palavra de que seus prisioneiros estão pregando no templo (Atos 5:25 ): " Eis que os homens que você colocou na prisão e mandou para o seu bar agora são difíceis para você aqui, de pé no templo, debaixo do seu nariz e desafiando você, ensinando o povo. "Os presos, que quebraram a prisão, geralmente fogem, por medo de serem retomados, mas esses prisioneiros, que aqui escaparam, ousam mostrar seus rostos mesmo onde seus perseguidores têm a maior influência. Agora isso os confundiu mais do que qualquer coisa. Malfeitores comuns podem ter arte suficiente para quebrar a prisão, mas são incomuns os que têm coragem suficiente para afirmar isso.

 

Versos 26-42

A Apreensão dos Apóstolos O Exame dos Apóstolos O Conselho de Gamaliel.

26 Então o capitão foi com os oficiais, e os trouxe sem violência, porque temeram o povo, para que não fossem apedrejados. 27 Quando os trouxeram, puseram -nos diante do conselho; e o sumo sacerdote perguntou-lhes: 28 Dizendo: Não vos ordinávamos com rigor que não deveis ensinar em nome deste nome? e eis que enchestes Jerusalém de vossa doutrina e pretendes trazer o sangue deste homem sobre nós. 29 Pedro e os outros apóstolos responderam: Devemos obedecer a Deus e não aos homens. 30 O Deus de nossos pais suscitou a Jesus, a quem matastes e pendurastes num madeiro. 31Him Deus exaltou com a mão direita para serPríncipe e Salvador, para dar arrependimento a Israel e perdão dos pecados. 32 E nós somos suas testemunhas destas coisas, e assim também o Espírito Santo, a quem Deus deu àqueles que lhe obedecem. 33Quando ouviram isto, foram cortados ao coração,e tomou conselho para matá-los. 34Então ali, no tabernáculo, um fariseu chamado Gamaliel, doutor da lei, tinha reputação entre todo o povo, e mandou abrir um pouco os apóstolos 35 e disse-lhes: Varões israelitas, olhem para si mesmos o que pretendem fazer ao tocar esses homens. 36 Pois antes destes dias subiu Theudas, gabando-se de ser alguém a quem um número de homens, cerca de quatrocentos, se juntou a eles: quem foi morto e todos os que lhe obedeceram foram dispersos e destruídos. 37 Depois deste homem levantou-se Judas da Galiléia, nos dias da tribulação, e arrastou muitas pessoas após ele; ele também pereceu e todos, mesmoquantos o obedeciam, estavam dispersos. 38 E agora vos digo: Abster-se destes homens, e deixá-los em paz: para se este conselho ou esta obra ser dos homens, vai ser em vão: 39 Mas, se for de Deus, não pode derrubá-lo para que não tenhas ser encontrado até mesmo para lutar contra Deus. 40 E a eles concordaram; e, chamando os apóstolos e espancando- os, mandaram que não falassem em nome de Jesus, e os deixaram ir. 41E partiram da presença do conselho, regozijando-se porque se consideravam dignos de vergonha pelo seu nome. 42E diariamente no templo e em todas as casas, eles cessaram de ensinar e pregar Jesus Cristo.

 

Não nos é dito o que foi que os apóstolos pregaram ao povo, sem dúvida, foi de acordo com a direção do anjo - as palavras desta vida, mas o que se passou entre eles e o conselho que temos aqui um relato em seus sofrimentos apareceu mais poder e energia divinas do que até mesmo em suas pregações. Agora aqui temos,

 

  1. A apreensão dos apóstolos pela segunda vez. Podemos pensar, se Deus projetou isso: "Por que eles foram resgatados de seu primeiro encarceramento?" Mas isso foi projetado para humilhar o orgulho, e verificar a fúria, de seus perseguidores e agora ele mostraria que eles foram dispensados, não porque temiam um julgamento, pois estavam prontos para se render e fazer sua aparição diante do maior de seus perseguidores. inimigos. 1. Eles os trouxeram sem violência, com todo o respeito e ternura que podiam ser: não os puxavam para fora do púlpito, nem os prendiam, nem os arrastavam, mas os abordavam respeitosamente e alguém pensaria que eles tinham razão para fazê-lo. , em reverência ao templo, aquele lugar santo, e por medo dos apóstolos, para que não os ferissem como fizeram a Ananias, ou clamarem fogo do céu sobre eles, como Elias fez, mas tudo o que conteve sua violência foi o medo do povo, que tinha tal veneração pelos apóstolos que teriam apedrejado os oficiais se lhes tivessem oferecido algum abuso. 2. No entanto, eles os trouxeram àqueles que, eles sabiam, eram violentos contra eles, e estavam decididos a fazer cursos violentos com eles (Atos 5:27Atos 5:27 ): Eles os trouxeram, para colocá-los perante o conselho, como delinqüentes. Assim, os poderes que deveriam ter sido um terror para as obras e trabalhadores do mal tornaram-se tão bons.

 

  1. Seu exame. Sendo levado perante esta assembléia augusta, o sumo sacerdote, como a boca do tribunal, disse-lhes o que eles tinham que colocar a seu cargo, Atos 5:28 Atos 5:28 . 1. Que eles haviam desobedecido as ordens de autoridade, e não se submeteriam às injunções e proibições dadas a eles ( Atos 5:28Atos 5:28 ), " Não nós, em virtude de nossa autoridade, estritamente cobrar e comandar você, sob pena de nossa maior desprazer, que você não deve ensinar em nome desse nome?Mas você desobedeceu aos nossos mandamentos e passou a pregar não apenas sem a nossa licença, mas contra a nossa ordem expressa. ”Assim, aqueles que invalidam os mandamentos de Deus são geralmente muito rigorosos em cumprir seus próprios mandamentos e insistem em seus próprios mandamentos. poder: Nós não te mandamos? Sim, eles fizeram, mas não Pedro, ao mesmo tempo dizer-lhes que a autoridade de Deus era superior à deles, e os seus mandamentos devem ter lugar deles? E eles tinham esquecido isso. espalhe doutrinas falsas entre o povo, ou pelo menos uma doutrina singular, que não foi permitida pela igreja judaica, nem concordou com o que foi entregue da cadeira de Moisés. " Você encheu Jerusalém com sua doutrina,e, assim, perturbaram a paz pública e atraíram pessoas do establishment público. "Alguns interpretam isso como uma arrogante palavra desdenhosa:" Esta sua tola e insensata doutrina, da qual não vale a pena ser notada, você fez tanto barulho, que até mesmo Jerusalém, a grande e santa cidade, está cheia disso, e é toda a conversa da cidade. "Eles estão com raiva de que os homens, a quem eles consideram desprezíveis, deveriam se tornar assim consideráveis. 3. Que eles tinha um desígnio malicioso contra o governo, e tinha como objetivo incitar as pessoas contra ele, representando-o como ímpio e tirânico, e como tendo se tornado justamente odioso tanto a Deus quanto ao homem: " Você pretende trazer o sangue deste homem, a culpa disto diante de Deus, a vergonha disso diante dos homens, sobre nós."Assim, eles os acusam não apenas de contusão e desprezo da corte, mas de sedição e facção, e de um complô para colocar o povo contra eles, por ter perseguido até a morte não apenas um homem tão inocente, mas tão bom e tão grande. este Jesus, e também os romanos, por tê-los atraído para ele.Veja aqui como aqueles que com uma grande dose de presunção farão uma coisa má ainda não podem suportar ouvi-la depois, nem tê-la carregada sobre eles. No calor da perseguição eles poderiam chorar ousadamente, " Seu sangue esteja sobre nós e sobre nossos filhos nos deixe levar a culpa para sempre. "Mas agora que eles têm tempo para um pensamento mais fresco eles tomam isto como uma grande afronta para ter seu sangue colocado em sua porta. Assim eles são condenados e condenados por suas próprias consciências, e pavor sob aquela culpa em que não tinham medo de se envolver.

 

III Sua resposta à acusação exposta contra eles: Pedro e os outros apóstolos falaram com o mesmo propósito, quer tenham examinado ou respondido em conjunto, eles falaram como um e o mesmo Espírito lhes concedeu expressão, dependendo da promessa que seu Mestre lhes havia feito, que, quando fossem levados para os conselhos, lhes fosse dado, na mesma hora, o que deveriam falar e coragem para falar.

 

  1. Eles se justificaram em sua desobediência aos mandamentos do grande Sinédrio, por maior que fosse ( Atos 5:29Atos 5:29 ): Devemos obedecer a Deus e não aos homens. Eles não alegam o poder que tinham para operar milagres (isso falava suficientemente para eles e, portanto, humildemente declaram mencioná-los), mas apelam para uma máxima universalmente pertencente, que até mesmo a consciência natural subscreve, e que vem para casa caso. Deus lhes havia ordenado que ensinassem em nome de Cristo e, portanto, deviam fazê-lo, embora os principais sacerdotes os proibissem. Note-se que esses governantes se opõem a Deus e têm muito a responder por quem pune os homens por sua desobediência naquilo que é seu dever para com Deus.

 

  1. Eles se justificaram em fazer o que podiam para encher Jerusalém com a doutrina de Cristo, embora, ao pregá-lo, eles realmente refletissem sobre aqueles que maliciosamente o corriam, e se eles assim trazem seu sangue sobre eles, podem agradecer si mesmos. É acusado como um crime que eles pregaram a Cristo e seu evangelho. "Agora", dizem eles, "diremos a você quem é este Cristo, e qual é o seu evangelho, e então você julga se não devemos pregá-lo, e nós aproveitaremos esta oportunidade para pregar para você, seja você vai ouvir, ou se você vai deixai-o. "

 

(1) Os chefes dos sacerdotes dizem a seus rostos as indignidades que fizeram a Jesus: " Você matou-o e enforcou-o em uma árvore, você não pode negá-lo." Os apóstolos, em vez de darem uma desculpa, ou implorando perdão, por trazerem a culpa do sangue deste homem sobre eles, repetem a acusação, e se levantem a ela: "Foi você quem o matou, foi o seu ato e ação". O fato de as pessoas não estarem dispostas a ouvir falar de seus defeitos não é uma boa razão para que não lhes seja dito fielmente. É uma desculpa comum para não reprovar o pecado que os tempos não suportarão. Mas aqueles cujo ofício é repreender não devem ficar impressionados com isso, os tempos devem suportá-lo e suportá-lo. Chore alto e poupe não chore alto e não tenha medo.

 

(2) Eles também são informados sobre o que as honras de Deus colocam sobre este Jesus, e então os deixam julgar quem estava certo, os perseguidores de sua doutrina ou os pregadores dela. Ele chama Deus o Deus de nossos pais, não somente o nosso, mas o seu, para mostrar que na pregação de Cristo eles não pregavam um novo deus, nem induziam as pessoas a virem e adorar outros deuses não constituíam uma instituição contrária à de Moisés e os profetas, mas eles aderiram ao Deus dos pais judeus e aquele nome de Cristo que eles pregaram responderam as promessas feitas aos pais, e o pacto com que Deus entrou com eles, e os tipos e figuras da lei que ele deu eles. O Deus de Abraão, Isaque e Jacó é oDeus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo vê que honra ele fez a ele. [1] Ele o criou e o qualificou para ele, e o chamou para seu grande empreendimento. Parece se referir à promessa que Deus fez por Moisés, Um profeta que o Senhor teu Deus levantará para você. Deus o levantou da obscuridade e o fez grande. Ou, pode significar que ele o levantou da sepultura: "Você o matou, mas Deus o restaurou à vida, de modo que Deus e você estão contestando manifestamente sobre esse Jesus e com o qual devemos nos aliar?" [2] Ele exaltou-o com a mão direita, hipnose - levantou-o."Você o carregou com desgraça, mas Deus o coroou com honra e não devemos honrar a quem Deus honra?" Deus o exaltou, te dexia autou - com sua mão direita, isto é, pelo seu poder posto adiante, diz-se que Cristo vive pelo poder de Deus. Ou, à sua direita, sentar-se ali, descansar ali, governar ali. "Ele o investiu com a mais alta autoridade e, portanto, devemos ensinar em seu nome, pois Deus lhe deu um nome acima de todo nome " . [3] "Ele o nomeou para ser um príncipe e salvador,e, portanto, devemos pregar em seu nome, e publicar as leis de seu governo como ele é um príncipe, e as ofertas de sua graça como ele é um Salvador. "Observe: Não há Cristo para ser nosso Salvador, a menos que estamos dispostos a levá-lo para o nosso príncipe.Nós não podemos esperar ser redimidos e curados por ele, a menos que desistamos de sermos governados por Ele. Os juízes do passado eram salvadores.A regra de Cristo é para a sua salvação e fé toma um Cristo inteiro, que veio, não para nos salvar em nossos pecados, mas para nos salvar de nossos pecados [4]. Ele é designado, como um príncipe e um salvador, para dar arrependimento a Israel e remissão de pecados.Portanto, eles devem pregar em seu nome ao povo de Israel, pois seus favores foram concebidos primordialmente e principalmente para eles e ninguém que realmente ame seu país poderia ser contra isso. Por que os governantes e os anciãos de Israel se opõem àquele que veio com não menos que uma bênção a Israel do que arrependimento e perdão? Tivesse ele sido exaltado para dar livramento a Israel do jugo romano e domínio sobre as nações vizinhas, os principais sacerdotes o teriam recebido de todo o coração. Mas o arrependimento e a remissão dos pecados são bênçãos que eles não valorizam nem vêem sua necessidade e, portanto, não podem de modo algum admitir sua doutrina. Observe aqui, primeiro,O arrependimento e a remissão caminham juntos onde quer que o arrependimento seja realizado, a remissão é concedida sem falta, e o favor é dado a todos aqueles a quem é dada a qualificação para isso. Por outro lado, nenhuma remissão sem arrependimento ninguém é libertado da culpa e punição do pecado, mas daqueles que são libertos do poder e domínio do pecado, que são desviados dele e se voltam contra ele. Em segundo lugar,É Jesus Cristo que dá e está autorizado a dar arrependimento e remissão. Tudo o que é exigido na aliança do evangelho é prometido. Somos designados para nos arrependermos? Cristo é designado para dar arrependimento, pelo seu Espírito, trabalhando com a palavra, para despertar a consciência, para contrição do pecado e uma mudança efetiva no coração e na vida. O novo coração é o seu trabalho, e o espírito quebrantado é um sacrifício de seu sustento e, quando ele der arrependimento, se ele não der a remissão ele abandonará o trabalho de suas próprias mãos. Veja como é necessário que nos arrependamos e que nos apliquemos a Cristo pela fé, por sua graça de realizar o arrependimento em nós. [5.] Tudo isso é bem atestado, Primeiro,pelos próprios apóstolos, eles estão prontos para testemunhar em juramento, se necessário, que o viram vivo depois de sua ressurreição, e o viram subir ao céu e também experimentaram o poder de sua graça em seus corações, elevando-os àquilo que estava muito acima de suas capacidades naturais: " Somos suas testemunhas, indicadas por ele para publicá- las ao mundo e, se deveríamos ficar em silêncio, como você gostaria que estivéssemos, deveríamos trair uma confiança e sermos falsas para ela". Quando uma causa está tentando, testemunhas, de todos os homens, não devem ser silenciadas, pois a questão da causa depende de seu testemunho. Em segundo lugar, pelo Espírito de Deus: "Somos testemunhas, competentes e cujo testemunho é suficiente diante de qualquer tribunal humano". Mas isto não é tudo:O Espírito Santo é testemunha, uma testemunha do céu, porque Deus deu seus dons e graças aos que obedecem a Cristo. Portanto, devemos pregar neste nome, porque para este fim o Espírito Santo nos é dado, cujas operações não podemos sufocar. Note que a entrega do Espírito Santo aos crentes obedientes, não apenas para levá-los à obediência da fé, mas para torná-los eminentemente úteis, é uma prova muito forte da verdade do cristianismo. Deus deu o Espírito Santo pelo seu Filho e em seu nome ( João 14:26 João 14:26 ), e em resposta à sua oração ( João 14:16 João 14:16 ), ou melhor, foi Cristo que o enviou do Pai ( João 15: 26,16). : 7João 15:26 , 16 : ), e isso prova a glória a qual o Pai o exaltou. A grande obra do Espírito sendo não apenas justificar a Cristo ( 1 Timóteo 3:161 Timóteo 3:16 ), mas glorificá-lo, e todos os seus dons tendo uma tendência direta a exaltar seu nome, provam que sua doutrina é divina, senão não seria continuado assim pelo poder divino. E, finalmente, a doação do Espírito Santo para aqueles que obedecem a Cristo, tanto para sua assistência em sua obediência e como uma presente recompensa por sua obediência, é uma clara evidência de que é a vontade de Deus que Cristo seja obedecido. então, se devemos obedecer a você em oposição a ele ".

 

  1. A impressão que a defesa dos apóstolos deles mesmos fez sobre a corte. Era contrário ao que se poderia esperar de homens que fingiam raciocinar, aprender e santidade. Certamente, esse raciocínio justo não poderia deixar de limpar os prisioneiros e converter os juízes. Não, em vez de cedê-lo, eles se enfureceram e ficaram cheios, 1. Com indignação com o que os apóstolos disseram: Eles foram cortados ao coração, zangados por verem seu próprio pecado colocado em ordem antes deles ficarem loucos para descobrir que o evangelho de Cristo tinha muito a dizer por si mesmo e, consequentemente, era provável que se estabelecesse. Quando um sermão foi pregado ao povo para este propósito, eles foram picados no coração, em remorso e piedosa tristeza, Atos 2:37Atos 2:37 . Estes aqui eramcortou o coração com raiva e indignação. Assim, o mesmo evangelho é para alguns um sabor de vida para a vida, para outros da morte até a morte. Os inimigos do evangelho não apenas privam-se de seus confortos, mas se enchem de terrores e são seus próprios atormentadores. 2. Com malícia contra os próprios apóstolos. Uma vez que eles vêem que eles não podem parar suas bocas de qualquer outra forma que não parem de respirar, eles tomam o conselho de matá-los, esperando que assim eles façam cessar o trabalho. Enquanto os apóstolos prosseguiam no serviço de Cristo, com uma santa segurança e serenidade de espírito, perfeitamente compostos e com um doce prazer de si mesmos, seus perseguidores continuavam em sua oposição a Cristo, com uma constante perplexidade e perturbação mental. e irritação para si mesmos.

 

  1. O grave conselho que Gamaliel, um líder do conselho, deu nesta ocasião, cujo escopo era moderar a fúria desses intolerantes e verificar a violência da promotoria. Este Gamaliel é aqui dito ser fariseu por sua profissão e seita, e por ofício um doutor da lei, um que estudou as escrituras do Antigo Testamento, leu palestras sobre os autores sagrados e treinou os alunos no conhecimento deles. . Paulo foi levantado a seus pés ( Atos 22: 3Atos 22: 3 ), e a tradição diz que assim foram Estêvão e Barnabé. Alguns dizem que ele era o filho daquele Simeão que tomou a Cristo em seus braços, quando foi apresentado no templo, e neto do famoso Hillel. Ele está aqui disse estar na reputação entre todas as pessoaspor sua sabedoria e conduta, parecia, por essa passagem, que ele era um homem moderado e incapaz de entrar com medidas furiosas. Homens de temperamento e caridade são justamente tidos em fama, por checar os incendiários que de outra maneira incitariam o mundo. Agora observe aqui

 

  1. A cautela necessária que ele dá ao conselho, com referência ao caso diante deles: Ele ordenou que os apóstolos dessem um pouco de tempo, que ele pudesse falar o mais livremente, e ser o mais livremente respondido (coube que o os prisioneiros deveriam se retirar quando seu caso seria debatido) e então colocar a casa em mente sobre a importância deste assunto, que em seu calor eles não eram capazes de considerar como deveriam: Vocês, homens de Israel, diz ele, prestam atenção a considere , o que você faz, ou pretende fazer, como tocar esses homens, Atos 5:35 Atos 5:35 . Não é um caso comum e, portanto, não deve ser determinado apressadamente. Ele os chama de homens de Israel,Atos 5:36 Atos 5:37 Lucas 2: 1para reforçar esta cautela: "Vocês são homens, que devem ser governados pela razão, não sejam então como o cavalo e o mula que não têm entendimento que vocês são homens de Israel, que deveriam ser governados por revelação, não sejam então como estranhos e pagãos que não se importam com Deus e com sua palavra, prestem atenção a si mesmos agora que estão zangados com esses homens, para que não se metam em sua própria dor.Note que os perseguidores do povo de Deus tinham melhor aparência para si mesmos, para que não caíssem na cova que cavavam. Precisamos ser cautelosos a quem damos problemas, para que não sejamos encontrados fazendo triste o coração dos justos. Os casos que ele cita, para pavimentar o caminho para a sua opinião.Em dois casos ele dá de homens sediciosos facciosos (como eles teriam os apóstolos pensado para ser), cujas tentativas não deram em nada de si de onde ele infere que se esses homens eram de fato como eles os representavam, a causa afundaria com seu próprio peso, e a Providência os enfatuaria e derrotaria, e então eles não precisariam persegui-los. (1) Havia um Theudas, que fez um poderoso barulho por algum tempo, como alguém enviou. de Deus, gabando-se de ser alguém, algum grande(assim a palavra é), seja um professor ou um príncipe, com uma comissão divina para efetuar alguma grande revolução na igreja ou no estado e ele observa aqui ( Atos 5:36 ) sobre ele, [1.] Até onde ele prevaleceu: " Um número de homens, cerca de quatrocentos ao todo, juntou-se a ele, que não sabia o que fazer com eles mesmos, ou esperava melhorar e eles pareciam então um corpo formidável." [2] Quão logo suas pretensões foram todas frustradas: "Quando ele foi morto " (provavelmente em guerra) "não precisava de mais barulho, todos quantos o obedeciam, estavam espalhados,e derreteu como neve antes do sol. Agora compare esse caso com isso. Você matou Jesus, o líder desta facção que você tirou dele. Agora, se ele era, como você diz que ele era, um impostor e pretendente, sua morte, assim como a de Tudas, será a morte de sua causa e a dispersão final de seus seguidores ". Do que foi que podemos inferir o que Seja como for, a ferida do pastor será a dispersão das ovelhas; e, se o Deus de paz não tivesse trazido dos mortos aquele grande Pastor, a dispersão das ovelhas, na sua morte, tinha sido total e final (2.) O caso foi o mesmo com Judas da Galiléia, Atos 5:37 Observe, [1.] A tentativa que ele fez Dizem que é depois disso, que alguns lêem,além disso, ou, deixe-me mencionar, depois disso, supondo que a insurreição de Judas foi muito antes da de Tudas, pois foi no tempo da tributação, a saber, que no nascimento de nosso Salvador ( Lucas 2: 1 ), e que de Theudas, de quem Josefo fala, que se amotinou, no tempo de Cuspio Fadusmas isso foi nos dias de Claudius Cæ sar, alguns anos depois de Gamaliel ter dito isso e, portanto, não poderia ser o mesmo. Não é fácil determinar, particularmente, quando esses eventos aconteceram, nem se essa tributação era a mesma com a do nascimento de nosso Salvador ou de uma data posterior. Alguns pensam que esse Judas da Galiléia foi o mesmo com Judas Gaulonitas, de quem Josefo fala, outros não. É provável que fossem casos que ultimamente aconteceram e estavam frescos na memória. Este Judas atraiu muitas pessoas depois dele, que deram crédito às suas pretensões. Mas, [2] Aqui está a derrota de sua tentativa, e que sem qualquer interposição do grande Sinédrio, ou qualquer decreto deles contra ele (ele não precisava), ele também pereceu, e todos, até mesmo quantos obedeceram. ele, ou foram persuadidos por ele, foram dispersos. Muitos jogaram fora suas vidas tolamente, e trouxeram outros nas mesmas ciladas, por inveja de suas liberdades, nos dias da tributação, quem melhor deveria ter se contentado, quando a Providência havia determinado, em servir ao rei da Babilônia.

 

  1. Sua opinião sobre o assunto todo.

 

(1.) Que eles não devem perseguir os apóstolos ( Atos 5:38Atos 5:38 ): Agora eu digo a você, ta nyn - para o presente, como o assunto agora está, o meu conselho é: " Abster-se desses homens nem puni-los pelo que eles fizeram, nem os restringem para o futuro, mas, se eles não seguirem o seu curso, não será nossa mão sobre eles."É incerto se ele falou isso fora da política, por medo de ofender tanto o povo ou os romanos e fazer mais danos. Os apóstolos não tentaram nada por força externa. As armas de sua guerra não eram carnais e, portanto, por que alguma força exterior pode ser usada contra eles? Ou, se ele estava sob quaisquer convicções atuais, pelo menos da probabilidade da verdade da doutrina cristã, e achava que merecia melhor tratamento, pelo menos um julgamento justo. a linguagem de um espírito calmo e tranqüilo, que era contra a perseguição por causa da consciência, ou se Deus colocou essa palavra em sua boca além de sua própria intenção, para a libertação dos apóstolos neste momento Temos certeza de que houve uma providência imperativa nisto, que os servos de Cristo não só poderiam sair,mas saia honrado.

 

(2) Que eles devem remeter este assunto à Providência: "Espere o assunto, e veja o que acontecerá. Se for dos homens, não dará em nada a si mesmo se de Deus, permanecerá, apesar de todos os seus poderes e políticas ". Aquilo que aparentemente é perverso e imoral deve ser suprimido, senão o magistrado usa a espada em vão, mas aquilo que tem uma demonstração de bem, e é duvidoso que seja de Deus ou dos homens, é melhor deixá-lo em paz e deixar toma seu destino, não usar qualquer força externa para suprimi-lo. Cristo governa pelo poder da verdade, não da espada. O que Cristo perguntou a respeito do batismo de João: Foi do céu ou dos homens?Era uma pergunta apropriada a ser feita a respeito da doutrina e batismo dos apóstolos, que se seguiu a Cristo, como a de João Batista foi antes dele. Agora eles, tendo possuído, relativo ao primeiro, que eles não podiam dizer se era do céu ou dos homens, não deveriam estar muito confiantes com respeito a este último. Mas, tome como quiser, é uma razão pela qual eles não devem ser perseguidos. [1.] "Se este conselho, e esta obra, esta formação de uma sociedade, e incorporando-a em nome de Jesus, for dos homens, ela não dará em nada. Se for o conselho e o trabalho de um tolo raciocínio homens que não sabem o que fazem, deixá-los sozinhos por algum tempo, e ficarão sem fôlego, e sua loucura se manifestará diante de todos os homens,e eles se tornarão ridículos. Se for o conselho e o trabalho da política e o design dos homens, que sob a cor da religião estão estabelecendo um interesse secular, deixe-os sozinhos por um momento, e eles jogarão fora a máscara, e sua escravidão será manifesta para todos os homens, e eles tornar-se-ão odiosos A providência nunca a tolerará. Ele não dará em nada em pouco tempo e, se assim for, a sua perseguição e oposição é muito desnecessária, não há motivo para se dar tantos problemas, e trazer tal ódio a si mesmos, para matar aquilo que, se você der a ele um pouco de tempo, morrerá de si mesmo. O uso desnecessário do poder é um abuso dele. Mas, "[2.]" Se isto provasse (e como homens sábios como você tem se enganado) que este conselho e esta obra é de Deus,que esses pregadores têm suas comissões e instruções dele, que eles são verdadeiramente seus mensageiros para o mundo como os profetas do Antigo Testamento foram, então o que você acha de persegui-los, desta tentativa de vocês ( Atos 5:33Atos 5:33 ) de matá-los? Você deve concluir que seja, " Primeiro " , uma tentativa infrutífera contra eles: Se for de Deus, você não pode derrubá-lo, pois não há sabedoria nem conselho contra o Senhor. Aquele que está no céu ri de você."Pode ser o conforto de todos que estão sinceramente do lado de Deus, que têm um único olho em sua vontade como regra e sua glória como seu fim, que tudo o que é de Deus não pode ser totalmente e finalmente derrubado, embora possa ser muito opõe-se vigorosamente a que pode ser atropelado, mas não pode ser executado para baixo. Em segundo lugar, "uma tentativa perigosa para si mesmos. Ore, deixe-o sozinho, para que você não seja encontrado até mesmo para lutar contra Deus e eu não preciso lhe dizer quem sairá do pior nessa disputa. " Ai daquele que luta com o seu Criadorpois ele não só será superado como um inimigo impotente, mas severamente considerado como um rebelde e traidor contra seu legítimo príncipe. Aqueles que odeiam e abusam do povo fiel de Deus, que restringem e silenciam seus fiéis ministros, lutam contra Deus, pois ele toma o que é feito contra eles como feito contra si mesmo. Quem os toca, toca a menina dos seus olhos.Bem, este foi o conselho de Gamaliel: desejamos que fosse devidamente considerado por aqueles que perseguem por causa da consciência, pois foi um bom pensamento, e bastante natural, embora não tenhamos certeza do que o homem era. A tradição dos escritores judeus é que, por tudo isso, ele viveu e morreu um inimigo inveterado de Cristo e seu evangelho e embora (pelo menos agora) ele não fosse por perseguir os seguidores de Cristo, ainda assim ele era o homem que compôs aquilo. oração que os judeus usam até hoje para a extirpação dos cristãos e do cristianismo. Pelo contrário, a tradição dos papistas é que ele se tornou cristão, e se tornou um eminente patrono do cristianismo e um seguidor de Paulo, que antes se sentava a seus pés. Se assim fosse, é muito provável que tenhamos ouvido falar dele em algum lugar nos Atos ouEpístolas

 

  1. A determinação do conselho sobre todo o assunto, Atos 5:40 Atos 5:40 . 1. Até agora, eles concordaram com Gamaliel que eles deixam cair o projeto de colocar os apóstolos à morte. Eles viram uma grande quantidade de razões em que Gamaliel disse, e, por enquanto, deu um pouco de controle para sua fúria, e um lembrete de sua ira foi contido por ela. 2. No entanto, eles não podiam deixar de dar vazão à sua ira (tão ultrajante) contrária às convicções de seus julgamentos e consciências, embora fossem aconselhados a deixá-los sozinhos, ainda assim, (1) Eles os espancaram, açoitados. eles como malfeitores, despojaram-nos e os açoitaram, como costumavam fazer nas sinagogas, e o aviso é dado ( Atos 5:41).Atos 5:41) da ignomínia do mesmo. Assim, eles pensaram em fazê-los envergonhar-se de pregar, e o povo se envergonhou de ouvi-los quando Pilatos açoitou nosso Salvador para expô-lo, quando ele ainda declarou que não achara nenhuma falta nele. (2) Eles ordenaram a eles que não falassem mais em nome de Jesus, para que, se não encontrassem outra falha em suas pregações, pudessem ter esta terra para censurar, que era contra a lei, e não somente sem as permissões, mas contra a ordem expressa de seus superiores.

 

VII. A maravilhosa coragem e constância dos apóstolos em meio a todas essas injúrias e indignidades os fizeram. Quando eles foram demitidos , partiram do conselho, e não encontramos uma palavra que eles dissessem para refletir sobre a corte e o tratamento injusto dado a eles. Quando eles foram insultados, eles nunca mais denegriram e, quando sofreram, ameaçaram não apenas entregar sua causa àquele a quem Gamaliel havia referido, mesmo a um Deus que julgasse com retidão. Todos os seus negócios eram para preservar a posse de suas próprias almas, e para fazer prova completa de seu ministério, apesar da oposição dada a eles e ambos estes fizeram a admiração.

 

  1. Eles suportaram seus sofrimentos com uma alegria invencível ( Atos 5:41 Atos 5:41 ): Quando eles saíram, talvez com as marcas dos cílios dados em seus braços e mãos aparecendo, silvados pelos servos e plebeus, pode ser, ou aviso público dado do infame castigo que eles tinham sofrido, em vez de se envergonharem de Cristo, e sua relação com ele, eles se alegraram por terem sido considerados dignos de sofrer vergonha por seu nome.Mateus 5:11 , 12Eram homens e homens de reputação que nunca haviam feito nada para se tornarem vis e, portanto, não podiam deixar de sentir a vergonha que sofriam, o que, ao que parece, era mais doloroso para eles do que para os espertos. geralmente é para mentes ingênuas, mas eles consideram que foi para o nome de Cristo que eles foram assim abusados, porque eles pertenciam a ele e serviram a ele, e seus sofrimentos deveriam contribuir para o avanço de seu nome e, portanto, (1) Eles consideravam uma honra, consideravam que eram considerados dignos de sofrer vergonha, katexiothesan atimasthenai - que eles eram honrados em ser desonrados por Cristo.O reproche para Cristo é um verdadeiro favor, pois nos torna conformáveis ​​ao seu padrão e úteis ao seu interesse. (2) Eles se regozijaram com isso, lembrando-se do que o Mestre lhes dissera no primeiro encontro ( Mateus 5: 11,12 ): Quando os homens te insultarem e perseguirem, alegrar-se-ão e ficarão extremamente contentes. Eles se regozijaram, não só porque sofreram vergonha (seus problemas não diminuíram sua alegria), mas que eles sofreram vergonha de seus problemas aumentaram sua alegria e aumentaram a sua alegria. Se sofrermos mal por fazermos bem, desde que o soframos bem, e como deveríamos, devemos nos alegrar com a graça que nos capacita a fazê-lo.

 

  1. Eles continuaram em seu trabalho com incansável diligência ( Atos 5:41 Atos 5:41 ): Eles foram punidos por pregar, e foram ordenados a não pregar, e mesmo assim eles não deixaram de ensinar e pregar, não omitiram nenhuma oportunidade, nem abateram qualquer coisa de seu zelo ou adiantamento. Observe, (1.) Quando eles pregavam - diariamente não apenas nos sábados, ou nos dias do Senhor, mas todos os dias, exatamente como o dia chegava, sem interromper qualquer dia, como seu Mestre fazia ( Mateus 26:55 ; Lucas). 19:47 ), não temendo que eles devam se matar ou enojar seus ouvintes. (2.) Onde eles pregaram - tanto publicamente no templo, e em particular em cada casaMateus 26:55 Lucas 19:47em assembleias promíscuas, às quais todos recorriam, e nas seletas assembleias de cristãos para ordenanças especiais. Eles não achavam que um deles os desculpasse do outro, pois a palavra deve ser pregada na época e fora de estação.Embora no templo estivessem mais expostos e sob o olhar de seus inimigos, ainda assim não se limitavam a seus pequenos oratórios em suas próprias casas, mas se aventuravam no posto de perigo e, embora tivessem a liberdade do templo, lugar consagrado, mas eles não fizeram nenhuma dificuldade de pregar em casas, em todas as casas, até mesmo na cabana mais pobre. Eles visitaram as famílias daqueles que estavam sob seu encargo, e deram instruções particulares a eles de acordo com seu caso, até mesmo para as crianças e os servos. (3.) Qual foi o assunto de sua pregação: Eles pregaram a Jesus Cristo, eles pregaram sobre ele e isso não era tudo, eles pregaram-lo, eles propuseram-lhe a quem os ouviu, para ser seu príncipe e Salvador. Eles fizeramnão pregam a si mesmos, mas a Cristo, como fiéis amigos do noivo, dedicando-se a promover seu interesse. Esta foi a pregação que mais ofendeu os sacerdotes, que estavam dispostos a pregar qualquer coisa que não fosse Cristo, mas não alterariam o assunto para agradá-los. Deveria ser o negócio constante dos ministros do evangelho pregar a Cristo , e ele crucificou a Cristo, e ele não glorificou nada além disso, mas o que é redutível a ele.

        WWW.MAURICIOBERWALD.COMUNIDADES.NET